Pandemia Pode Retardar Efeito da Reforma da Previdência
| ,

Pandemia Pode Retardar Efeito da Reforma da Previdência

Recessão econômica deve ampliar o rombo na Previdência Social para 3,8% do PIB. Previsão antes da pandemia era de 3,1% do PIB.

Por
Atualizado em 12/06/2020

Recessão econômica deve ampliar o rombo na Previdência Social para 3,8% do PIB. Previsão antes da pandemia era de 3,1% do PIB.

No ano de 2019, foram aprovadas novas regras para os benefícios de aposentadoria e pensão, com o objetivo de equilibrar as contas da Previdência Social. Mesmo assim, o rombo ficou em 3% do PIB do ano, o equivalente a aproximadamente R$ 213,2 bilhões.

A Lei Orçamentária Anual – LOA de 2020 também previu déficit nas contas deste ano. A estimativa era de R$ 241,2 bilhões, ou cerca de 3,1% do PIB. Porém, desde que a pandemia começou, essa estimativa pulou para 3,8% do PIB.

Quem apresenta essa nova previsão é Vilma Pinto, pesquisadora da área de economia aplicada do FGV Ibre. Nos cálculos da especialista, pesam a queda na contribuição tanto do mercado de trabalho formal (trabalhadores com carteira assinada) quanto informal (MEI e autônomos).

Como Investir para a sua Previdência? Baixe o Relatório “O Melhor Investimento para a sua Previdência”.

Dados oficiais corroboram expectativa de ampliação do rombo da Previdência Social

Não são apenas os cálculos da pesquisadora Vilma Pinto que apontam para uma possível ampliação do rombo da Previdência Social; os dados oficiais divulgados pelo próprio governo corroboram essa expectativa.

Em maio, o Ministério da Economia divulgou relatório bimestral de receitas e despesas, no qual as estimativas de arrecadação do Regime Geral da Previdência Social – RGPS foram reduzidas em R$ 34 bilhões.

Essa única mudança é suficiente para fazer com que o rombo tenha um aumento de +15% em relação à previsão incluída na LOA. Porém, dados do Tesouro já haviam mostrado uma perda de receita de R$ 12 bilhões no mês anterior, abril.

Essa queda na arrecadação em abril e maio pode ser explicada por dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged do período imediatamente anterior.

Segundo o Caged, o Brasil perdeu 1,1 milhão de vagas de emprego formal, com carteira registrada, entre março e abril. Ou seja, em princípio, são 1,1 milhão a menos de trabalhadores contribuindo para o RGPS.

Com Previdência Social enfraquecida, Previdência Privada ganha importância

Conforme a ampliação do rombo da Previdência Social torna-se uma possibilidade mais concreta, a importância de investir em um plano de previdência privada também.

Se a capacidade do governo para pagar os benefícios de aposentadoria e pensão está enfraquecida, o melhor caminho para se proteger e se preparar para o futuro é escolhendo uma das várias opções de planos que seja mais compatível com seu perfil e investindo com foco no longo prazo.

Infelizmente, pesquisas também mostram que o nível de prioridade da contribuição para previdência privada caiu com a crise. De fato, as entidades abertas de previdência tiveram prejuízo no primeiro trimestre.

Para incentivar o brasileiro a fazer esse investimento, gestoras e corretoras criam alternativas para permitir que a aplicação seja feita pela internet, garantindo a maior praticidade, e até buscam reduzir as taxas cobradas.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE