A National Football League (NFL) acaba de estabelecer um novo recorde na temporada 2023-24. De acordo com a “Forbes”, os 10 jogadores mais bem pagos recebem, juntos, US$ 508 milhões (cerca de R$ 2,5 bilhões).

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Isso representa um aumento de 4% em relação ao recorde do ano passado de US$ 489 milhões, mesmo com a aposentadoria de Tom Brady.

Apesar dos ganhos fora de campo dos dez primeiros caindo para US$ 69 milhões, de US$ 120 milhões em 2022, uma série de contratos milionários deu conta do recado.

O jogador mais bem pago da NFL em 2023 é o quarterback do Baltimore Ravens, Lamar Jackson, de 26 anos, arrecadando US$ 80 milhões em salário e bônus, mais cerca de US$ 1,5 milhão provenientes de endossos, licenciamento, aparições, memorabilia e outros empreendimentos comerciais.

Isso o coloca mais de US$ 20 milhões à frente do quarterback do Kansas City Chiefs, Patrick Mahomes, que chega ao segundo lugar com US$ 60,5 milhões. 

Na ausência de Brady, Mahomes assume o manto de jogador mais comercializável da NFL, com cerca de US$ 20 milhões em ganhos fora de campo.

Enquanto isso, Nick Bosa, do San Francisco 49ers, ocupa o terceiro lugar na lista dos jogadores mais bem pagos da NFL, com US$ 52 milhões. 

Veja que são os 10 jogadores mais bem pagos da NFL 2023, segundo a Forbes:

  1. Lamar Jackson (Baltimore Ravens) – US$ 81,5 milhões
  2. Patrick Mahomes (Kansas City Chiefs) – US$ 60,5 milhões
  3. Nick Bosa (San Francisco 49ers) – US$ 52 milhões
  4. Aaron Rodgers (New York Jets) – US$ 47,9 milhões
  5. Daniel Jones (New York Giants) – US$ 47,5 milhões
  6. Deshaun Watson (Cleveland Browns) – US$ 46,5 milhões
  7. Joe Burrow (Cincinnati Bengals) – US$ 45 milhões
  8. Dak Prescott (Dallas Cowboys) – US$ 44 milhões
  9. Kyler Murray (Arizona Cardinals) – US$ 42,5 milhões
  10. Russel Wilson (Denver Broncos) – US$ 41 milhões

1- Lamar Jackson | US$ 81,5 milhões

  • Idade: 26 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: Baltimore Ravens 
  • Em campo: US$ 80 mil 
  • Fora de campo: US$ 1,5 mil

Após dois anos de negociações, Jackson assinou a extensão de seu contrato com os Ravens em maio deste ano, estabelecendo um recorde da NFL com seu bônus de assinatura de US$ 72,5 milhões. 

Em outros empreendimentos fora do campo, Jackson tem uma marca de roupas pessoais chamada Era 8, dirige uma produtora e um gravadora como parte da Lamar Jackson Entertainment e proprietária do restaurante Play Action Soulfood and More, na Flórida, além de um pequeno portfólio de patrocínio que inclui o jogo de realidade virtual NFL Pro Era .

2- Patrick Mahomes | US$ 60,5 milhões

  • Idade: 27 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: Kansas City Chiefs
  • Em campo: US$ 40,5 mil
  • Fora de campo: US$ 20 mil

Mahomes, que completa 28 anos este mês, ainda detém o recorde da NFL de maior contrato com o contrato de dez anos no valor de US$ 450 milhões que assinou em 2020, mas caiu para o oitavo lugar entre os contratos ativos em termos de valor médio anual. 

Fora do campo, Mahomes é inquestionavelmente o novo rosto da NFL, com acordos de patrocínio de longo prazo com quase 20 marcas, incluindo as recentes adições Hugo Boss, T-Mobile e Walmart. 

Mahomes também começou a montar um pequeno império esportivo, investindo no Kansas City Current da National Women's Soccer League e em um time de Pickleball da Major League no ano passado para acompanhar suas participações no Kansas City Royals e no Sporting Kansas da Major League Soccer.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

3- Nick Bosa | US$ 52 milhões

  • Idade: 25 anos
  • Posição: Final Defensivo  
  • Equipe: San Francisco 49ers
  • Em campo: US$ 51 mil
  • Fora de campo: US$ 1 mil

Bosa, o atual Jogador Defensivo do Ano da NFL, tornou-se a última estrela do 49ers a assinar uma lucrativa extensão com o contrato de cinco anos 

4- Aaron Rodgers | US$ 47,9 milhões

  • Idade: 39 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: New York Jets 
  • Em campo: US$ 36,9 mil 
  • Fora de campo: US$ 11 mil

Rodgers deixou o Green Bay Packers, sua casa por 18 temporadas, em uma troca fora de temporada com os Jets e concordou com um contrato reformulado que supostamente reduziu seu salário em US$ 35 milhões em dois anos. 

Mas o quatro vezes MVP de 39 anos ainda quebrará o recorde da NFL de Tom Brady em ganhos em campo na carreira (US$ 333 milhões), chegando a US$ 342 milhões até o final de 2023 e US$ 418 milhões até o final de 2025, assumindo que ele jogue seu contrato com os Jets. 

Fora do campo, Rodgers tem uma dúzia de contratos de patrocínio e é cofundador da empresa de risco RX3.

5- Daniel Jones | US$ 47,5 milhões

  • Idade: 26 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: New York Giants
  • Em campo: US$ 46 mil 
  • Fora de campo: US$ 1,5 mil

Depois que Jones jogou o melhor futebol de sua carreira de quatro anos em 2022, os Giants o recompensaram com um contrato de quatro anos no valor de US$ 160 milhões em março. 

Jones começou recentemente a construir seu grupo de patrocinadores e agora tem oito, incluindo Hugo Boss e Poland Spring.

6- Deshaun Watson | US$ 46,5 milhões

  • Idade: 27 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: Cleveland Browns
  • Em campo: US$ 46 mil 
  • Fora de campo: US$ 0,5 mil

Em 2020, a Forbes estimou que Watson estava ganhando US$ 8 milhões fora do campo, mas ele perdeu seu apoio quando mais de 20 mulheres o acusaram de assédio ou agressão sexual no ano seguinte. 

Ele negou as acusações e não enfrentou acusações criminais, mas a NFL o multou em US$ 5 milhões e o suspendeu por 11 jogos na temporada passada.

Watson, que completa 28 anos este mês, ainda ganha algum dinheiro fora do campo com o grupo da NFL Players Association, acordos de licenciamento, incluindo vendas de sua camisa, e seu contrato de jogo deverá pagar a ele US$ 46 milhões em 2023 e em cada um dos próximos três anos.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

7- Joe Burrow | US$ 45 milhões

  • Idade: 26 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: Cincinnati Bengals
  • Em campo: US$ 41 mil 
  • Fora de campo: US$ 4 mil

A enorme extensão de contrato do quarterback de 26 anos, alcançada na semana passada após meses de especulação, inclui US$ 219 milhões garantidos, a segunda maior de todos os tempos, depois dos US$ 230 milhões que Deshaun Watson recebeu do Cleveland Browns no ano passado. 

Ele ainda conta com meia dúzia de empresas como parceiras, incluindo BodyArmor, Bose e Guinness. Além disso, Burrow investiu na marca de alimentos para café da manhã Kodiak, no site de esportes de fantasia Fantasy Life e na Pro Volleyball Federation, uma liga feminina que deve começar a jogar em fevereiro.

8- Dak Prescott | US$ 44 milhões

  • Idade: 30 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: Dallas Cowboys
  • Em campo: US$ 31 mil 
  • Fora de campo: US$ 13 mil

Prescott, agora com 30 anos, tem tem 15 patrocinadores, incluindo Jordan Brand da Nike, Bud Light e AT&T. 

Ele também foi homenageado em fevereiro com o prêmio Walter Payton de Homem do Ano da NFL, que reconhece um jogador por sua filantropia e impacto na comunidade.

9- Kyler Murray | US$ 42,5 milhões

  • Idade: 26 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: Arizona Cardinals 
  • Em campo: US$ 39 mil 
  • Fora de campo: US$ 3,5 mil

Murray perderá pelo menos quatro jogos no início de 2023, enquanto se recupera de uma ruptura do ligamento cruzado anterior que sofreu em dezembro, atrapalhando a primeira temporada do contrato de cinco anos no valor de US$ 230,5 milhões que ele assinou em julho de 2022. 

Fora de campo, o jogador de 26 anos tem sete parceiros corporativos, incluindo Nike, BodyArmor e a potência dos esportes eletrônicos FaZe Clan. 

Ele também foi investidor em uma rodada inicial de US$ 6 milhões anunciada em setembro passado pela Myna Swap, um mercado que visa facilitar a venda de itens colecionáveis ​​físicos por meio de NFTs correspondentes.

10- Russel Wilson | US$ 41 milhões

  • Idade: 34 anos
  • Posição: Quarterback 
  • Equipe: Denver Broncos
  • Em campo: US$ 28 mil 
  • Fora de campo: US$ 13 mil

Wilson passou pela pior temporada de sua carreira profissional de 11 anos em 2022, após uma troca do Seattle Seahawks para o Broncos, mas ele tem um novo sistema ofensivo e um novo treinador em Sean Payton enquanto tenta voltar à forma que o levou a nove Pro Bowls e ao título do Super Bowl de 2014. 

Além de seus 16 parceiros de patrocínio, o quarterback de 34 anos é cofundador da House of LR&C, uma marca de moda que ele criou com sua esposa, a cantora Ciara.

Fonte: Forbes

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.