Você sabia que é possível receber renda passiva com criptomoedas? O staking permite que os participantes colaborem com certos projetos e ganhem recompensas.

Assim como os investidores em ações com foco no longo prazo gostam de receber dividendos, agora também é possível obter renda passiva no mercado de criptomoedas.

Ao invés de deixar seus ativos parados, os holders de criptomoedas podem "travar" seus ativos e receber recompensas por isso.

Ficou interessado? Então continue a leitura para saber o que é staking, como funciona e quais moedas digitais que podem ser usadas no processo.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

O que é staking em criptomoedas?

Staking, também chamado de piquetagem, é o ato de "bloquear" uma parte das criptomoedas por um período de tempo como uma forma de contribuir para uma rede blockchain.  

Em troca, os apostadores podem ganhar recompensas, normalmente na forma de tokens da rede. 

O processo faz parte de um projeto de governança ou mecanismo de consenso da blockchain chamado de “proof-of-stake” (PoS) ou "prova de participação"

Portanto, o staking só está disponível com criptomoedas que usam a validação desse tipo para processar as transações.

Basicamente, o staking pode ser definido como o ato de usar seus tokens como forma de validar transações de uma rede ou delegar esse processo a um terceiro.

Durante o processo, as criptomoedas apostadas ficam bloqueadas na rede e o validador e quem contribuiu recebem recompensas.

Staking na Binance

Veja neste vídeo como funciona o Staking na Binance, vantagens, se vale a pena e os riscos do Staking alto da AXS.

Como funciona o staking em criptomoedas?

Os blockchain possuem diferentes mecanismos de consenso que estabelecem como a rede deve funcionar e a forma como adicionar novos blocos. Os dois principais são Proof-of-Work (PoW) e Proof-of-Stake (PoS). 

Proof-of-Work (prova de trabalho) é o modelo de mineração que requer um poder de computação considerável e maior consumo de energia.

É o caso, por exemplo, do Bitcoin (BTC) que já foi criticado devido a preocupações ambientais.

Os blockchains que trabalham com o staking funcionam com o chamado Proof-of-Stake (prova de participação). 

O PoS não é preciso resolver um quebra-cabeça matemático, o que torna as transações mais eficientes e com menos gasto de energia. É também o modelo de mineração mais acessível para pequenos investidores.

No Proof-of-Stake, os participantes que possuem moedas podem “aposta-las” para validar novas transações.

O próprio protocolo escolhe os validadores. Quanto mais criptomoedas você prometer, maior seu poder na rede e mais recompensas você ganha.

Os tokens piquetados atuam como uma garantia da legitimidade das transações.

Assim que o processo é concluído, novas criptomoedas são cunhadas e distribuídas como recompensas para o validador.

Durante o Staking você ainda tem o controle total de suas chaves privadas e fundos e é livre para cancelar a autorização ou sacar seus fundos de acordo com os requisitos de bloqueio de cada protocolo. 

De modo didático, pense que no Staking de criptomoedas como depositar dinheiro em uma conta poupança no sistema tradicional na qual o depositante recebe juros sobre seu valor aportado.

Como fazer staking de criptomoedas?

Para fazer um staking e ganhar renda passiva com criptomoedas, primeiro você precisa possuir ativos que usem o modelo de prova de aposta

Em seguida, você escolhe o valor que deseja apostar e a forma de staking.

Ele pode ser realizado de duas maneiras distintas: com o uso de uma wallet ou dispositivo físico específico ou de uma Staking Pool em exchanges de criptomoedas.

Para fazer Staking através da carteira (wallet), você deve conter as moedas armazenadas nela para fazer parte da mineração. 

Outra forma é por meio de muitas bolsas de criptomoedas que oferecem serviços de staking aos usuários. 

Nesse caso, o investidor aloca suas criptomoedas junto a um grupo de holders que unem recursos para aumentar as chances de validação dos blocos. Para isso, é necessário manter suas moedas na corretora.

Veja mais detalhes de cada uma dessas formas:

Staking Pool

Uma staking pool é um grupo de detentores de criptomoedas (holders) que combinam seus recursos e poder de staking para aumentar as chances de validação de blocos e receber recompensas.

Estas serão divididas entre os participantes da pool de acordo com as suas contribuições.

A ideia por trás do Staking Pool é semelhante a da mineração de proof-of-work, que permite que os usuários trabalhem em conjunto para extrair os blocos de criptomoedas.

A maioria das staking pools requer um saldo mínimo baixo e algumas não impõem restrições de tempo para saques, sendo ideal para pequenos investidores.

Entre as exchanges que oferecem essa opção está a Binance e a Kraken.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Cold Staking

Cold Staking é processo de staking em uma carteira (wallet) que não está conectada à internet. 

