A Polygon vai além de ser apenas mais um ativo digital. Ela é a primeira plataforma de  escalabilidade e desenvolvimento de infraestrutura e planeja ser o futuro da internet de blockchain.

Polygon é uma solução de dimensionamento de camada 2 construída no Ethereum. Ela foi projetada para ajudar na escalabilidade e infraestrutura do blockchain.

Isso é bastante útil, porque algumas das limitações atuais do Ethereum, como velocidade de processamento e custos de transação o impedem de possivelmente ultrapassar o Bitcoin (BTC) como a criptomoeda mais valiosa.

Uma vez que a rede Ethereum possui muito mais recursos.

Polygon também é uma plataforma onde os desenvolvedores podem lançar seus próprios blockchains e aplicativos descentralizados (dApps) em redes blockchain interconectadas.

O cofundador da Polygon, Sandeep Nailwal, diz que vê a empresa se tornando uma versão descentralizada da Amazon Web Services, braço de computação em nuvem da gigante do comércio eletrônico. 

As grandes ambições da Polygon fazem parte de um movimento no mundo das criptomoedas conhecido como “Web 3.0”.

Os investidores parecem reconhecer os esforços da rede e fazem suas apostas.

Recentemente a empresa de capital de risco Sequoia Capital liderou um investimento de US$ 450 milhões na Polygon na corrida para investir no que poderia ser o futuro da internet.

Conheça mais sobre a rede blockchain Polygon e seu token MATIC.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

O que é Polygon?

Polygon, anteriormente conhecido como Matic Network, é uma plataforma e estrutura de escalabilidade que permite construir e conectar redes Blockchain que sejam compatíveis com a rede Ethereum.

A rede também se refere a si mesma como “internet de blockchain”, uma vez que uma das principais missões da Polygon é agregar soluções escaláveis ​​para suportar um ecossistema multichain.

A Polygon se autodenomina uma rede de camada 2, o que significa que  foi construída usando as bases de outro blockchain. 

Neste caso, o blockchain Polygon foi construído em cima do blockchain Ethereum. 

Isso significa que ele empresta alguns recursos do Ethereum, como a segurança.

Mas também atua como uma camada complementar ao adicionar alguns recursos que melhoram a velocidade e o custo, em relação ao Ethereum. 

A plataforma permite que os desenvolvedores criem dApps escaláveis ​​e fáceis de usar com baixas taxas de transação sem nunca sacrificar a segurança.

O objetivo deste projeto é permitir e facilitar a criação de soluções escalonáveis, ajudando a Ethereum a expandir em tamanho, segurança, eficiência e utilidade.

Quem são os fundadores da Polygon?

Inicialmente chamada de Matic Network, a Polygon foi fundada em outubro de 2017 por Jaynti Kanani, Sandeep Nailwal e Anurag Arjun, os primeiros bilionários das criptomoedas da Índia.

Os três co-fundadores desenvolveram o Polygon para resolver os problemas associados às altas taxas de gás da Ethereum e à rede congestionada, conforme descrito no white paper original do protocolo.

A equipe por trás da Polygon é liderada pelos três fundadores, sendo Kanani o CEO interino. Além deles há Mihailo Bjelic, que ingressou na empresa logo depois que ela foi renomeada para Polygon e se tornou o quarto cofundador. 

A Polygon também já faz parceria com a Decentraland, Chainlink e MakerDAO

Seus investidores incluem Mark Cuban, o bilionário dono do time da NBA, o Dallas Mavericks e a empresa de capital de risco Sequoia Capital.

Antes de fundar a rede Polygon, a equipe já havia sido uma grande contribuidora no ecossistema Ethereum.

A equipe trabalhou na implementação do Plasma MVP, o protocolo WalletConnect e do mecanismo de notificação de evento Dagger amplamente usado no Ethereum.

Como a Polygon funciona?

Polygon é uma solução de segunda camada (L2) para a rede principal do Blockchain do Ethereum (L1). 

De maneira geral, a Polygon possui uma infinidade de sidechains, cadeias laterais que estão vinculados ao Blockchain L1, com o objetivo de desobstruir a plataforma principal.

Essas cadeias laterais são eficazes no suporte a muitos protocolos de Finanças Descentralizadas (DeFi) e servem para melhorar a velocidade ou recursos da cadeira principal.

