O Que é Payroll e sua Influência na Bolsa de Valores
|

O Que é Payroll e sua Influência na Bolsa de Valores

Esse dado ajuda a entender como está a economia americana e seus reflexos no mundo.

Por
Atualizado em 03/08/2020
Avalie esse texto

Mesmo sendo um indicador da economia dos Estados Unidos, o Payroll pode influenciar nas operações na bolsa de valores brasileira, já que seus números afetam os investimentos no mundo todo.

No mercado financeiro existe uma série de indicadores importantes que servem para acompanhar o desempenho da economia e que afetam diretamente os investimentos.

No Brasil temos o PIB, o Ibovespa, a Taxa Selic, o IPCA, entre outros. Quando olhamos para a economia mundial, um dos principais indicadores macroeconômicos é o Payroll

O índice Payroll funciona como um termômetro da situação econômica norte-americana, mas que influencia a economia mundial, inclusive seus investimentos no Brasil.

Por isso, entender o que é e como analisar o Payroll é essencial para todos os investidores, mais ainda para os traders mais experientes e demais investidores com perfil arrojado

O Payroll divulgado no começo de abril mostrou os impactos reais da pandemia do coronavírus na economia americana.

De acordo com o relatório, 701 mil postos de trabalho foram perdidos em março de 2020, impacto parecido com o da crise de 2008.

Então, está pronto para saber o que é Payroll e como esse indicador americano influencia a economia mundial?

Veja como o Payroll funciona e sua importância para os investimentos no Brasil.

O que é Payroll?

O Payroll, também chamado de Nonfarm Payroll, é um indicador econômico que mostra o desempenho da atividade empregatícia nos EUA.

Traduzido como “folha de pagamento”, ele contém informações como taxa de desemprego, faixas salariais, setores que criaram mais vagas de trabalho, etc. 

Esses dados são relevantes para o direcionamento das políticas econômicas do FED (Federal Reserve), o Banco Central dos Estados Unidos e para o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano. 

Os números da economia norte-americana impactam também no mercado financeiro de diversos países devido ao seu grau de integração à economia global.

Vale destacar que esse indicador apresenta a folha de pagamentos não-agrícola norte-americana.

Portanto exclui atividades agrícolas, profissionais de organizações sem fins lucrativos, autônomos, militares e trabalhadores de agências e empresas governamentais.

O Payroll é um indicador mensal divulgado na primeira sexta-feira do mês, exceto em caso de feriado ou algum evento extraordinário que impeça sua publicação normal.

Nesses casos, é postergado para a segunda sexta-feira do mês. 

A agência governamental Bureau of Labor Statistics (BLS) é a responsável por lançar o relatório mensalmente às 8h30, horário de Washington, ou seja, 9h30 no horário de Brasília.

Banner will be placed here

Como funciona o Payroll

O Payroll é o principal indicador do mercado de trabalho dos Estados Unidos, representando cerca de 80% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

As principais informações apresentadas pelo relatório são:

  • Número de novos postos de trabalho criados;
  • Taxa de desemprego;
  • Setores que mais estão contratando;
  • Setores que mais estão demitindo;
  • Classe social mais afetada pelo desemprego;  
  • Faixa etária das pessoas empregadas e desempregadas; 
  • Região do país em que mais se gera empregos e a que mais sofre com o desemprego; 
  • Média salarial por hora trabalhada; 
  • Horas trabalhadas por semana.

Os números divulgados no Payroll são um termômetro para a economia americana.

Além de fundamentais para o cálculo do PIB (Produto Interno Bruto) também indicam os movimentos do governo sobre taxa de juros e outras iniciativas econômicas. 

A moeda americana é uma das mais influenciadas pelo resultado do Payroll e tende a se valorizar quando há um aumento médio do salário do trabalhador americano. 

Com base no payroll é possível também entender a situação das empresas norte-americanas, permitindo traçar os investimentos de maneira estratégica.

De forma geral, um resultado positivo indica de que a economia dos Estados Unidos está indo bem e que as companhias estão crescendo e contratando. 

Mais empregos representa mais poder de compra dos consumidores, aquecendo a economia local e, consequentemente, a mundial. Afinal, muitas empresas multinacionais.

Já resultados abaixo do esperado, indicam que o cenário econômico não está tão bem, seja por alta na taxa de desemprego, redução nos salários e menor crescimento econômico.

Como os Estados Unidos possuem uma das maiores economias mundiais e relações comerciais com diversos países ao redor do mundo, seus resultados geram reflexos em todo mundo.

Isso se estende ao Brasil e aos ativos ligados ou não aos Estados Unidos.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Principais impactos do payroll nos mercados mundiais

Os Estados Unidos possuem uma das maiores economias do mundo, assim, tudo o que acontece por lá acaba refletindo no comportamento do mercado financeiro no resto do mundo.

O Payroll, por sua vez, é um importante indicador da economia norte-americana e serve como base tanto para analisar a situação econômica atual quanto para fazer projeções futuras.

Devido a essa importância, os dados divulgados pelo relatório acabam influenciando diretamente o preço do dólar, negociações de ativos na Bolsa de Valores dos EUA, e a taxa de juros norte-americana.

