O que é Payroll

Payroll é um indicador que considera dados referentes ao emprego e à economia dos Estados Unidos. Entre eles, estão a taxa de desemprego e a força de trabalho no mês de referência.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Esse indicador é importante pois funciona como um termômetro da economia estadunidense. Dessa forma, é importante considerá-lo na análise uma vez que afeta o mercado a nível global.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como o Payroll funciona

O payroll consiste em um relatório sobre dados referentes ao emprego nos Estados Unidos, exceto atividades relacionadas ao agronegócio.

O nome completo do indicador em inglês é Non-Farm Payroll, que pode ser traduzido como folha de pagamento não-agrícola.

Além do agronegócio, há outras atividades que não são consideradas pelo indicador:

  • Autônomos; 
  • Cargos militares;
  • Organizações sem fins lucrativos;
  • Proprietários de empresas e estabelecimentos comerciais.

Apesar de não considerar essas atividades, o indicador é importante já que considera cerca de 80% dos trabalhos que servem para calcular o PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos.

Dessa forma, o payroll indica como está a economia estadunidense no mês de referência.

Entre os dados referentes ao mercado de trabalho que são utilizados, temos:

  • Postos de trabalho criados ou fechados;
  • Ganho médio por hora trabalhada;
  • Taxa de desemprego.

O ganho médio por hora trabalhada indica o crescimento médio da renda do trabalhador estadunidense.

Por sua vez, a taxa de desemprego é calculada pelo percentual da força de trabalho que está desempregada, mas procurou emprego nos últimos 30 dias.

Divulgação do Payroll 

O payroll é divulgado mensalmente contendo dados completos sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos.

O relatório é feito pela U.S. Bureau of Labor Statistics (BLS). A BLS é um órgão estadunidense responsável por coletar e divulgar dados referentes ao mercado de trabalho do país.

A publicação é feita na primeira sexta-feira do mês de referência por volta das 8h30 no horário de Washington D.C., que é a capital dos Estados Unidos.

No Brasil, pode variar de acordo com as mudanças relativas ao horário de verão no país e nos Estados Unidos. Assim, a divulgação pode ocorrer às 9h30, 10h30 ou às 11h30 do horário de Brasília (DF).

Caso seja feriado ou ocorra um evento extraordinário, a publicação do payroll é postergada para a segunda sexta-feira do mês.

Como o Payroll afeta o mercado 

O payout funciona como um termômetro da economia estadunidense. Em outras palavras, revela a situação econômica do país no mês de referência. 

Os dados referentes ao nível de atividade econômica e ao mercado de trabalho são bastante utilizados pelo Fed (Federal Reserve)

Cabe ressaltar que o Fed é o Banco Central dos Estados Unidos, responsável pela condução da política monetária e cambial do país.

A partir dos dados divulgados pelo payroll, o Fed consegue entender o cenário econômico e definir a taxa de juros. Dessa forma, o payroll afeta o Dólar.

A economia estadunidense é uma das mais relevantes do mundo. Assim, o payroll pode impactar o preço do Dólar no mercado internacional e a quantidade de negociações na Bolsa, por exemplo.

Os efeitos no mercado de ações são visíveis principalmente logo após a divulgação do payroll a nível local e global.

Alguns investidores aproveitam o momento de alta volatilidade para encontrar boas oportunidades de negócios no curto prazo.

Em suma, uma vez que indica o cenário econômico e define as políticas monetária e cambial estadunidense, o payroll pode impactar o mercado e as Bolsas de Valores do mundo todo.

Portanto, é fundamental considerar o payroll antes de investir. Vale ressaltar que a análise deve ser feita junto com outros indicadores e de acordo com os objetivos e perfil do investidor.