O que é Ótica da Despesa - PIB

Ótica da Despesa - PIB é uma forma de calcular o Produto Interno Bruto de um país do ponto de vista dos consumidores, isto é, a partir do consumo privado, público e dos investimentos de capital.

Dito de outra forma, Ótica da Despesa - PIB é uma das três maneiras pelas quais é possível mensurar o PIB, se destacando por corresponder a soma dos gastos das famílias e do governo mais investimentos.

Tanto o valor do PIB quanto seu cálculo, em suas três formas, são disponibilizados pelo IBGE em seu site. Além disso, é possível consultar outros dados como PIB per capita e crescimento anual acumulado.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona Ótica da Despesa - PIB

Comecemos pelo básico. O PIB é um dos agregados mais utilizados na análise da atividade econômica de um país. Ele mensura monetariamente o total de bens e serviços finais produzidos em um país.

Esse indicador, ao se considerar um período determinado de tempo, auxilia na comparação do desempenho macroeconômico de uma nação, quantificando a atividade econômica da região a partir dos bens e serviços finais.

O cálculo do PIB, sempre em valores da moeda local, é determinado a partir de valores agregados de diversos ramos e setores da atividade econômica.

Entretanto, existem três maneiras diferentes de calcular o PIB, as conhecidas ótica da despesa, ótica da renda e ótica da produção. Cada uma delas leva em consideração um conjunto de bens a serem agregados.

Dessa forma, a Ótica da Despesa - PIB, também conhecida como ótica da demanda, é uma das óticas disponíveis para calcular o PIB a partir da soma dos gastos das famílias e do governo mais investimentos.

Em síntese, a Ótica da Despesa - PIB é a forma pela qual os indivíduos gastam os seus rendimentos e que o governo investe, isto é, como a produção nacional é repartida em seus diferentes fins.

Como calcular Ótica da Despesa - PIB 

A Ótica da Despesa, tendo em vista que ela observa o funcionamento de uma economia a partir da utilização ou do destino dado aos bens e serviços produzidos, exige quatro variáveis:

  • Consumo das famílias - despesas efetuadas em bens e serviços para satisfazer as necessidades dos indivíduos
  • Consumo do governo - todas as despesas da administração pública que são feitas para a manutenção do funcionamento da gestão estatal
  • Investimentos públicos e privados - investimentos estatais e investimentos de empresas tanto em formação bruta de capital fixo quanto variação de existências
  • Exportações líquidas - isto é, a diferença entre as exportações e importações

Isso significa que, quanto maior for o consumo das famílias, por exemplo, maior será o PIB. Além disso, quanto mais equilibrada estiver a balança comercial, melhor o desempenho do PIB.

Assim, temos a seguinte fórmula

PIB = consumo familiar + consumo do governo + investimentos + (exportações - importações)

Para que serve Ótica da Despesa - PIB 

Por ser um indicador da economia de um país, o PIB tem muita relevância na identificação do desempenho e do estágio econômico em que se encontra um país, como crescimento ou decrescimento.

Em termos práticos, ele serve como um termômetro da economia do país, influenciando, por exemplo, qualquer cálculo que queira relacionar o risco com o retorno dos investimentos e o desempenho de empresas listadas.

Dessa forma, conhecer os meandros do PIB é fundamental para qualquer investidor que tem como objetivo diversificar sua carteira e aumentar seus rendimentos.

A Ótica de Despesa, enquanto forma específica de mensuração do PIB, tem como principal utilidade mensurar o PIB a partir dos consumidores e não somente do setor produtivo de um país.

A ideia dessa ótica é captar toda a produção interna, que poderá ser transformada em consumo ou investimentos, mas que também poderá ser exportada para outras economias.