Em 10 anos no Twitter (TWTR34), Parag Agrawal passou de engenheiro de software para CTO e agora é o atual CEO da empresa.

Quando o fundador do Twitter, Jack Dorsey, renunciou ao cargo de CEO no dia 29 de novembro, o indiano Parag Agrawal foi a escolha unânime entre o conselho para assumir a posição.

Na carta de renúncia publicada no perfil no Twitter de Jack Dorsey ele escreveu que “Parag esteve por trás de todas as decisões críticas que ajudaram a transformar esta empresa” e que sua “confiança nele como CEO é profunda”. 

O ex-CEO ainda define Parag como "curioso, investigador, racional, criativo, exigente, autoconsciente e humilde”.

Apesar de não ter um nome tão popular para o grande público, Agrawal teve papel importante no desenvolvimento da empresa.

Aos 37 anos, ele é o CEO mais jovem entre as 500 empresas que compõem o S&P, ao lado de Mark Zuckerberg da Meta, antigo Facebook (FBOK34).

Parag Agrawal assume a rede social que tem mais de 200 milhões de usuários ativos mensais e entra em um momento intenso para o Twitter, que busca atingir métricas altas até o final de 2023.

Entre os objetivos estão o dobro da renda anual e 315 milhões de usuários ativos diários monetizáveis.

Saiba quem é Parag Agrawal e como ele alcançou o cargo executivo mais alto do Twitter em pouco mais de 10 anos.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Quem é Parag Agrawal

Parag Agrawal é um executivo de tecnologia indiano-americano e diretor executivo (CEO) do Twitter.

Agrawal começou na companhia como engenheiro de software em 2011, se tornou o diretor de tecnologia (CTO) em 2017 e CEO da companhia em novembro de 2021, depois que Jack Dorsey anunciou que estava deixando o cargo.

Vida e carreira

Parag Agrawal nasceu em 21 de maio de 1984 em Ajmer, na Índia. Mais tarde se mudou para Mumbai e atualmente reside nos Estados Unidos.

Ele é bacharel em engenharia e ciência da computação pelo Instituto Indiano de Tecnologia de Bombay e PhD pela Universidade de Stanford.

Antes de entrar para o Twitter, Agrawal passou por outras grandes empresas de tecnologia como Microsoft (MSFT34), Yahoo e AT&T. Em todas trabalhou com pesquisas em gerenciamento de dados.

Agrawal começou no Twitter em outubro de 2011 como engenheiro de software.

Em 2017, foi nomeado diretor de tecnologia, onde se tornou responsável pela estratégia de aplicação de tecnologias de inteligência artificial. Em 2021 se tornou o CEO da empresa.

Trajetória no Twitter

A trajetória de Parag Agrawal no Twitter começou em 2011 como engenheiro de software. Há quatro era CTO, diretor de tecnologia da empresa.

Agrawal teve importante impacto nas transformações da empresa e esteve "por trás de todas as decisões críticas", conforme destacou Jack Dorsey em sua carta de despedida. 

Ele liderou projetos envolvendo o uso de inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina que ajudaram a impulsionar o crescimento do público da empresa.

Um deles foi participação em um projeto relacionado ao aumento da relevância dos tweets dos usuários.

Isso fez com que a timeline parasse de mostrar os tuítes pela ordem dos mais recentes, passando a mostrar os mais relevantes para cada usuário. 

“Entrei para esta empresa há 10 anos, quando havia menos de 1.000 funcionários ...” 

“Eu andei no seu lugar, vi os altos e baixos, os desafios e obstáculos, as vitórias e os erros.”

Escreveu Agrawal, que agora supervisiona uma força de trabalho de mais de 5.500 funcionários, em um e-mail para seus funcionários postado no Twitter no seu primeiro dia na nova função.

Agrawal também foi um dos líderes do Projeto Bluesky, uma iniciativa criada pelo Twitter em 2019 com o intuito de criar uma rede social descentralizada e de código aberto.

Como CTO, Parag já desenvolvia um papel estratégico que agora se expande para toda a empresa como CEO.

O executivo afirmou que está "incrivelmente energizado" pelas novas oportunidades que o Twitter tem pela frente.

"Recentemente, atualizamos nossa estratégia para atingir metas ambiciosas e acredito que ela seja ousada e certa. Mas nosso desafio está em como trabalharemos para executar e entregar isso", disse Agrawal. 

"É assim que faremos do Twitter o melhor que pode ser para nossos clientes, acionistas e para cada um de vocês", continuou em seu e-mail aos funcionários.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Quando Parag Agrawal recebe?

O novo CEO do Twitter receberá um salário anual de US$ 1 milhão, segundo documentos que a empresa protocolou junto à Securities and Exchange Commission e divulgado pela CNBC.

Agrawal, também será elegível para um bônus de desempenho anual no valor de até 150% de seu salário, o que significa que ele pode levar para casa mais US$ 2,5 milhões por ano. 

Ele também recebeu um prêmio em ações no valor de US$ 12,5 milhões, que será adquirido em 16 incrementos trimestrais iguais a partir de 1º de fevereiro de 2022.

O salário de Agrawal está muito longe do salário anual simbólico de US$ 1,40 que seu antecessor ganhou nos últimos anos. 

Dorsey recebia um salário mais baixo para simbolizar “seu compromisso e crença no potencial de criação de valor de longo prazo do Twitter”, disse a empresa em um comunicado.