A Oi (OIBR3) fechou acordo para comprar 20% da geração de energia da usina de biogás construída em Seropédica (RJ) pela Eva Energia.

A planta está começando a operar este mês e vai ser inaugurada oficialmente em fevereiro.

Pelo contrato, a Eva vai fornecer 8,76 GWh por ano, energia suficiente para atender 6.000 domicílios.

A estimativa é de que a planta gere uma economia mensal de 40% nas contas de luz da Oi, garantindo uma redução de custo da ordem de R$ 2,5 milhões ao ano.

"Com a aquisição, a Oi passa a contar com biogás entre as fontes renováveis que compõem sua matriz de energia, ao lado de biomassa, solar e hídrica", informou a companhia.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Atualmente, disse a Oi, cerca de 50% da matriz de energia da companhia já é proveniente de fontes renováveis, e a meta é aumentar o uso dessas fontes para 80% até o final de 2022 e chegar a 100% até 2025.

Pelo acordo firmado com a Eva, a cada mês, a energia que a Oi vai receber da usina de biogás será injetada na rede da concessionária de energia que atende a companhia no município do Rio de Janeiro.

Com isso, as 1.819 unidades da Oi atendidas pela concessionária terão desconto em fatura proporcional à quantidade de energia injetada pela usina.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Oi no Terceiro Trimestre de 2021

O resultado da Oi (OIBR3) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 10 de novembro, apresentou um prejuízo de -R$ 4,8 bilhões no 3T21, apresentando alta no prejuízo de 86,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Oi atingiu R$ 1,4 bilhão no 3T21, apresentando retração de -5,9% na comparação com o 3T20. 

A margem Ebitda da Oi totalizou 30,9% no 3T21, apresentando retração de -0,7 ponto percentual na comparação com o 3T20.  

A margem líquida da Oi atingiu -214,4% no 3T21, apresentando retração de -102,8 pontos percentuais na comparação com o 3T20. 

As ações da Oi (OIBR3) acumulam alta de 26,09% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 64,56% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.