Isso pode ser feito usando uma carteira de hardware, que são carteiras físicas, semelhante a um pendrive onde as criptomoedas ficam armazenadas ou com uma carteira de software air-gapped.

Esse processo está disponível para redes que possuem suporte para Cold Staking.

Nesse caso, os usuários podem realizar Staking enquanto mantém seus ativos seguros offline. 

Caso o stakeholder remover suas moedas do armazenamento ele deixará de receber recompensas.

O cold staking é útil para aqueles que possuem grandes quantias do critpoativo e querem dar suporte ao funcionamento da rede.

Vantagens do Staking

O principal benefício de fazer o staking é ganhar mais criptomoedas enquanto ajuda a manter a segurança e a eficiência do blockchain. 

Os retornos passivos desse processo podem ser generosos. Em alguns casos é possível ganhar mais de 10% ou 20% ao ano.

Veja as principais vantagens do staking para os apostadores e para a rede:

  • Maneira fácil de ganhar juros sobre suas participações em criptomoedas;
  • Não precisa ter qualquer experiência ou conhecimento da parte teórica;
  • Investimento inicial baixo;
  • Não precisa de nenhum equipamento caro para piquetagem como é exigido para mineração;
  • Gasta menos energia e causa menos danos ao meio ambiente;
  • A segurança da rede é melhorada, pois ambas as partes têm interesse na integridade da rede;
  • Blockchains mais velozes e com maior escalabilidade.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Desvantagens e riscos do Staking

Como acontece com qualquer tipo de investimento, o staking também tem suas desvantagens e seus riscos. 

Embora os ativos em staking ainda sejam seus, pode haver um período mínimo de bloqueio no qual você não pode fazer nada com seus ativos, como, por exemplo, vendê-los.

Como os preços das criptomoedas são altamente voláteis, em caso de uma grande queda, nem sempre os juros compensam.

Para que você não tenha surpresas indesejadas nesse processo, conheça os principais riscos e desvantagens do staking: 

  • Risco de volatilidade das criptomoedas da rede;
  • Taxas de juros sofrem variações ao longo do tempo;
  • Staking pode exigir que você bloqueie suas moedas por um período mínimo de tempo;
  • Taxas divididas entre mais investidores, no caso do pool;
  • Risco de “slashing” no caso do validador, ou a pessoa terceirizada faça algo de errado. Nesta situação, a rede irá punir o validador retirando uma parte dos fundos.
  • Pode haver taxas associadas ao staking, principalmente se você fizer por meio de exchanges.

Quais criptomoedas permitem staking?

O staking é possível em altcoins que usam redes com o algoritmo de consenso de Proof-of-Stake (PoS).

Embora o Ether (ETH) ainda não faça parte dessa lista, sua esperada atualização do projeto para Ethereum 2.0 (ETH2) mudará seu método para prova de participação.

Veja os principais tokens para fazer staking e começar a ter rendimentos passivos:

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Staking e Empréstimos de Criptos

Além do staking, outra forma de ganhar mais dinheiro com criptomoedas é por meio dos empréstimos (lending).

Enquanto o staking é um mecanismo de incentivo e alocação de capital na rede, os empréstimos em cripto partem do mesmo pressuposto dos empréstimos tradicionais: dar dinheiro para aqueles que não têm com recebimento de juros.  

O lending é uma maneira de renda passiva atrelada ao mercado de finanças descentralizadas (DeFi) que pode ser realizado por meio de uma plataforma de criptomoedas centralizada ou descentralizada (DeX).

Os dois maiores riscos do empréstimo são o risco de GAP e o risco de custódia da plataforma.

O risco de GAP ocorre quando a garantia recebida pelo empréstimo passa a não compensar mais pelo valor que foi cedido.

Uma vez que a volatilidade do mercado pode fazer com que o preço do ativo caia consideravelmente abaixo do valor inicial.

Essas plataformas também são muito visadas por hackers e podem sofrer ataques, assim como com a má gestão, o que pode levar à perda dos fundos. 

Vale a pena fazer staking de criptomoedas?

O modelo de prova de aposta (Proof-of-Stake) tem sido benéfico tanto para o universo das criptomoedas quanto para investidores. 

As redes blockchain utilizam esse mecanismo podem processar um grande número de transações com custos menores. 

Já os investidores têm a oportunidade de participar do processo e obter recompensas através do simples armazenamento dos ativos.

Se você tem criptomoedas compatíveis com esse processo e não está planejando negociá-las em um futuro próximo, o staking pode ser uma alternativa. Contudo, ele não é isento de riscos.

Apenas participe de um staking de criptomoeda se você realmente acredita em um projeto e quer ajudá-lo a crescer.

Além disso, pesquise sobre o ativo digital, a quantia mínima para participar, recompensas e protocolos antes de iniciar.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".