A plataforma de empréstimo de criptomoedas Babel Finance, que suspendeu saques no mês passado em meio a “pressões de liquidez”, teria perdido US$ 280 milhões em negociações nas quais usou dinheiro de clientes, disse o site The Block, citando uma proposta de reestruturação da companhia.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

De acordo com a publicação, a empresa de Hong Kong perdeu cerca de 8.000 Bitcoins (BTC) e 56.000 Ethereum (ETH) em junho em liquidações forçadas, em meio ao menor patamar para as criptomoedas em 18 meses.

As negociações não estavam “hedgeadas” (protegidas) no que foi descrito como uma “semana de negociação volátil”.

A Babel Finance foi uma das diversas empresas de criptomoedas atingidas pelo forte sell-off do mercado em junho.

Sua decisão de interromper os saques seguiu a da Celsius e da Voyager Digital, com o hedge fund cripto Three Arrows Capital (3AC) também recebendo chamadas de margem de vários credores.

Segundo o The Block, a Babel quer agora converter em ações centenas de milhões de dólares em dívidas, enquanto busca obter uma linha de crédito rotativa para arrecadar fundos.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Endividada, a Babel procurou, no início deste mês, contratar o banco de investimento Houlihan Lokey, especialista em reestruturação.

O credor também disse que chegou, em junho, a acordos preliminares com as contrapartes sobre o pagamento de algumas dívidas para facilitar a liquidez de curto prazo.

A Babel Finance não respondeu imediatamente ao pedido de comentário do CoinDesk.

Fonte: InfoMoney.