A Petrobras (PETR4) confirmou na segunda-feira, 18, que o Conselho de Administração da estatal validou integralmente as análises do Comitê de Elegibilidade (Celeg) em relação aos nomes indicados pelo acionista controlador e acionistas minoritários para o CA da companhia, conforme antecipado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Com isso, corroborou a rejeição de duas indicações do governo: Jonathas Assunção Salvador Nery de Castro, número dois da Casa Civil, e do procurador-geral da Fazenda, Ricardo Soriano de Alencar.

Os demais nomes indicados pela União para o Conselho da empresa foram aprovados.

Em reunião promovida nesta segunda-feira, o conselho de administração da estatal aprovou ainda a convocação de Assembleia Geral Extraordinária (AGE) a ser promovida em 19 de agosto.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

O governo indicou oito nomes para ocupar os assentos a que tem direito no órgão, mas com a rejeição de dois nomes, voltou a ter seis cadeiras, a menos que faça mais indicações até a data da AGE.

Resultado da Petrobras no Primeiro Trimestre de 2022  

Os resultados da Petrobras (PETR4) referente a suas operações do 1T22, foram divulgados no dia 8 de Maio, apresentou um lucro líquido de R$ 44,8 bilhões no 1T22, alta de 3.409,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 77,7 bilhões no 1T22, apresentando crescimento de 58,8% na comparação com o 1T21.

margem líquida da Petrobras atingiu 31,6% no 1T22, apresentando crescimento de 30,1 pontos percentuais na comparação com o 1T21.

A ações da Petrobras (PETR4) acumulam queda de 0,21% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 54,10% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.