A Petrobras (PETR4) afirmou nesta segunda-feira (23), que a proposta de mudança em seu estatuto referente a indicações para a alta cúpula, anunciada mais cedo, tem como objetivo somente manter o documento alinhado ao disposto na Lei das Estatais, quaisquer que venham a ser as decisões judiciais a respeito do tema.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

No comunicado, a petroleira frisou ainda que “não há qualquer redução nas exigências em relação à Lei das Estatais, pois o Estatuto Social continua a fixar o cumprimento total da Lei das Estatais nas indicações”.

As ações da Petrobras tiveram queda de mais de 6% nesta sessão, com a visão de que a mudança gere a indicação de pessoas sem teor técnico e mais alinhadas aos interesses do governo para a administração da empresa, como ocorreu no passado.

Resultado da Petrobras no Segundo Trimestre de 2023 

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do 2T23, foram divulgados no dia 04 de agosto, apresentou um lucro líquido de R$ 28,9 bilhões no 1t23, baixa de -47,0% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 56,7 bilhões no 2T23, apresentando retração de -42,3% na comparação com o 2T22.

A margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 50,0% no 2T23, apresentando retração de -7,0 pontos percentuais na comparação com o 2T22.

A margem líquida da Petrobras atingiu 25,4% no 2T23, apresentando retração de -6,4 pontos percentuais na comparação com o 2T22.

As ações da Petrobras (PETR4) acumulam queda de 1,27% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 37,97% nos últimos 12 meses.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney e Reuters.