A Petrobras (PETR4) comunicou na quinta-feira, 30, que assinou a venda da totalidade de sua participação na concessão do bloco PAR-T-218_R12, localizado na Bacia do Paraná para a Ubuntu Engenharia.

O valor total da transação é de US$ 32 mil e o fechamento está sujeito à aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre outras condições.

Segundo a Petrobras, a concessão, localizada no extremo oeste do Estado de São Paulo, foi adquirida na 12ª Rodada de Licitações da ANP em 2013 e está atualmente no 1º Período Exploratório e com os compromissos do Programa Exploratório Mínimo (PEM) já integralmente cumpridos. A Petrobras detém 100% de participação no bloco.

A estatal diz em comunicado ao mercado que a operação está alinhada à estratégia de gestão de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor e maior retorno à sociedade.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

"A Petrobras segue concentrando cada vez mais os seus recursos em ativos em águas profundas e ultraprofundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, produzindo óleo de melhor qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa", afirma.

Resultado da Petrobras no Terceiro Trimestre de 2021  

resultado da Petrobras (PETR4) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 28 de outubro, apresentou lucro líquido de R$ 31,1 bilhões no 3T21, uma alta de 2.114,4% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.  

O Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 60,7 bilhões no 3T21, apresentando crescimento de 81,7% na comparação com o 3T20.

A margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 59,0% no 3T21, apresentando crescimento de 12,0 pontos percentuais na comparação com o 3T20.

A margem líquida da Petrobras atingiu 25,6% no 3T21, apresentando crescimento de 27,8 pontos percentuais na comparação com o 3T20.

As ações da Petrobras (PETR4) acumulam alta de 0,42% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 22,62% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.