O presidente da Petrobras (PETR4), Jean Paul Prates, afirmou que está na reta final da elaboração do plano estratégico da estatal e que o documento deve ser aprovado no Conselho de Administração na próxima quinta-feira, 23.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

O tema foi discutido em reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio do Planalto, nesta terça, 21.

Também estiveram presentes os ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e de Minas e Energia, Alexandre Silveira.

Estamos na reta final para fechar o plano estratégico, então é natural que venha conversar sobre as diretrizes gerais e aprovar na quinta”, disse ao sair do encontro.

Prates afirmou ainda que a reunião foi “positivíssima” e que se trata de uma discussão normal sobre as diretrizes. “Não tem problema nenhum”, afirmou.

O encontro ocorreu em meio a especulações de uma possível demissão do cargo.

Na segunda-feira, 20, a coluna da jornalista Malu Gaspar, do jornal O Globo, mostrou que o ministro da Casa Civil, Rui Costa, deve apresentar nesta semana a Lula uma sugestão de substituto para o atual presidente da Petrobras. O chefe da Casa Civil, contudo, negou as informações nas redes sociais.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja a Melhor Empresa para Receber Dividendos.

Questionado sobre possíveis mudanças nos preços de combustíveis, Prates afirmou que tais alterações não funcionam a partir de um “pedido” e negou que exista qualquer solicitação do governo nesse sentido.

Segundo ele, o tema não foi tratado durante o encontro nesta tarde.

Isso não é pedido baixar preço combustível. Essa coisa não funciona assim não é pedido. Não existe esse pedido efetivo. Estamos praticando, seguramos um tempo com estabilidade ao longo do período de muita oscilação. A oscilação continua acontecendo, então nós vamos discutir isso e amanhã a gente volta a discutir outros assuntos para fechar plano estratégico.”

Resultado da Petrobras no Terceiro Trimestre de 2023 

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do terceiro trimestre de 2023, foram divulgados no dia 09 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 26,8 bilhões no 3T23, baixa de -42,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 66,2 bilhões no 3T23, apresentando retração de -27,6% na comparação com o 3T22.

A margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 53,0% no 3T23, apresentando retração de -0,7 ponto percentual na comparação com o 3T22.

A margem líquida da Petrobras atingiu 21,4% no 3T23, apresentando retração de -5,8 pontos percentuais na comparação com o 3T22. As ações da Petrobras (PETR4) acumulam queda de 0,63% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 88,58% nos últimos 12 meses

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney.