A Petrobras (PETR4) produziu 2,78 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) em 2023, alta de 3,7% ante o ano anterior, com avanços importantes no pré-sal, mas levemente abaixo do centro da meta estimada para o ano, informou a empresa em comunicado na sexta-feira (26).

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

A produção comercial de óleo e gás natural ficou em 2,44 milhões de boed, enquanto a produção apenas de petróleo somou 2,24 milhões de barris por dia (bpd), adicionou a companhia.

O objetivo da empresa era produzir 2,8 milhões de boed, podendo variar em 2% para cima ou para baixo, segundo uma revisão apresentada em novembro.

A previsão para a produção apenas de petróleo era de 2,2 boed.

“Como destaque de 2023, a companhia atingiu recorde anual de produção total própria de óleo e gás natural no pré-sal, com 2,17 milhões de boed, superando o recorde anterior de 1,97 milhão de boed, em 2022 e representando 78% da nossa produção total”, disse a empresa.

A companhia disse ainda que também atingiu o recorde de produção total operada de óleo e gás natural com 3,87 milhões de boed, superando o recorde anterior de 3,64 milhões de boed, de 2022.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja a Melhor Empresa para Receber Dividendos.

Em 2023, a companhia colocou em operação quatro novas plataformas em importantes áreas do pré-sal e do pós-sal, que contribuíram com o resultado.

Ao longo do ano, a empresa destacou ainda que foram alcançadas as capacidades máximas de produção de óleo das plataformas P-71, no campo de Itapu, do FPSO Guanabara, no campo de Mero e do FPSO Almirante Barroso, no campo de Búzios.

Este último, ocorrido em outubro de 2023, menos de cinco meses após o primeiro óleo, um recorde no pré-sal.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja a Melhor Empresa para Receber Dividendos.

Resultado da Petrobras no Terceiro Trimestre de 2023 

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do terceiro trimestre de 2023, foram divulgados no dia 09 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 26,8 bilhões no 3T23, baixa de -42,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 66,2 bilhões no 3T23, apresentando retração de -27,6% na comparação com o 3T22.

A margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 53,0% no 3T23, apresentando retração de -0,7 ponto percentual na comparação com o 3T22.

A margem líquida da Petrobras atingiu 21,4% no 3T23, apresentando retração de -5,8 pontos percentuais na comparação com o 3T22.

As ações da Petrobras (PETR4) acumulam alta de 6,47% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 95,01% nos últimos 12 meses.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney.