O que é o Lucro por Ação (LPA) e Como Interpretar Sem Erro
| ,

O que é o Lucro por Ação (LPA) e Como Interpretar Sem Erro

Saiba o que é o Lucro por Ação (LPA) e como interpretar sem erro este indicador fundamentalista.

Por
Atualizado em 18/03/2020
Avalie esse texto

O Lucro por Ação (LPA) é um indicador fundamentalista muito útil para identificar as ações de empresas lucrativas na Bolsa de Valores.

Calculado a partir do lucro líquido, o LPA funciona como um ponto de partida para outras análises, e entrega, de antemão, se uma empresa gera lucro ou prejuízo.

Como o nome sugere, ele revela o valor de lucro que uma empresa gera para cada ação que circula no mercado.

O LPA é muito utilizado pelos investidores de longo prazo, que investem com mentalidade de sócio, porque é, ao lado de outros indicadores, um guia para investir em bons ativos na Bolsa de Valores.

Mas como calcular o LPA da ação?

Como analisar o lucro por ação na prática?

Que cuidados devem ser tomados para tomar decisões com base neste indicador?

Neste artigo, eu vou explicar para você por que considero o LPA importante, mas nunca o utilizo como único parâmetro uma análise fundamentalista.

Ao fim do artigo, eu garanto que você saberá como interpretar o LPA nas suas análises diárias.

Vamos juntos?

O que é o indicador LPA?

O indicador LPA (Lucro Por Ação) mostra o valor do lucro líquido de uma empresa pertencente a cada ação dessa companhia.

Para se chegar ao valor do LPA, basta dividir o lucro líquido da empresa em um determinado período de tempo pelo total de ações emitidas, o que inclui as ordinárias (ON) e preferenciais (PN).

Ele é muito utilizado na análise fundamentalista, porque mostra, desde o primeiro momento, se determinada empresa dá lucro ou prejuízo aos acionistas.

Por isso, é possível utilizar o indicador LPA como um parâmetro de comparação entre as empresas, desde que as empresas pertençam ao mesmo setor e ele não seja observado de forma isolada.

Banner will be placed here

Quando falamos em LPA, é comum encontrar três definições:

  • LPA corrente;
  • LPA atual;
  • LPA futuro.

As diferenças são óbvias. Observe:

Valor do LPASignificado
LPA CorrenteNúmeros da empresa do ano anterior.
LPA AtualNúmeros da empresa do ano atual com projeções futuras.
LPA FuturoProjeções dos números da empresa para os próximos anos.

Agora que ficou claro o que é o indicador LPA, eu vou te explicar como calcular o LPA de uma ação.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Como Calcular o LPA da Ação?

A fórmula do LPA é bastante simples:

  • LPA = Lucro líquido / Quantidade de ações em circulação

Para ter acesso a esses dados, você tem duas opções.

A primeira é consultar o Demonstrativo de Resultados e o Balanço Patrimonial da empresa, divulgados a cada trimestre.

A segunda é acessar sites e portais dedicados à análise fundamentalista, que entregam esses dados já calculados. 

Agora, vamos entender como calcular o LPA na prática.

Exemplo de Cálculo do LPA

Para trabalhar com um exemplo de cálculo de LPA, vamos supor uma empresa fictícia do ramo mineração, chamada Minérios Brasil.

Agora suponha que a Minérios Brasil tenha reportado lucro líquido de R$ 2 bilhões em 2019.

Acessando o Balanço Patrimonial da empresa, você descobre que há 1 bilhão de ações em circulação.

Portanto, o LPA será fácil de calcular:

LPA = R$ 2 bilhões / 1 bilhão

LPA = R$ 2,00

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Como Analisar o LPA da Ação

Agora que você já sabe como calcular o LPA de uma ação, chegou o momento de entender como analisar esse indicador.

Eu não posso falar pelos outros analistas, mas posso te explicar como eu entendo que o LPA deva ser analisado.

Eu costumo analisar o LPA de uma empresa olhando em um panorama histórico, e nunca como uma análise estática.

