O que é Orçamento Empresarial

Orçamento Empresarial é uma ferramenta utilizada para avaliar a situação fiscal e financeira de uma empresa, através de seus ganhos, despesas e investimentos, bem como planejar os próximos períodos.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

Dito de outra forma, Orçamento Empresarial é uma forma de avaliar e analisar os lucros, os custos, as despesas e os investimentos de uma empresa em um determinado período a fim de planejar e elaborar metas.

Essa ferramenta é essencial para o bom funcionamento de qualquer empresa, pois permite examinar todos os pormenores da empresa que impactam diretamente em sua situação financeira e auxiliar no desenvolvimento de estratégias.

Além disso, independentemente do tamanho da empresa e do estágio de desenvolvimento dos produtos e serviços, estruturar um orçamento é uma condição necessária para as operações mensais.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona Orçamento Empresarial 

Existem diversas formas de organizar e desenvolver um Orçamento Empresarial, pois sempre dependerá dos objetivos da empresa, dos objetivos a serem atingidos e das metodologias utilizadas.

Em geral, cinco tipos e modelos de Orçamento Empresarial são mais utilizados:

  • Orçamento Matricial - tem como proposta analisar e gerir as despesas e as receitas através de um entrecruzamento de entidades e pacotes.
  • Orçamento Histórico - é o orçamento desenvolvido a partir da lógica tradicional de mensuração da receita, despesas e investimentos do exercício anterior.
  • Orçamento Base Zero - construído sob uma base zero, isto é, desprezando os a receita, os lucros, os custos do exercício anterior a fim de cortar gastos supérfluos.
  • Orçamento Colaborativo ou Participativo - orçamento elaborado com a participação de todos os chefes de departamento, ao invés da concentração das tarefas em uma pequena equipe.
  • Orçamento Ajustado - elaborado tal qual o histórico, contudo, essa modalidade tem a característica de reagir às mudanças após novas demandas da empresa.

Nesse sentido, cada uma dessas modalidades envolve um conjunto de etapas e procedimentos particulares com o intuito de atingir alguma meta de trabalho. Apesar disso, é possível encontrarmos uma série de períodos comuns.

O primeiro passo é examinar e identificar todos os recursos disponíveis, o que inclui valores em caixa, recursos operacionais, estoques, custos com funcionários e o volume de vendas, portanto, toda a situação financeira.

Em seguida, será necessário estabelecer quais são os objetivos e as metas do Orçamento. Em outros termos, identificar qual a finalidade do Orçamento, como cortar gastos, expandir os lucros, entre outros.

Em um terceiro momento, é preciso elaborar um relatório ou algum tipo de documento que informe a situação da empresa, colocando os dados da empresa que permitem diferenciar a natureza, valores e metas da empresa.

O quarto passo é justamente desenvolver a projeção para o período estipulado, seja ele semanal, mensal ou anual.

Por fim, caso a modalidade do orçamento demande, os profissionais que elaboraram o Orçamento deverão acompanhar os resultados e as projeções a fim de comparar e alterar quaisquer problemas.

Para que serve Orçamento Empresarial

Qualquer Orçamento Empresarial serve para diagnosticar e apresentar as condições financeiras e materiais de determinada empresa, sendo indispensável para a tomada de decisão, conforme apontam apontam especialistas.

Além disso, a partir da fixação de metas empresariais a serem atingidas em determinado prazo, os orçamentos permitem a criação de estratégias eficazes elaboradas a partir das condições reais da empresa.

Esse tipo de planejamento e de construção de metas é peça fundamental para um melhor desempenho das empresas listadas na bolsa, ou mesmo daquelas que pretendem se inserir na bolsa de valores em breve.

Isso porque, além da transparência, os investidores, sejam já acionistas ou interessados, fazem suas análises através das informações de desempenho atual das empresas, principalmente de seus lucros.

Por fim, um Orçamento Empresarial também tem uma funcionalidade interna ao estabelecer os objetivos que deverão ser alcançados pelos colaboradores da empresa no período estipulado, tornando-se fundamental para performance mensal.