A holding Alupar está presente há aproximadamente 8 anos na Bolsa de Valores, sendo considerada a maior transmissora privada de energia elétrica do Brasil.

A Alupar está presente nos segmentos de transmissão, geração e comercialização de energia, sendo de maior predominância, o segmento de transmissão.

Atualmente, a holding participa de 30 empresas transmissoras de energia elétrica no país, e uma vitalícia na Colômbia.

As transmissoras da Alupar operam atualmente 7.874 Km de linhas de transmissão de energia, sendo 1.769 Km de projetos em construção.

Neste artigo, vou listar os principais diferenciais da Alupar e as estratégias utilizadas pela empresa ao longo dos anos.

Leia até o final e descubra se a ação ALUP11 vale a pena.

O que é Alupar

A Alupar é uma holding, controlada pela Guarupart Participações, que atua nos segmentos de transmissão, geração e comercialização de energia elétrica.

A companhia está presente no Brasil e na Colômbia, sendo considerada a maior empresa privada no segmento de transmissão de energia elétrica no país, com atuação na América Latina.

O principal foco da holding é atuar no desenvolvimento de projetos de infraestrutura relacionados à transmissão e geração de energia.

Isso faz com que a empresa alcance retornos adicionais para seus acionistas com riscos de execução mitigados pela sua forte experiência em projetos.

História da Alupar

A Alupar Investimentos começou a operar o segmento de transmissão de energia em 2000 quando a empresa arrematou leilões de 2.100 km de linhas de transmissão de 500KV.

Anos depois a Alupar ganhou leilões para a construção e operação de Ijuí e Foz do Rio Claro, iniciando o desenvolvimento, construção e operação de projetos de geração de energia.

No ano de 2007, a Alupar foi constituída como uma holding de controle nacional privado, passando a ser responsável por todos os ativos de transmissão e geração.

Em 2013, a holding realizou sua Oferta Pública Inicial (IPO), captando cerca de R$ 740 milhões utilizados para aquisição de novos empreendimentos.

Em 2018, a APAETE venceu o Lote O através do Leilão Eletrobras n.º 01/2018, adquirindo a participação societária detida pela Eletrobrás na AETE.

Em 2020, dos 41 ativos controlados pela Alupar, 32 deles se encontram em operação comercial, sendo 24 de transmissão, 9 de geração hidráulica e 1 complexo de geração eólica.

Confira os principais acontecimentos que marcaram a história da Alupar ao longo dos anos:

Linha do Tempo da Alupar
2007Constituição da holding Alupar Investimentos
2013IPO da Alupar
2008 à 2011Autorização para implantação da PCH Morro Azul na Colômbia
2013Fortalecimento da base de acionistas e liquidez das ações; Geração de valor através de projetos greenfield e aquisiçõesseletivas
2017Aquisição da participação societária na Transmissora ETB e EDTE

Estrutura Organizacional Alupar

Confira abaixo a estrutura organizacional da empresa Alupar e seus membros.

DiretoriaMembro
PresidentePaulo Roberto de Godoy Pereira
Vice-presidenteJosé Luiz de Godoy Pereira
Diretor ComercialÊnio Luigi Nucci
ConselhosEspecialista do Setor
AdministraçãoJosé Luiz de G. Pereira
ComitêsMembros
AuditoriaRogério Paulo Calderón Peres
Finanças e Contratação de Partes RelacionadasHumberto Falcão Martins
Governança, Sucessão e RemuneraçãoMarcelo Tosto de Oliveira Carvalho

Setor de Transmissão de Energia

A receita de transmissão de energia depende da disponibilidade das linhas de transmissão, sendo reajustadas anualmente pelo IPCA ou IGP-M.

Assim, a participação em leilões para contratação de novas infraestruturas de transmissão de energia elétrica, é fundamental para manter o crescimento das empresas transmissoras de energia.

Segundo a expansão do segmento de transmissão projetada pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) vai demandar R$ 104 bilhões em investimentos nos próximos dez anos.

O que deve gerar um acréscimo de 55.785 km a partir de novas linhas de transmissão e de 172.147 MVA em capacidade de transformação em novas subestações.

Linhas de Negócios da Alupar

A Alupar opera ativos de transmissão de energia, com receitas ajustadas pela inflação, fazendo com que a empresa tenha um fluxo de caixa estável e sem risco.

No acumulado de 2020, mais de 90% da receita líquida da Alupar foi originada através das operações do segmento de transmissão de energia.

No decorrer dos últimos anos, a receita de infraestrutura alcançada através da atividade de construção passou a ter maior representatividade na receita líquida total da Alupar.

Passando de R$ 44,5 milhões nos 9 meses acumulados de 2015, para R$ 2,4 bilhões nos 9 meses acumulados de 2020.

A maior receita de infraestrutura foi impulsionada por maiores investimentos realizados nos projetos de transmissão em implantação no país.

Da dívida bruta total consolidada da Alupar, aproximadamente 42% foram utilizados em projetos que estavam em implantação.

Isso fez com que a empresa mantivesse uma alavancagem financeira saudável em vista da melhor geração de caixa operacional da empresa.

A empresa também está presente no segmento de geração de energia, por meio de concessões de 10 ativos de geração no país, incluindo:

  1. 4 usinas hidrelétricas com capacidade instalada acima de 30 MW;
  2. 5 pequenas usinas hidrelétricas com capacidade instalada abaixo de 30 MW;
  3. 1 complexo eólico com capacidade instalada de 98,7 MW.

Concorrentes Brasileiros da Alupar

O Sistema Interligado Nacional (SIN) é um sistema de geração e transmissão de energia elétrica gerenciado pelo ONS, sendo responsável por 98% do atendimento ao mercado de energia elétrica.

Confira o mapa do Sistema Interligado Nacional (SIN):

Sistema Interligado Nacional (SIN)
Fonte: ONS.

Para as empresas participarem do setor de transmissão de energia elétrica, elas devem assinar um contrato de concessão com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Assim, a ANEEL realiza o processo de licitações para a contratação do serviço público de transmissão através de leilões, sendo disputado por empresas nacionais, estrangeiras e Fundos de Investimentos.

Quando fechado o contrato de concessão, o vencedor do leilão ganha o direito de explorar as linhas de transmissão por 30 anos.

A Alupar vem participando dos leilões desde 1999, antes da criação da holding Alupar. Isso fez com que a empresa mantivesse grande relevância no segmento de transmissão no setor de energia elétrica.

Confira quais são as principais concorrentes da Alupar do setor de transmissão de energia:

EmpresaTickerExtensão das Linhas de Transmissão de Energia (Km)
EletrobrasELET371.153,60
Isa CteepTRPL418.500
TaesaTAEE313.579
AluparALUP117.874

Segundo a Aneel, a Receita Anual Permitida (RAP) é a remuneração que as transmissoras recebem pela prestação do serviço público de transmissão aos usuários.

Levando em consideração apenas as empresas privadas, a Alupar é considerada a maior empresa de transmissão de energia no país, em termos de Receita Anual Permitida (RAP).

Vantagens Competitivas da Alupar

Confira as vantagens competitivas da Alupar:

  • Forte know-how de construção da Alupar;
  • Otimização do layout do projeto;
  • Implementação do projeto;
  • Gestão de fornecedores.

Desvantagens Competitivas da Alupar

Confira as desvantagens competitivas da Alupar:

  • Risco hidrológico;
  • Redução da Receita Anual Permitida (RAP).

Participação de Mercado da Alupar

O setor de transmissão de energia brasileiro é dividido em 3 categorias:

  • Categoria 1: concessões anteriores a 1998;
  • Categoria 2: concessões entre 1999 e novembro de 2006;
  • Categoria 3: concessões após novembro de 2006.

Podemos perceber que as concessões da Alupar estão incluídas nas categorias 2 e 3, sendo de maior predominância a categoria 3.

Assim, a empresa detém uma participação de mercado de aproximadamente 6% no setor de transmissão, levando em consideração a Receita Anual Permitida (RAP) nas categorias 2 e 3.

Confira o Market Share da Alupar e de suas principais concorrentes no segmento de transmissão de energia elétrica brasileira:

EmpresaTickerMarket Share
State Grid-15%
TaesaTAEE312%
Furnas (subsidiária da Eletrobras)ELET39%
AluparALUP116%
Isa CteepTRPL45%
Equatorial EnergiasEQTL35%
NeoenergiaNEOE34%
Energias BrasilENBR33%
CopelCPLE63%
Outras privadas-19%

Podemos perceber que apenas as empresas State Grid e Furnas, respondem por uma grande parcela de mercado, cerca de 21% do mercado total de transmissão de energia elétrica nas categorias 2 e 3.

Desempenho Ações ALUP11

A ALUP11 apresentou baixa de 1,47% em 2020, enquanto o Ibovespa desacelerou -2,3% no mesmo período.

Desempenho Ações ALUP11
Desempenho ALUP11. Fonte: GuiaInvest.

Alupar Vale a Pena Investir?

A Alupar Investimentos é considerada a maior empresa privada em termos de Receita Anual Permitida (RAP).

Ao longo dos anos, a empresa conseguiu manter sua participação de mercado em seu segmento de maior relevância, o setor de transmissão.

A companhia tem diversos projetos em implantação, o que deverá agregar maior valor à empresa futuramente. 

Vale lembrar, que significativa parte dos ativos de geração e transmissão estão em fase de implementação, deixando a empresa mais exposta a riscos de execução.

Entretanto, a ALUP11 está sendo negociada abaixo do seu valor patrimonial, apresentando grande potencial de valorização no médio a longo prazo.

Quer investir nas melhores empresas pagadoras de dividendos e que estão sendo negociadas com DY acima do mercado?

Garanta a sua vaga na minha Carteira Seleção de Dividendos e receba o meu acompanhamento pessoal.

Veja o dinheiro entrando na sua conta sem você precisar trabalhar mais para isso.

É o seu dinheiro trabalhando para você e não você trabalhando pelo dinheiro.