A PetroRio (PRIO3) acaba de concluir o projeto de melhoria no sistema de geração de energia do FPSO Bravo, parte do polo Polvo & Tubarão Martelo, na bacia de Campos.

A unidade passará a utilizar gás natural no lugar de diesel, reduzindo assim os custos e as emissões de gases efeito estufa (GEE).

"Juntos, os campos chegavam a consumir cerca de 80 mil litros de diesel por dia. Com o aproveitamento do gás produzido no campo, que antes não era aproveitado, a expectativa é suprir 80% dessa demanda, com grandes benefícios ambientais e financeiros", informou o diretor de Operações da PetroRio, Francilmar Fernandes.

A iniciativa está em linha com os objetivos ambientais e econômicos da companhia, disse o executivo, e vai auxiliar na economicidade e extensão de vida útil dos campos, o que só se tornou viável pela interligação (tieback) concluída em julho de 2021.

A vida econômica de ambos os ativos foi estendida até 2037, representando uma extensão de mais de 15 anos e um incremento de 40 milhões de barris à reserva do Campo de Polvo.

"Com o tieback entre Polvo e Tubarão Martelo, a PetroRio consolidou a geração de energia elétrica dos dois campos em um único FPSO, o Bravo", explicou o executivo.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

A redução do consumo direto de diesel é de cerca de 60 mil litros por dia, ou seja, o suficiente para encher 120 mil garrafinhas de água mineral ou o tanque de 1.100 carros, exemplifica a petroleira.

"Com a adequação, a PetroRio reduz a emissão mensal de CO2 (dióxido de carbono), ao equivalente a plantar 30 mil árvores, o que representa 25 campos de futebol de florestas ou, ainda, não utilizar 34 mil carros pelo período de 30 dias", disse a empresa, informando que o projeto de geração de energia com gás natural no FPSO Bravo tem um payback de 5 meses.

Em julho de 2021, a PetroRio finalizou a primeira fase do projeto Fênix, com a interligação, ou tieback, entre os campos de Polvo e Tubarão Martelo (TBMT).

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Com o descomissionamento do FPSO Frade e, agora, com o aproveitamento do gás natural associado produzido para a geração de energia no cluster a empresa do FPSO Polvo, a empresa conclui o projeto.

Como resultado a companhia já reduziu o lifting cost a menos que US$ 12 por barril.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da PetroRio no Quarto Trimestre de 2021 

resultado da PetroRio (PRIO3) no quarto trimestre de 2021 (4t21), divulgado no dia 15 de fevereiro, apresentou um lucro líquido (excluindo o IFRS 16) de R$ 894,3 milhões no 4T21, alta de 32,3% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. 

O Ebitda da PetroRio atingiu R$ 1,2 bilhão no 4T21, apresentando crescimento de 37,0% na comparação com o 4T20.

A margem Ebitda da PetroRio totalizou 69,0% no 4T21, apresentando retração de -33,0 pontos percentuais na comparação com o 4T20. 

A margem líquida da PetroRio atingiu 50,3% no 4T21, apresentando retração de -26,5 pontos percentuais na comparação com o 4T20.

As ações da PetroRio (PRIO3) acumulam queda de 13,94% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 26,13% nos últimos 12 meses. 

Fonte: Estadão Conteúdo.