O que é Oferta Pública de Compra

Oferta Pública de Compra é uma oferta de compra de ações feita por um acionista ou um grupo de acionistas que visa tomar o controle de uma empresa.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Uma empresa que realiza uma Oferta Pública de Compra pretende deixar de ser uma empresa negociada na bolsa de valores e fechar o seu capital.

Outra forma bastante comum de se referir a uma Oferta Pública de Compra é usando a sigla OPA, que significa “Oferta Pública de Aquisição”.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Característica da Oferta Pública de Compra

Uma Oferta Pública de Compra resulta no fechamento de capital de uma empresa. E isso significa que a empresa não mais poderá captar recursos vendendo ações.

O valor definido em uma Oferta Pública de Compra pela compra ações, é calculado baseando-se em diversos fatores, e não necessariamente reflete a cotação mais recente.

Todos os investidores que possuem uma quota acionária podem participar da Oferta Pública de Compra, porém, eles não são obrigados a vender seus papéis pelo preço estabelecido.

Vale ressaltar que, o investidor que não vende a sua parte na Oferta Pública de Compra, automaticamente torna-se sócio de um negócio de capital fechado.

Se este indivíduo vier a querer negociar suas quotas no futuro, ele terá de fazer isso de forma pessoal, negociando privativamente com os sócios majoritários.

No entanto, é muito incomum que um sócio minoritário, ao ver que os demais estão vendendo a sua parte, não se sinta compelido a fazer o mesmo.

E também é muito pouco interessante para os sócios que estão fazendo a Oferta Pública de Compra permitir que um investidor minoritário permaneça na sociedade da empresa.

E existem três razões para isso:

  • O sócio minoritário, de forma geral, apenas quer ganhar dinheiro com especulação, o que não será mais possível;
  • Os sócios majoritários não conhecem esse indivíduo que, provavelmente não fazia parte da sociedade original da empresa
  • Geralmente o sócio minoritário não tem poder aquisitivo para ter uma posição relevante e também não tem interesse em questões administrativas.

Etapas de uma Oferta Pública de Compra

Para dar início a uma Oferta Pública de Compra é necessário dar procedimento nas normativas e regras estabelecidas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). 

  • O primeiro passo é fazer um comunicado público aos sócios da empresa sobre a Oferta Pública de Compra
  • O passo seguinte é definir um preço justo pelo qual a Oferta Pública de Compra será anunciada. Este preço é mensurado por meio de uma auditoria independente.
  • O terceiro passo é veicular um edital manifestando o compromisso da empresa quanto a esta Oferta Pública de Compra, definindo quantidade de ações e preço.

Caso o valor estipulado da oferta não vingue e não haja consenso entre a maioria dos acionistas (dois terços do total), é necessário fazer uma nova assembleia para definir um novo valor.

Razões de uma Oferta Pública de Compra

Há algumas razões para uma empresa listada na bolsa de valores, como a B3, querer deixar de ser uma empresa com capital aberto para investidores. 

Por exemplo, os sócios majoritários podem entender que o valor pelo qual as ações da empresa estão sendo negociadas está abaixo do ideal, e observam nisso uma oportunidade para eles.

Isso porque, ao comprarem a parte dos outros acionistas e, consequentemente fecharem o capital da empresa, eles têm a possibilidade de usufruir de todos os benefícios

Ainda mais se estes sócios majoritários estão vislumbrando uma determinada situação que os outros investidores não são capazes de enxergar.

Outra motivação bastante comum se dá quando os administradores da empresa não veem mais necessidade de captar recursos para investimentos futuros.