A conselheira do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) Lenisa Prado adiou o julgamento do processo que analisa a venda da Refinaria Isaac Sabbá (Reman) pela Petrobras (PETR4) para a Reman Participações, do Grupo Atem.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Lenisa é relatora do processo e adiou o caso para a próxima sessão, que deve ocorrer em 15 dias.

Como mostrou na terça-feira o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), integrantes do Cade veem problemas concorrenciais na operação.

O negócio é parte do acordo firmado em 2019 com o Cade, em que a Petrobras se comprometeu a vender oito refinarias para aumentar a concorrência neste mercado, e inclui também o repasse de ativos logísticos, como dutos e um terminal aquaviário (TUP Reman).

Em maio, a Superintendência-Geral do Cade chegou a aprovar a operação. A conselheira Lenisa Prado, porém, reabriu a análise, o que levou o processo ao tribunal.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Segundo o Broadcast apurou, a tendência é que a relatora vote pela aprovação do negócio sem restrições, acompanhando, assim, o entendimento da Superintendência-Geral de que não há riscos à concorrência.

Já outros conselheiros, no entanto, entendem que, com a compra, a Atem passaria a controlar todos os terminais de embarcações de longo curso de Manaus, e que seria necessário algum tipo de condição ao negócio para contornar essa questão.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Petrobras no Segundo Trimestre de 2022  

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do 2T22, foram divulgados no dia 28 de julho, apresentou um lucro líquido de R$ 54,3 bilhões no 2T22, alta de 26,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 98,3 bilhões no 2T22, apresentando crescimento de 58,6% na comparação com o 2T21.

A margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 57,5% no 2T22, apresentando crescimento de 1,6 ponto percentual na comparação com o 2T21.

A margem líquida da Petrobras atingiu 31,8% no 2T22, apresentando retração de -6,9 pontos percentuais na comparação com o 2T21.

A ações da Petrobras (PETR4) acumulam alta de 17,61% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 77,06% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.