De quanto em quanto tempo devo verificar meus investimentos? Segundo consultores, não mais de uma vez por mês.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

O mercado está em uma jornada selvagem nos últimos anos, e isso é especialmente verdadeiro no mercado de ações em 2020, quando a pandemia causou estragos na economia.

Se você estivesse investindo em 2020 e observando de perto os números, teria sido muito fácil entrar em pânico completamente, vender e transferir seus investimentos no pior momento possível. 

Infelizmente, muitos investidores fizeram exatamente isso, fazendo com que perdessem os ganhos que o mercado de ações viu em sua retomada.

Se deixar levar pelas emoções é um dos motivos pelos quais os consultores de investimentos sugerem verificar seus investimentos apenas uma vez por mês, uma vez por trimestre ou até menos do que isso. 

Por que faz sentido ignorar os altos e baixos do mercado de ações e permanecer investido em tempos de volatilidade

O Business Insider conversou com alguns consultores financeiros e pediu para que eles explicassem por que não observar o mercado de perto quando as ações estão em baixa.

1. Investir é (ou deveria ser) um jogo de longo prazo

Os aplicativos de investimento tornaram muito fácil verificar seus investimentos. Isso é um ponto positivo para controlar a carteira de maneira prática.

Muitos usam essas ferramentas de modo errado e rastreiam seus portfólios mais de uma vez por dia.

Checar com muita frequência transforma o investimento em um jogo e pode levar as pessoas a fazer mudanças repentinas com base nas manchetes da mídia e no medo.

Porém, o horizonte de tempo para investidores jovens ainda é longo para a aposentadoria. Sendo assim, eles não precisam ficar atentos aos movimentos diários do mercado.

O objetivo do investimento é encontrar investimentos nos quais você realmente acredita a longo prazo e investir neles por muito tempo. 

É assim que você aproveita a composição e constrói riqueza.

2. Sua estratégia de investimento não deve mudar por capricho

Sua estratégia de investimento deve estar diretamente relacionada a suas metas financeiras ou de aposentadoria, bem como ao seu perfil de investidor.

Se você tem um plano em prática e procurou orientação de um profissional para ajudar a trazê-lo, as oscilações diárias não importam, e você pode dormir tranquilo sabendo que seu dinheiro está bem aplicado.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Compare seu investimento a uma viagem de 10 horas até a praia, onde você acaba pegando chuva ao longo do caminho.

Você voltaria para casa, ou continuaria?

A maioria das pessoas voltaria, mas o mais sensato seria continuar avançando, uma vez que você não atingiu seu objetivo. 

Isso não é muito diferente do que planejar sua aposentadoria

Você vai encontrar algumas tempestades ao longo do caminho na forma de volatilidade do mercado de ações.

Mas se seu planejamento for adequado e bem construído, será capaz de resistir a todos os climas.

3. Você vai se estressar sem motivo

Verificar seus investimentos diariamente é uma receita para estresse e ansiedade.

Se você foi alguém que observou de perto o mercado de ações durante a pandemia sem um plano, pode ter experimentado isso na prática.

Se o seu horizonte de investimento for décadas no futuro, os movimentos diários, semanais e mensais do mercado não são importantes para o objetivo final.

Mantenha o foco no quadro geral e não perca o sono com os inevitáveis ​​fluxos do mercado.

4. Ignorar seu portfólio ajuda a evitar erros emocionais

O maior motivo para não verificar seus investimentos mais de uma vez por mês é reduzir os erros emocionais. 

Quando o mercado cai, suas emoções podem lhe dizer para vender nos dias mais sombrios.

Se você ouvir essa voz, tudo o que estará fazendo é travar uma perda ou um valor mais baixo do que tinha antes. 

Por isso, estabeleça um plano, invista de acordo e jogue a longo prazo.

5. Há informações demais por aí 

Os investidores individuais viram um aumento dramático no acesso à informação nos últimos 15 anos.

Grande parte dessa informação tem sido usada para capacitar as pessoas a tomar decisões melhores e mais informadas. 

No entanto, há muitas informações conflitantes que as pessoas se sentem sobrecarregadas, mais inseguras de si mesmas do que nunca e mais propensas a experimentar o FOMO (Fear of Missing Out).

Veja que bilhões de dólares foram feitos por gerações anteriores que adotaram uma estratégia de compra e retenção de longo prazo

Este é um método testado e comprovado para construir e proteger a riqueza, por isso, não se assuste com as oscilações de curto prazo.

Pelo contrário, utilize os momentos de baixa para seguir com seu plano e encontrar verdadeiras pechinchas no mercado.

6. Os jovens investidores têm um longo caminho a percorrer até a aposentadoria

Se você está investindo para sua aposentadoria, as chances são boas de que você não precisará do seu dinheiro por um tempo. 

Mesmo se tiver 40 anos, por exemplo, provavelmente terá um caminho de 20 anos ou mais até a aposentadoria.

Para muitos, a aposentadoria ainda pode demorar vários anos, e os mercados vão se movimentar muito nesse período.

Se você fez sua lição de casa ou trabalhou com alguém para criar um bom plano de investimento de longo prazo, confie e siga.

7. Para a maioria das pessoas, o tempo está do lado delas

De um modo geral, o tempo é um ativo importante para os investidores. 

Isso é especialmente verdadeiro para indivíduos que têm um caminho de 15 anos ou mais antes de acessarem o dinheiro dos seus investimentos.

É importante entender seu horizonte de tempo e sua tolerância ao risco. Fora isso, você deve deixar o poder dos juros compostos fazerem sua mágica e se concentrar nas outras coisas importantes da sua vida.

8. É improvável que você supere o mercado 

Uma verdade muito inconveniente sobre investimentos é que, investindo por conta própria, você provavelmente não vai superar o mercado.

Empresas de análise de dados relatam todos os anos que o investidor médio tem um desempenho significativamente pior do que o mercado.

Isso acontece porque eles tomam decisões de compra e venda mal cronometradas, muitas vezes alimentadas por emoções. 

Quanto mais você olha para sua conta de investimento, mais você se esquece do quadro geral e mais suscetível você fica a tomar uma decisão da qual pode se arrepender mais tarde.

9. Concentre-se no que você pode controlar

A maioria das pessoas tem tempo e energia mental limitados para controlar seus próprios investimentos.

Por isso, se sairiam muito melhor se concentrando em áreas de sua vida nas quais elas realmente têm algo a dizer.

Ao concentrar seu tempo e energia em seu trabalho e contratar um consultor para cuidar dos seus investimentos, os resultados tendem a ser muito melhores.

A melhor estratégia para proporcionar mais qualidade de vida para a família é ter mais tempo para aproveitar com ela e contar com um profissional de confiança para te ajudar nas decisões financeiras.

Para saber se o serviço de consultoria de investimentos é para você, responda 5 perguntas rápidas e receba um aconselhamento gratuito.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.