O que é Penny Stocks

Penny Stocks

O que é Penny Stocks. Entenda melhor o conceito de Penny Stocks e descubra sua importância!

O que é Penny Stocks

Penny Stocks é um termo usado para se referir às ações que são negociadas abaixo de um determinado valor no mercado financeiro.

O termo vem do inglês e pode ser entendido como “ações de centavos” ou “tostões”, pois são negociadas por preços em centavos.

Banner will be placed here

Como identificar Penny Stocks 

Cabe destacar que cada país tem um valor de referência para definir quais ações são consideradas penny stocks.

No Brasil, todas as ações que têm um valor de mercado inferior a R$ 1,00 (um Real) no período de um ano podem ser consideradas penny stocks

Enquanto isso, nos Estados Unidos são consideradas as ações com valor inferior a US$ 5,00 (cinco Dólares).

Todavia, há outros elementos a serem considerados para uma determinada ação ser classificada como penny stocks, como:

  • Alto valor de risco;
  • Baixa capitalização de mercado;
  • Preços muito voláteis.

A capitalização de mercado, isto é, a soma de todas as ações da empresa, deve ser inferior a um determinado valor.

Em geral, essas ações chegam a esse valor diante de uma crise interna, ou seja, de dificuldades enfrentadas pela empresa.

Alguns exemplos de problemas são:

  • Falência;
  • Problemas de gestão e corrupção;
  • Recuperação judicial.

Assim, por essas e outras razões, as ações podem se desvalorizar a ponto de custar menos que o patamar de referência.

Penny Stocks no Brasil

Para uma determinada ação ser considerada penny stocks no Brasil, é necessário seguir uma regra, criada em 2015.

Quando uma ação atinge um valor inferior a R$ 1,00 por 30 pregões consecutivos, a empresa é notificada pela Bolsa de Valores do Brasil, também conhecida como B3 (Brasil, Bolsa, Balcão)

Essa notificação indica que a empresa deve tomar algumas medidas para tentar reverter a situação, ou seja, fazer com que essas ações sejam negociadas acima desse valor.

Dessa forma, é necessário apresentar um plano de reversão para o mercado no prazo de 15 dias. Caso contrário, a empresa pode levar uma multa da B3.

Esse plano de reversão pode constar:

  • Estratégia de grupamento de ações (inplit);
  • Programa de recompra de ações.

Por outro lado, se essa ação continuar a ser negociada por um ano abaixo de R$ 1,00, então passa a ser considerada uma penny stock.

A B3 endureceu as regras para penny stocks depois que as ações da OGX, atualmente conhecida como Dommo Energia, geraram muita volatilidade no mercado.

O único período em que as empresas foram desobrigadas de apresentar um plano de reversão foi entre abril de 2020 e janeiro de 2021, em função da pandemia da Covid-19.

Exemplos de Penny Stocks

Em fevereiro de 2021, três ações eram consideradas penny stocks no Brasil:

  • Dommo Energia (DMMO3);
  • Livraria Saraiva (SLED3, SLED4).

O caso mais recente e emblemático de penny stock no Brasil é o da OGX, atualmente conhecida como Dommo Energia. 

A petroleira era controlada pelo empresário Eike Batista e, em meio a euforia de mercado, chegou a realizar um dos maiores IPOs da história da Bolsa em 2010.

Todavia, devido ao seu baixo desempenho, grandes incertezas e falta de confiança na empresa, as ações da OGX despencaram e passaram a custar centavos de Real. 

Riscos de Penny Stocks

Cabe destacar que existem alguns riscos envolvidos ao investir em penny stocks. Entre esses riscos, estão:

  • Alta volatilidade;
  • Baixa liquidez;
  • Possibilidade de ganhos, mas também de grandes perdas.

Como as ações penny stocks têm um preço muito baixo, qualquer mudança de centavos pode representar uma variação significativa.

Por causa dos riscos envolvidos, essas ações costumam atrair investidores com sólido conhecimento de mercado e que estão dispostos a assumir um maior grau risco com a especulação.

Portanto, assim como qualquer ativo, o investidor deve considerar seu perfil e analisar se vale a pena (ou não) investir em penny stocks.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE