Cerca de metade de todos os bilionários do mundo ficaram mais pobres no ano passado, mas isso não vale para esses 10 magnatas.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Em geral, 2022 foi um ano ruim para os bilionários. Segundo o ranking da Forbes de 2023, 2.640 pessoas possuem fortunas de dez dígitos, abaixo dos 2.668 no ano passado. 

Eles também estão mais pobres do que antes, valendo, combinados, US$ 500 bilhões a menos há um ano. 

Mas nem todo membro dos ultra-ricos está sentindo essa dor.

Apesar de um ano de baixa nos mercados e aumento da inflação, mais de 1.000 bilionários na lista da Forbes estão mais ricos.

O grande ganhador foi o magnata dos bens de luxo Bernard Arnault, que viu seu patrimônio líquido aumentar US$ 53 bilhões desde o ano passado.

O aumento da fortuna se deve às ações da LVMH, dona de marcas como Louis Vuitton, Christian Dior e Tiffany & Co., que subiram 18% devido à forte demanda. 

Agora valendo US$ 211 bilhões, Arnault assumiu o primeiro lugar no ranking dos bilionários do mundo de 2023.

É a primeira vez que ele ocupa o primeiro lugar e a primeira vez que um cidadão da França lidera a lista.

O magnata do carvão e energia renovável, Low Tuck Kwong, é o segundo bilionário que mais aumentou sua fortuna.

Ele está US$ 21,8 bilhões mais rico depois que a guerra na Ucrânia interrompeu os mercados de energia globalmente e elevou o preço do carvão.

Outros grandes ganhadores incluem Amancio Ortega , o magnata da moda rápida por trás da Zara; o bilionário suíço Gianlugi Aponte e o ex-prefeito de Nova York e cofundador da Bloomberg LP, Michael Bloomberg.

Confira os 10 bilionários que aumentaram suas fortunas no ano passado segundo a lista dos bilionários do mundo de 2023 da Forbes.

1. Bernard Arnault

  • Patrimônio líquido: US$ 211 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 53 bilhões
  • Fonte da Riqueza: LVMH
  • Cidadania: França

O conglomerado LVMH, proprietária de marcas icônicas como Dior, Louis Vuitton e Bulgari, teve um ano marcante, com receitas e lucros recordes. 

Isso ajudou a adicionar US$ 53 bilhões ao patrimônio líquido do seu fundador, presidente e CEO Bernard Arnault.

O aumento foi suficiente para colocá-lo no topo da lista dos bilionários do mundo pela primeira vez em 2023.

2. Low Tuck Kwong

  • Patrimônio líquido: US$ 25,5 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 21,8 bilhões
  • Fonte da Riqueza: Carvão
  • Cidadania: Indonésia

A fortuna do bilionário disparou à medida que a receita e os lucros da produtora de carvão Bayan Resources subiram, triplicando o preço de suas ações em 2022. 

O aumento ocorre em meio à crise global de energia causada pela invasão russa da Ucrânia, que levou a um aumento nos preços de carvão em todo o mundo.

3. Colin Zheng Huang

  • Patrimônio líquido: US$ 30,2 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 18,9 bilhões
  • Fonte de Riqueza: Comércio Eletrônico
  • Cidadania: China

O fundador do site de comércio eletrônico de descontos Pinduoduo, um dos maiores da China, está mais rico este ano, depois que as ações da empresa se recuperaram da mínima de março de 2022, quando os investidores estavam preocupados com a repressão do governo às empresas de tecnologia.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

4. Amancio Ortega

  • Patrimônio líquido: US$ 77,3 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 17,7 bilhões
  • Fonte da Riqueza: Zara
  • Cidadania: Espanha

O pioneiro da moda rápida espanhola acrescentou US$ 17,7 bilhões à sua fortuna com as ações de sua varejista Inditex, conhecida por suas lojas Zara, subindo 30%.

5. Jeff Yass

  • Patrimônio líquido: US$ 28,5 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 16,5 bilhões
  • Fonte de Riqueza: Comércio, investimentos
  • Cidadania: EUA

O veterano de Wall Street por trás do Susquehanna International Group, uma empresa comercial, aumentou sua fortuna devido a um lucrativo investimento inicial na ByteDance, controladora da TikTok.

6. Gianluigi Aponte

  • Patrimônio líquido: US$ 31,2 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 14,4 bilhões
  • Fonte da Riqueza: Logística
  • Cidadania: Suíça

Capitão por formação, o magnata suíço da navegação se beneficiou do enorme aumento nos valores de remessa e logística desde a pandemia. 

Aponte possui uma participação de 50% na empresa de navegação MSC, uma das maiores do mundo.

7. Andrey Melnichenko

  • Patrimônio líquido: US$ 25,2 bilhões 
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 14,1 bilhões
  • Fonte de Riqueza: Fertilizantes, carvão
  • Cidadania: Rússia

Apesar das sanções ocidentais contra ele e muitos outros russos de alto patrimônio líquido, as tendências positivas no mercado global de carvão permitiram um ano de sucesso para a empresa de energia de Melnichenko, Siberian Coal Energy Company (SUEK).

8. Michael Bloomberg

  • Patrimônio líquido: US$ 94,5 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 12,5 bilhões
  • Fonte da Riqueza: Bloomberg LP
  • Cidadania: EUA

O ex-prefeito de Nova York doou US$ 1,7 bilhão para instituições de caridade no ano passado, mas ainda assim ficou mais rico. 

O salto em seu patrimônio se deve ao seu negócio de informações financeiras e mídia Bloomberg LP.

9. Carlos Slim Helú

  • Patrimônio líquido: US$ 93 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 11,8 bilhões
  • Fonte da Riqueza: Telecom
  • Cidadania: México

A fortuna da pessoa mais rica do México aumentou em US$ 11,8 bilhões à medida que suas participações em várias grandes empresas mexicanas aumentaram de valor. 

As ações de sua empresa pan-latino-americana de telefonia móvel, a América Móvil, subiram 14% no ano passado, ajudando a colocar Slim Helú entre as dez pessoas mais ricas do mundo pela primeira vez desde 2019.

10. Reinhold Wuerth

  • Patrimônio líquido: US$ 29,7 bilhões
  • Ganho desde março de 2022: +US$ 10,7 bilhões 
  • Fonte de Riqueza: Fixadores
  • Cidadania: Alemanha

As receitas do Grupo Wuerth de sua família, que fabrica e vende parafusos e outros fixadores, saltaram em 2022, de aproximadamente US$ 16 bilhões para US$ 23 bilhões. 

Wuerth ingressou no negócio em 1949, aos 14 anos, e o transformou em um gigante.

Fonte: Forbes

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.