Cotação do dólar

O dólar é o ativo mais influenciado pelo Payroll.

Em geral, números positivos tendem a valorizar a moeda americana, já que o maior número de empregos ou aumento do salário médio, por exemplo, estimulam a economia.

Enquanto isso, a divulgação de números negativos costuma ter impacto negativo.

Porém, esta não é a única responsável pela cotação do dólar, pois diferentes cenários e fatores também mexem com o dólar de formas diferentes.

Taxa de juros americana

O Federal Reserve (FED), espécie de Banco Central americano, ajusta a taxa de juros do país a partir do relatório payroll.

De forma resumida, a taxa de juros é responsável por acelerar ou desacelerar a economia. 

Operações nas bolsas americanas

O relatório também influencia as negociações nas bolsas de valores americanas, uma vez que números favoráveis podem confirmar uma expectativa do mercado e trazer otimismo.

Da mesma forma que números negativos podem indicar um momento de cautela nos investimentos. 

Cotação do ouro

Como o ouro é cotado na moeda americana, seu preço também é influenciado pelo relatório payroll.

De modo geral, quando a divisa sobe, o preço do metal se torna mais caro aos detentores de outras moedas.

Porém, caso não tenha uma maior demanda pela commodity, o ouro pode não acompanhar a valorização da moeda. 

Cotação do petróleo

Apesar de não influenciar sozinho na cotação do petróleo e do gás natural, ele contribui paras as flutuações desse mercado.

Um aumento do consumo reflete nos gastos com energia e combustível. Logo, pode ajudar a influenciar o preço do petróleo nos mercados mundiais.

Quais são os impactos do Payroll para os investimentos no Brasil?

Os resultados do Payroll impactam no ambiente econômico e financeiro mundial. Tanto que, no dia de sua divulgação, a bolsa de valores se comporta de maneira bastante volátil.

É fácil entender a razão disso:

O Payroll analisa o mercado de trabalho norte-americano. Este dado é a principal forma de medir a saúde econômica de um país.

Pois, quanto mais pessoas empregadas, mais dinheiro circulando e consequentemente, a economia se aquece. O contrário também é verdadeiro.

Além disso, estamos falando dos EUA, país que realiza negócios com economias do mundo todo, que representa um mercado importante na bolsa de valores. 

Normalmente, a divulgação do Non-Farm Payroll costuma ter um efeito imediato nos mercados do mundo inteiro, inclusive na Bolsa de Valores Brasileira (B3).

Esta movimentação se dá, principalmente, por conta da especulação do dólar.

Apesar da expectativa das reações do mercado em dia de Payroll, essa movimentação é forte apenas no curto prazo.

A tendência é que o mercado absorva os números e retorne ao seu curso natural.

Por isso, o Payroll não possui grande influência nos preços de um ativo no longo prazo.

Operar com base nos dados do Payroll só faz algum sentido para traders.

Seja para aqueles que investem nas companhias dos Estados Unidos, ou para os que operam no mercado futuro com mini índice como mini dólar.

Para aqueles que investem com foco no longo prazo, o indicador pode ser usado para entender os padrões e identificar possibilidades para o futuro. 

Portanto, o Payroll impacta nos ativos da bolsa brasileira no curtíssimo prazo, mas, no longo prazo, esses impactos são dissolvidos. 

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Dados recentes do payroll

Dados do Payroll divulgados no começo de abril demonstraram o impacto da pandemia do coronavírus na economia americana.

De acordo com o relatório, 701 mil postos de trabalho foram perdidos em março de 2020 nos EUA.

Número que se aproxima aos dos impactos da crise econômica mundial de 2008 onde mais de 800 mil postos de trabalho foram perdidos.

A taxa de desemprego em março de 2020 subiu de 3,5% para 4,4% e o número de pedidos do auxílio-desemprego nos Estados Unidos bateram o recorde, chegando a 6,8 milhões.

A partir de maio os números começaram a melhorar, demonstrando a retomada da economia.

Em junho a taxa de desemprego caiu 2,2 pontos percentuais, para 11,1%.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Conclusão

O Payroll é um indicador importante para analisar o momento da economia global.

Apesar de ser trazer diversos dados da economia americana e refletir nos mercados mundiais, seus efeitos sobre a bolsa de valores costumam ser momentâneos.

No dia em que um novo relatório de Payroll é divulgado, os especuladores atuam rapidamente tentando aproveitar a volatilidade do mercado.

Porém, após este breve período, a tendência é que o mercado financeiro absorva os dados do Payroll e volte ao seu movimento natural.

Para os investidores de longo prazo, os efeitos deste indicador são sentidos de maneira indireta.

Pois, assim como outros indicadores, acompanhar o que acontece no Brasil e no mundo vai te ajudar a identificar as melhores oportunidades de investimentos.

Se você pretende ser um investidor de sucesso, acompanhar o mercado deve se tornar uma rotina constante.

Por isso, continue acompanhando as principais notícias do mercado aqui no The Cap e aprenda como investir melhor. 

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais