A Oi (OIBR3) informou em fato relevante que, em face do encerramento do mandato de dois anos do diretor presidente, Rodrigo Abreu, no fim de janeiro, o executivo e o Conselho de Administração tomaram a decisão, de comum acordo, de não renovar o mandato para o próximo período.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Para o cargo de CEO, o Conselho de Administração indicou Mateus Affonso Bandeira.

Atualmente, Bandeira participa da companhia como membro independente do Conselho de Administração, onde liderava até então o Comitê de Gente, Nomeações e Governança.

“O Sr. Mateus Bandeira ingressa, assim, no corpo executivo da companhia, com o objetivo de dar continuidade e foco ao processo de transformação ora em curso, incluindo a finalização dos acordos necessários para a submissão do Plano de Recuperação Judicial a ser apresentado em Assembleia Geral de Credores e para que, em momento seguinte, apoie a seleção de um novo CEO para execução e implementação do referido plano no longo prazo”.

Mateus Bandeira é também Conselheiro da Vibra (VBBR3), Intelbrás (INTB3) e Marcopolo (POMO4), e já foi CEO da Falconi Consultoria e do Banrisul (BRSR6). Ele também já foi Secretário de Estado do Governo do Rio Grande do Sul.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja a Melhor Empresa para Receber Dividendos.

Segundo o comunicado, Rodrigo Abreu permanecerá apoiando a Oi em seu papel de Conselheiro de Administração e, por solicitação deste, seguirá participando ativamente das negociações com credores, atualmente em andamento, para a proposta de novo Plano de Recuperação Judicial a ser apresentado até o fim de janeiro, além da conclusão das discussões com Anatel, TCU e AGU, em busca de um acordo visando solucionar as pendências da Concessão do STFC e sua migração para Autorização.

“Nessa nova fase da Oi, além dos desafios imediatos de aprovação do novo Plano de Recuperação Judicial e conclusão do acordo para a resolução da Concessão STFC, a Companhia manterá o foco crítico na redução dos custos operacionais em todas as suas áreas, em particular nas áreas ligadas às operações legadas, e na aceleração de suas operações Oi Fibra e Oi Soluções”, informou a companhia.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja a Melhor Empresa para Receber Dividendos.

Resultado da Oi no Terceiro Trimestre de 2023

resultado da Oi (OIBR3) no terceiro trimestre de 2023 (3t23), divulgado no dia 08 de novembro, apresentou prejuízo de R$ 2,8 bilhões no 3T23, apresentando baixa no prejuízo de -12,7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda de rotina da Oi atingiu um prejuízo R$ 330,0 milhões no 3T23, apresentando baixa de -297,5% na comparação com o 3T22. 

A margem Ebitda da Oi totalizou -13,6% no 3T23, apresentando retração de -19,6 pontos percentuais na comparação com o 3T22.  

A margem líquida da Oi totalizou -116,8% no 3T23, apresentando crescimento de 0,3 ponto percentual na comparação com o 3T22.

As ações da Oi (OIBR3) acumulam queda de 6,25% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 45,45% nos últimos 12 meses.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney.