O que é Patrimônio

Patrimônio é um conceito contábil que se refere ao conjunto de bens, direitos e obrigações de uma determinada pessoa física ou jurídica.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O conceito abrange tudo o que ela tem ou deve a terceiros e que pode ser convertido em valores monetários

Cabe destacar que também pode se referir aos bens que são deixados por alguém através de herança.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Relação entre Patrimônio e Balanço Patrimonial 

O patrimônio de uma empresa é composto basicamente pelos ativos (bens e direitos) e passivos (obrigações). 

Esses itens podem ser encontrados em um dos principais relatórios contábeis utilizados por analistas: o balanço patrimonial.

Trata-se de um demonstrativo contábil estático, isto é, demonstra a situação em um momento específico. 

Dessa forma, pode ser entendido como uma "fotografia'', ou seja, da posição econômica e financeira da empresa em determinado momento.

O balanço patrimonial é composto por duas colunas. No lado esquerdo, estão os ativos da empresa. No lado direito, estão os passivos e o patrimônio líquido.

As contas estão dispostas em ordem decrescente de liquidez, ou seja, de acordo com a facilidade de ser transformada em dinheiro.

Os bens correspondem aos itens que podem ser convertidos em valores monetários, isto é, em dinheiro. 

Os principais exemplos de bens de uma empresa detém são:

  • Dinheiro;
  • Estoques;
  • Máquinas e equipamentos;
  • Marcas e patentes;
  • Prédios e terrenos.

Cabe destacar que esses bens podem ser classificados como:

  • Tangíveis;
  • Intangíveis;
  • Móveis;
  • Imóveis.

Os bens tangíveis pressupõem a existência física, como o dinheiro, equipamentos e terrenos da empresa. Enquanto isso, os intangíveis não existem fisicamente, como marcas e patentes.

Por sua vez, os bens móveis são aqueles que podem mudar de lugar. Em contraste, os bens imóveis não podem ser retirados, como prédios e terrenos.

Os direitos abrangem os itens que podem ser cobrados de terceiros, como as duplicatas a receber.

Por outro lado, as obrigações são os itens que precisam ser pagos a terceiros, ou seja, seus compromissos com:

  • Estado;
  • Funciona´rios;
  • Instituições financeiras;
  • Outras empresas.

Entre essas obrigações, estão os empréstimos, os financiamentos e o pagamento de salário dos funcionários da empresa.

Relação entre Patrimônio e Patrimônio Líquido 

O patrimônio líquido é a diferença entre o ativo e o passivo da empresa. Dessa forma, esse indicador revela a riqueza em um determinado momento.

As contas do patrimônio líquido são determinadas pela Lei nº 11.638/2007. Entre as principais contas, estão:

  • Ações em tesouraria;
  • Capital social;
  • Lucros (ou prejuízos) acumulados;
  • Reservas de capital.

Se o resultado for positivo, significa que o valor dos ativos (bens e direitos) é superior ao passivo (obrigações), ou seja, a empresa é capaz de gerar recursos a partir de seus investimentos.

Em contraste, o resultado negativo indica que o valor das obrigações com terceiros é maior do que o valor dos bens e direitos que a empresa possui.

Nesse caso, conforme estabelecido pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), constará no balanço patrimonial o termo “passivo a descoberto”.

Vale ressaltar que o resultado ajustado pela inflação do período é conhecido como patrimônio líquido ajustado.

Por sua vez, o retorno sobre o patrimônio líquido é um indicador que relaciona o lucro líquido com o patrimônio líquido, também conhecido pela sigla ROE.

Esse é um dos principais indicadores usados por analistas ante a tomada de decisão de investimentos, pois revela a capacidade da empresa em gerar retorno para os seus acionistas.

Nota-se que ele deve ser utilizado considerando outros indicadores também, caso o investidor se baseie em uma análise fundamentalista

O objetivo dessa análise é avaliar a situação econômica e financeira de uma empresa. Assim, é possível escolher os melhores ativos de acordo com o perfil do investidor.