O que é Política Econômica

Política Econômica

O que é Política Econômica. Entenda melhor o conceito de Política Econômica e descubra sua importância!

O que é Política Econômica

Política Econômica é um conjunto de medidas aplicadas pelo governo de determinado país, visando influenciar os mecanismos de produção, distribuição, consumo de bens e serviços.

Política Econômica, além de atender ao campo econômico, também está direcionada às áreas política e social, pois define quais eixos se beneficiam das diretrizes econômicas do Estado.

Banner will be placed here

Características de Política Econômica 

Política Econômica é distinta em cada país, variando em relação ao seu alcance e conteúdo, segundo alguns parâmetros. São eles:

  • Grau de diversificação econômica;
  • Nível de atuação dos grupos engajados;
  • Visão dos governantes.

O grau de diversificação econômica se dá em relação às diferentes atividades que sustentam a economia de um país, sejam do setor primário, secundário ou terciário.

Quanto maior for essa diversificação, melhor para o país, pois há a chance de obter-se renda e empregos através de diferentes áreas. 

Portanto, é benéfico que um país desenvolva setores da agricultura, indústria, serviços, tecnologia, comércio, finanças, extração mineral e refino de petróleo, incluindo também a ciência, empreendedorismo, por exemplo.

Em relação ao nível de atuação dos grupos engajados, é importante a presença de partidos, sindicatos, associações de classe e movimentos de opinião pública, como forma de fiscalização da sociedade. 

Política Econômica atinge diretamente às pessoas daquele país, então, é importante a presença de tais grupos, de forma atuante, pois refletem em como as diretrizes econômicas são recebidas.

Ainda, Política Econômica depende da visão dos governantes em relação ao papel do Estado na economia.

Alguns têm uma visão mais intervencionista, na qual o Estado interfere na economia e política de forma mais direta, visando regular tanto os setores privado quanto público.

Neste aspecto, a fixação das taxas do mercado financeiro, o crescimento da economia, os tributos, o câmbio, além das políticas públicas para o bem-estar da população, estão sob controle estatal.

Outros carregam uma visão liberal, em que o Estado é mínimo, ou seja, intervém pontualmente e se necessário.

Esta visa o livre mercado, a livre regulação da economia e as liberdades de direitos individuais, em que os investimentos na bolsa de valores têm grande importância para a economia.

Mesmo que os chefes de Estado enveredem para uma das correntes, deve-se ressaltar que Política Econômica é determinada não apenas pelo Poder Executivo

Mas, também, pelos Poderes Legislativo e Jurídico, além de entidades do Estado como o Banco Central.

Ainda, em relação aos objetos governamentais, Política Econômica pode ser dividida em três tipos distintos:

  • Estruturais;
  • Estabilização Conjuntural;
  • Expansão.

Política Econômica estrutural visa a modificação da estrutura econômica governamental e pode mudar, inclusive, o modelo de propriedade vigente.

Também, efetua a regulação de mercado, proibindo monopólios e trustes, incentiva a criação de empresas públicas e/ou há tentativas de nacionalizar empresas internacionais.

E, também, há a tendência a políticas de diminuição de desigualdade de renda.

Política Econômica de estabilização conjuntural pretende encontrar soluções para desigualdades e desequilíbrios eventuais, de um momento corrente.

Ou seja, políticas que estabilizem certa crise econômica, hiperinflação, ou greve e problemas ocasionados por ela, visando recompor, em curto prazo, tal desestabilização.

Política Econômica de expansão visa manter ou estimular o crescimento e desenvolvimento econômicos. Soluções são pensadas para influenciar a médio ou longo prazo.

Isto é, são medidas estruturais para reverter um cenário financeiro que possa durar muitos anos, como busca pela diminuição do IPCA, por exemplo.

Ou, então, uma Política Cambial que se proteja mais contra a flutuação da taxa de câmbio e a concorrência do mercado internacional.  

Estas três categorias de Política Econômica variam conforme a corrente de pensamento econômico e política seguidas pelos chefes de Estado e demais instâncias envolvidas do Governo, como o Banco Central.

Política Econômica existe desde o princípio do capitalismo, com o mercantilismo, o liberalismo econômico, passando por várias crises cíclicas que o Estado teve um papel intervencionista.

Até os dias de hoje, com a presença preponderante do neoliberalismo e do Estado mínimo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE