ONCO3: Grupo Oncoclínicas Perdeu Valor na Queda das Ações?
SIMULE AGORA
| , ,

ONCO3: Grupo Oncoclínicas Perdeu Valor na Queda das Ações?

Entenda porque apesar da queda das ações do Grupo Oncoclínicas, ainda há uma forte tese de investimento em ONCO3.

Por
Atualizado em 15/10/2021

Errei.  Posso dar qualquer explicação sofisticada, mas não há como discordar do mercado de ações.

Erro é erro.

Isso acontece com todo mundo, inclusive comigo. 

Recentemente indiquei aos assinantes do canal Joias da Bolsa, a participação no IPO da Oncoclínicas (ONCO3).

Desde então, as ações já caíram mais de 30%.

Por isso, peço desculpas a todos os assinantes que confiaram em mim.

Mas não estou aqui para lamentar.

Vamos nos beliscar e entender a realidade.

Afinal, essa queda impacta no que? Em nada.

A tese de investimentos continua a mesma, só que agora o investidor pode pagar mais barato pelas ações da empresa. 

Simples assim.

Por isso vamos falar um pouco mais sobre ONCO3.

Quero expor os motivos que me fazem gostar tanto dessa empresa.

Banner will be placed here

O Grupo Oncoclínicas é o resultado de uma iniciativa pioneira em gestão e administração de serviços oncológicos.

Fundado em 2010, acumulou ao longo desses anos grandes conquistas em tratamentos para o câncer, sendo hoje considerado um dos maiores e mais respeitados grupos de oncologia, hematologia e radioterapia da América Latina. 

A área de atuação do Grupo Oncoclínicas abrange 12 estados brasileiros. 

Atualmente, são 70 unidades que contam com especialistas nas áreas de oncologia, radioterapia, hematologia e transplante de medula óssea, cuidados complementares e o que há de mais avançado em assistência integrada.

A companhia possui forte cultura em pesquisa, ensino e colaboração técnica e utiliza das mais avançadas técnicas e tecnologias médicas disponíveis, sendo referência na prática de oncologia de precisão.

O crescimento da Oncoclínicas foi impulsionado com a entrada dos fundos Josephina vinculados ao Goldman Sachs, em 2015, e pela captação de recursos em 2018.

Fundamentos do Grupo Oncoclínicas
Indicadores operacionais do Grupo Oncoclínicas.

Em 2020 realizou mais de 1 milhão de consultas, por meio de mais de 1 mil médicos especialistas com ênfase em oncologia.

Atua com pioneirismo na prática de medicina de precisão, próximo passo no tratamento do câncer e no descobrimento de novos medicamentos, por meio de ferramentas de mapeamento genético e atuação nas áreas de patologia e bioinformática.

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

Líder em termos de faturamento no segmento de tratamento oncológico, a Oncoclínicas vem ao mercado para dar continuidade ao seu plano de expansão orgânica e inorgânica. 

Nos últimos 5 anos, o crescimento de receita foi em média de 35% ao ano, dentre os quais 27% organicamente e 8% via fusões e aquisições.

Levando em consideração os recursos levantados na oferta, o grupo ganha mais capacidade de expansão orgânica e inorgânica, seja no aumento da quantidade de tratamentos, seja na entrada em novas especialidades e ou regiões.

No segundo trimestre de 2021, a empresa acelerou seu crescimento através de aquisições de grupos menores.

Lembre-se de que toda e qualquer tese de investimentos que entra na carteira do Joias é de longo prazo, com ONCO3 não é diferente.

Existe a expectativa de que a população acima de 60 anos mais que dobre até 2060, demandando cada vez mais serviços de saúde

Daria para dizer inclusive que a empresa está inserida em um nicho de tendência secular.

Além disso, a penetração dos planos de saúde é mais elevada na população idosa, alavancando o crescimento da receita para os prestadores de serviço da cadeia.

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

Segundo os dados do sistema Datasus, do Ministério da Saúde, o câncer tem maior incidência na faixa etária de 55 a 75 anos.

Gostamos do modelo de negócio da companhia e identificamos um importante potencial de crescimento

Oncoclínicas está inserida num dos segmentos de maior visibilidade e potencial de crescimento do setor de saúde atual, o oncológico. 

Outro fator importante a ser considerado é que a empresa está inserida num setor com grandes barreiras de entrada, o que dificulta a entrada de novos concorrentes.

Embora a empresa tenha reportado prejuízo no segundo trimestre, é importante salientar o impacto por conta de despesas de itens não recorrentes.

O aumento na despesa foi majoritariamente devido à provisão do plano de incentivo de longo prazo no valor de R$ 195 milhões. 

Acreditamos que a empresa tem potencial para entregar bons resultados no futuro, pois se encontra em fase de crescimento, aumentando o número de unidades e escolhendo criteriosamente aquelas com track record (histórico) comprovado de performance para fazer parte do grupo. 

E após essa queda de preço, o desconto torna a tese ainda mais vantajosa.

A ONCO3 é uma das grandes apostas do Joias para 2022.

Análise de Ações

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE