A Petrobras (PETR4) informou nesta sexta-feira, 13, que decidiu encerrar o atual processo competitivo, que estava na fase vinculante, para venda parcial de quatro concessões localizadas em águas profundas na Bacia de Sergipe-Alagoas.

Atualmente, as concessões são representadas pelos campos de Agulhinha, Budião, Budião Noroeste, Budião Sudeste, Cavala e Palombeta.

A estatal informou no fato relevante divulgado há pouco que avalia constantemente seu portfólio e, considerando o alinhamento das concessões à estratégia e a melhoria dos indicadores econômico-financeiros da Petrobras, as concessões foram mantidas integralmente na carteira, marcando o início do desenvolvimento de uma nova fronteira em águas profundas na Bacia de Sergipe-Alagoas.

Por fim, a Petrobras diz que reforça o compromisso com a ampla transparência de seus projetos de desinvestimento e de gestão de seu portfólio e afirma seu foco em ativos em águas profundas e ultraprofundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, com alta produtividade e com menores emissões de gases de efeito estufa.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Petrobras no Primeiro Trimestre de 2022  

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do 1T22, foram divulgados no dia 8 de Maio, apresentou um lucro líquido de R$ 44,8 bilhões no 1T22, alta de 3.409,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 77,7 bilhões no 1T22, apresentando crescimento de 58,8% na comparação com o 1T21.

margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou % no 1T22, apresentando retração de pontos percentuais na comparação com o 1T21.

margem líquida da Petrobras atingiu 31,6% no 1T22, apresentando crescimento de 30,1 pontos percentuais na comparação com o 1T21.

A ações da Petrobras (PETR4) acumulam alta de 4,51% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 78,52% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.