O CEO da Apple, Tim Cook, o CEO do JPMorgan, Jamie Dimon, e o ex-CEO da Microsoft, Steve Ballmer, estão entre as poucas exceções de bilionários que não fundaram uma empresa nem herdaram uma fortuna.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

A Forbes identificou apenas 26 dos 760 bilionários norte-americanos que cresceram ao subir na hierarquia corporativa trabalhando em empresas que não criaram.

Seus caminhos para a riqueza fabulosa vão desde a contratação como primeiros funcionários ou executivos em grandes empresas tecnológicas até à ascensão em fundos de cobertura, empresas de capital privado e bancos de investimento.

O bilionário Steve Ballmer lidera o grupo com uma fortuna estimada em US$ 122,7 bilhões de acordo com a calculadora em tempo real da Forbes, em grande parte devido à sua participação de quase 4% na Microsoft. 

Ballmer, amigo de Harvard de Bill Gates, ingressou na Microsoft em 1980 como funcionário número 40 e liderou a empresa como CEO de 2000 a 2014.

Notavelmente, ele ocupa a quinta posição na lista dos mais ricos do mundo da Forbes, apenas uma posição atrás do cofundador da Microsoft.

O membro mais recente deste grupo é Lisa Su, CEO da empresa de chips AMD, que recentemente se tornou bilionária devido ao aumento no preço das ações da companhia. Ela é uma das cinco mulheres nesta lista.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Outras nomes incluem Jayshree Ullal, da Arista Networks; a ex-COO da Meta, Sheryl Sandberg; Meg Whitman, que como ex-CEO do eBay levou a empresa de uma receita de US$ 5,7 milhões em 1998 para US$ 5 bilhões em 2008, acumulando milhões de ações no processo e se tornando bilionária em 2003, informa a Forbes.

Fecha a lista de mulheres a CEO da Oracle, Safra Catz (US$ 1,8 bilhão).

Entre os homens bilionários que não fundaram uma empresa nem herdaram uma fortuna estão o ex-CEO do Google, Eric Schmidt (US$ 21 bilhões), o ex-arquiteto-chefe de software da Microsoft, Charles Simonyi (US$ 7,3 bilhões), o ex-vice-presidente do Facebook Jeff Rothschild (US$ 5,7 bilhões) e o ex-presidente do eBay Jeff Skoll (US$ 4,3 bilhões).

Os líderes tecnológicos na lista da Forbes incluem o CEO da Snowflake, Frank Slootman (US$ 3,5 bilhões), Tim Cook da Apple (US$ 2,1 bilhões).

Os financiadores de elite também aparecem fortemente, desde Ramzi Musallam, CEO da Veritas Capital (US$ 9 bilhões), Jamie Dimon, do JPMorgan (US$ 2 bilhões), Lloyd Blankfein, ex-CEO da Goldman Sachs (US$ 1,2 bilhão), e os altos escalões da Blackstone, KKR e Silver Lake.

Apenas duas pessoas na lista encontraram ouro fora das áreas de tecnologia e finanças. Esses são Tor Peterson (US$ 2,4 bilhões), ex-chefe de comércio de carvão da gigante de commodities Glencore, e Paul Saville, presidente executivo e ex-CEO da construtora residencial NVR.

Um número cada vez menor de funcionários fica podre de rico trabalhando para outra pessoa, mas esse grupo mostra que é possível ingressar no clube das três vírgulas sem ser fundador ou herdeiro.

Fonte: Business Insider

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.