O ex-presidente e CEO da Disney (DISB34), Bob Iger, está colocando seu nome e dinheiro em uma nova empresa que pretende dominar o futuro da internet e do metaverso.

Na segunda-feira (21), a startup de avatar 3D Genies anunciou que Iger está se juntando ao seu conselho de administração e investindo uma quantia não revelada na empresa.

Fundado em 2017, o aplicativo da Genies permite que usuários criem seus próprios avatares digitais personalizados – versões tridimensionais de desenhos animados de si mesmos.

Os avatares podem ser utilizados em seus perfis de mídia social e, eventualmente, poderão viajar pelo metaverso.

Em um comunicado oficial, a startup com sede em Los Angeles diz que vai contar com a ajuda de Iger para fazer a empresa crescer.

O negócio busca construir "ecossistemas de avatares” onde os usuários criam tudo, desde linhas de moda digital para avatares até mundos online em quais esses avatares podem interagir.

O cofundador e CEO da Genies, Akash Nigam, de 29 anos, elogiou o envolvimento de Iger em um comunicado.

“Não consigo pensar em um melhor pensador de produto e alguém mais criativo do que Bob para colaborar”, afirmou Nigam.

Interesse de Bob Iger sobre Novas Tecnologias

Bob Iger passou 15 anos no cargo de CEO da Disney, começando em 2005. 

Durante esse período, ele supervisionou os pesados ​​investimentos da empresa em tecnologia, pagando mais de US$ 7 bilhões para adquirir a Pixar de Steve Jobs em 2007.

Em seus 15 anos como chefe executivo, Iger elevou a Disney ao patamar de maior companhia de entretenimento do mundo.

Sua gestão enfatizou o desenvolvimento de tecnologias de streaming e realidade aumentada em toda a companhia.

“Sempre fui atraído pela interseção entre tecnologia e arte, disse Iger em comunicado, anunciando seu papel na Genies. 

“Genies oferece oportunidades únicas e atraentes para aproveitar o poder dessa combinação para permitir novas formas de criatividade, expressão e comunicação, afirmou.

Iger deixou o cargo de CEO da Disney em 2020, sucedido por Bob Chapek. Iger também deixou o conselho da Disney no final de 2021.

Pouco antes de sair do conselho da companhia, Iger conversou com o site CNBC sobre como as novas tecnologias regularmente mexem na maneira como gigantes da mídia contam histórias.

“Na realidade, esse cenário de um mundo em que a tecnologia permite mais narrativas provavelmente existe ainda mais hoje”, disse Iger.

Desde que deixou o cargo, o ex-executivo da Disney deu a entender seu interesse na evolução da internet – às vezes chamada de Web 3.0 – e o conceito de metaverso

Em janeiro, em um podcast, Iger disse que a próxima iteração da web “será definitivamente mais atraente em experiência, certamente mais imersiva e mais dimensional”.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Metaverso para Bob Iger e Genies

Na época, Bob Iger acrescentou que acredita que não haverá apenas um metaverso, mas vários mundos digitais prontos para serem explorados.

Para ele, os avatares dos usuários desempenharão um papel importante ao pular de um metaverso para outro.

“Falo de democratização. Será disperso”, disse ele. “Você pode ter um avatar, mas vai por todos os lados. E acho que provavelmente será desenvolvido em algo real como uma experiência.”

Esse é exatamente o tipo de experiência do metaverso que uma empresa como a Genies está apostando.

A startup diz que seu objetivo é “criar um sistema de avatar universal que possa ser usado em um metaverso aberto.

Várias empresas já estão divulgando suas futuras ofertas de metaverso, da Meta (controladora do Facebook), Microsoft (MSFT34) para Roblox e, sim, Disney.

A Genies já levantou um total de US$ 100 milhões em financiamento de financiadores de capital de risco como Bond e Breyer Capital, segundo a Reuters.

A empresa também fez parceria com uma longa lista de celebridades, criando avatares online para músicos como Justin Bieber, Cardi B e Shawn Mendes.

A Genies também se uniu a marcas como Gucci para criar itens digitais de marca e lançou um mercado para tokens não fungíveis (NFTs) de acessórios digitais, como roupas, sapatos e mochilas para esses avatares.

Quer uma Consultoria de Investimentos? Agende Agora uma Pré-Consulta Grátis.

Além de saber porque o ex-CEO da Disney está investindo no metaverso, agora você também pode descobrir os “10 Passos para Se Tornar Um Milionário”.

E para conhecer mais sobre a trajetória de 15 anos de Bob Iger como líder visionário da Disney, adquira o livro Onde Os Sonhos Acontecem, escrito por ele.