Por conta dessa estrutura, a Polygon pode ser comparada a outras redes concorrentes, como Polkadot (DOT), Cosmos (ATOM) e Avalanche (AVAX).

A rede funciona por meio do Proof of Stake (PoS), ou prova de aposta, onde os membros validadores colocam seus tokens MATIC como garantia de capital para se tornarem parte do mecanismo de consenso. 

Em troca, recebem o token MATIC como bonificação.

Em vez de ser uma simples solução de escalabilidade, a Polygon usa uma variedade de tecnologias para ser uma plataforma inteira projetada para lançar blockchains interoperáveis.

Polygon SDK

Seu componente principal é o Polygon SDK, uma estrutura modular e flexível que suporta a construção de vários tipos de aplicativos compatíveis com Ethereum como sidechains e conectá-los ao seu blockchain principal.

Plasma Chains

A Polygon faz uso de uma tecnologia de escalabilidade chamada Plasma para movimentar ativos entre o blockchain-raiz e os chains provenientes por meio de pontes Plasma.

ZK-Rollups 

Uma solução alternativa de escalabilidade usada para agrupar um grande número de transferências fora da blockchain em uma única transação, usando provas de conhecimento zero (ZKP) para o registro público e final na blockchain principal do Ethereum.

Optimistic rollups

Semelhantes às Plasma Chains, as cadeias de rollup otimistas têm a capacidade de também dimensionar contratos inteligentes Ethereum.

Chain PoS

O blockchain principal do Polygon é um sidechain do Ethereum conhecido como Matic PoS Chain, que acrescenta uma camada de segurança proof of stake (PoS) aos blockchains lançados no Polygon.

Nela, os participantes da rede podem apostar em tokens MATIC para validar transações e votar na atualização da rede.

Essa tecnologia exclusiva permite que cada sidechain no Polygon alcance até 65.000 transações por segundo em uma única cadeia lateral (side chain).

A estrutura do Plasma fornece ainda ao Polygon o potencial de hospedar um número ilimitado de aplicativos descentralizados em sua infraestrutura. 

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Token MATIC

A rede Polygon também possui um token nativo, o MATIC, atualmente negociado a US$ 2,08, com um valor de mercado de US$ 15,26 bilhões, tornando-se a 15ª maior criptomoeda. 

O token MATIC tem uma oferta máxima de 10 bilhões de moedas, atualmente possui um fornecimento circulante de cerca de 7,46 bilhões de moedas, aproximadamente 75% da oferta máxima.

MATIC é um token executado no ERC-20 no blockchain do Ethereum usado para alimentar a rede e servir como um token de utilidade para a Polygon. 

Ele funciona como a principal moeda transacional da rede e como incentivo financeiro para quem deseja contribuir com o ecossistema. 

Ele também é usado como garantia em um processo chamado staking, que permite que os usuários participem do mecanismo de consenso da Polygon para validar transações em troca de tokens MATIC.

Histórico de preços do MATIC

Fundada na Índia como Matic Network em 2017, a Polygon cresceu nos últimos dois anos. 

Por muito tempo permaneceu na faixa dos US$ 0,02 até que em junho de 2021 saltou para incríveis US$ 1,40.

Variação preço token MATIC últimos 3 anos
Variação preço token MATIC últimos 3 anos. Fonte: Crypto.com

Seu preço ainda teria outra forte alta, chegando a US$ 2,83 no final de dezembro de 2021.

Desde então caiu um pouco, sendo negociada atualmente na faixa dos US$ 2,00.

Variação preço MATIC no último ano.
Variação preço MATIC no último ano. Fonte: Crypto.com

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Polygon (MATIC) vale a pena?

Polygon foi criada para facilitar um futuro em que blockchains diferentes não operam mais como comunidades próprias, mas sim como redes que se encaixam em um amplo ambiente descentralizado.

A Polygon prevê esse mundo verdadeiramente descentralizado sem fronteiras digitais.

Além da maior interoperabilidade, a rede acredita na web 3.0, sendo que seu objetivo a longo prazo é justamente apresentar um mundo em que usuários possam interagir com produtos e serviços descentralizados.

Mesmo com a atualização da rede Ethereum, chamada Ethereum 2.0 , que a tornaria mais rápida e eficiente, a Polygon não espera que isso seja uma ameaça e diz que projeta que a demanda por serviços de dimensionamento de blockchain permaneça forte.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".