O que é Ótica da Oferta - PIB

Ótica da Oferta - PIB é uma das formas de calcular o Produto Interno Bruto a partir dos agregados líquidos da produção de todos os setores da economia de um país, como indústria, comércio e agronegócio.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Dito de outro modo, Ótica da Oferta - PIB é uma das três maneiras pelas quais é possível mensurar o PIB, se caracterizando pela soma do valor adicionado por cada uma das empresas distribuídas em seus setores.

O PIB é um indicador econômico muito útil para investidores e economistas. Seu valor anual, trimestral e per capita podem ser encontrados diretamente no site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona Ótica da Oferta - PIB 

O PIB, Produto Interno Bruto, é considerado por muitos economistas e organismos internacionais como principal termômetro da economia de um país, bem como seu desempenho.

Ele é disponibilizado na moeda local e agrega a soma de todos os bens e serviços finais produzidos por um país ao longo de um período, que em geral são três meses, seis meses ou um ano.

O PIB é utilizado no mundo inteiro, inclusive por investidores, para identificar a saúde financeira de um país. Nesse caso, se o desempenho macroeconômico é positivo, valerá a pena investir no país.

Esse indicador apresenta três diferentes formas de mensuração, as chamadas óticas: ótica da oferta, ótica da demanda e ótica da renda. Cada uma delas opta por agregar e calcular variáveis distintas.

No caso da Ótica da Oferta - PIB, também conhecida como ótica da produção, são considerados valores oriundos da produção de todos os setores da economia, como indústria, agropecuária e serviços.

Isso significa, em outros termos, que a Ótica da Oferta leva em consideração a soma das riquezas produzidas em um país, incluindo empresas nacionais e estrangeiras localizadas dentro do território nacional.

Além disso, são incluídos impostos indiretos e a depreciação do capital e são retirados os subsídios governamentais

Como calcular Ótica da Oferta - PIB 

A Ótica da Oferta - PIB é a forma mais conhecida para se calcular o PIB de um país, pois tem como valor um agregado dos diversos ramos e setores da atividade econômica, indústria, agropecuária e serviços.

Isso significa contabilizar todos esses ramos. Por exemplo, no setor industrial é preciso quantificar as indústrias de base, de bens duráveis e de bens de consumo.

No setor agropecuário, precisamos agregar desde produção de carne bovina até plantações de soja destinadas ao mercado exterior.

Por fim, os serviços, o setor mais amplo dos três, aglutina comércio local, setor educacional privado e instituições bancárias.

Assim, para calcularmos o PIB através da Ótica da Oferta precisamos somar o valor adicionado (VA) da indústria, nos serviços, no comércio, na agropecuária e afins. 

Esse valor adicionado (VA) nada mais é do que a diferença, em valores, do que uma empresa compra e o que ela vende, remunera os funcionários e as despesas gastas em infraestrutura.

Dessa maneira temos a seguinte fórmula:

PIB = VA indústria + VA agropecuária + VA serviços + VA outros setores econômicos

Para que serve Ótica da Oferta - PIB 

Como dissemos acima, o PIB funciona como um termômetro da economia. Isso significa que esse indicador pode ser útil para analistas de economia e também para investidores em busca de alocar seus ativos.

O PIB, sempre que é anunciado, influencia diretamente no mercado financeiro. Por exemplo, sempre que há prévias ou divulgações do PIB, os títulos públicos do Tesouro Direto sofrem algum tipo de impacto.

Em razão disso é muito importante ficar atento ao cenário macroeconômico e aos PIBs dos países, pois eles interferem relativamente nos resultados das empresas e, portanto, nos rendimentos das carteiras.