A análise estática pode ser comprometida por lucros não recorrentes, ou por mudanças no volume de ações em negociação.

Assim, a observação fica prejudicada.

Ao enxergar o LPA ao longo do tempo, eu consigo entender se o lucro por ação da empresa se mantém constante em meio a períodos de crise econômica ou de impacto por pandemias, como a do Coronavírus, por exemplo.

Para quem se importa com o longo prazo e deseja vencer na Bolsa de Valores tornando-se sócio de boas empresas, essa análise histórica é fundamental para o sucesso.

Outra utilidade do LPA, para mim, está na comparação entre empresas do mesmo setor, de preferência entre aquelas que concorrem entre si.

Mas, mesmo dentro dessa análise, é preciso atenção, porque o LPA não indica a rentabilidade da empresa.

É impossível saber, apenas pelo LPA, quanto a empresa gera de lucro a partir do seu capital social.

Eu dou preferência para empresas mais rentáveis – ou seja, que conseguem gerar mais lucro com menos capital investido. 

E esse indicador o LPA não mostra. Para entender a rentabilidade, é necessário analisar o ROE – Retorno sobre o Patrimônio Líquido.

Em tese, quanto maior o LPA, melhor para a empresa.

Mas essa regra não pode ser seguida ao pé da letra.

Assim como outros indicadores fundamentalistas, o LPA não pode ser analisado de forma isolada, sem considerar o contexto na qual a empresa está inserida e outros tantos indicadores.

Por isso, para mim, ele serve como um ponto de partida.

Isso porque ele indica, logo de cara, se a empresa está dando prejuízo ou lucro. 

Como eu não costumo investir em empresas que dão prejuízo, essa é uma utilidade inegável do LPA. 

LPA Negativo

O LPA negativo indica que a empresa está registrando prejuízo.

Ou seja: trata-se de uma empresa que não gerou lucro no período analisado.

Eu costumo evitar empresas desse tipo, porque procuro por empresas sólidas, que já se provaram no tempo, para investir com a mentalidade de sócio.

Uma empresa que gera prejuízo infelizmente não se encaixa nesta análise.

Mas é necessário analisar o panorama completo para tomar qualquer tipo de decisão definitiva. 

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

LPA da ITSA4

Agora que você já sabe como analisar o LPA, que tal observar o LPA de uma empresa de verdade?

Vamos começar pela Itaúsa (ITSA4/ITSA3).

O lucro líquido do resultado reportado pela Itaúsa no 4t19 foi de R$ 10,3 bilhões, 37% maior que no mesmo período do ano anterior.

Atualmente, a empresa tem 8,4 bilhões de ações sendo negociadas.

Isso nos leva ao cálculo:

LPA da ITSA4 = R$ 10,3 bilhões / 8,4 bilhões

LPA = 1,22

LPA da PETR4

Agora, vamos analisar o LPA da Petrobras (PETR3/PETR4), a maior empresa da Bolsa de Valores brasileira, a B3.

A empresa reportou lucro líquido de R$ 40,1 bilhões no último demonstrativo.

Já o número de ações em circulação no mercado é de aproximadamente 13 bilhões.

Portanto:

LPA da PETR4 = R$ 40,1 bilhões / 13 bilhões

LPA = 3,1.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Qual a diferença entre LPA e VPA

Além do Lucro por Ação (LPA), outro indicador bastante útil na análise fundamentalista é o Valor Patrimonial por Ação.

O VPA é calculado pela seguinte fórmula:

VPA = Valor do Patrimônio Líquido / Número de ações em circulação

Assim, o VPA indica quanto cada ação representa em relação ao Patrimônio Líquido da empresa.

Como você sabe, o Patrimônio Líquido inclui tudo que a empresa possui de valor, inclusive o capital dos acionistas.

Neste sentido, uma métrica muito utilizada para descobrir boas oportunidades na Bolsa de Valores é o indicador P/VPA, porque ele ajuda a identificar boas empresas a preços descontados, sobretudo em períodos de crise. 

Ferramenta de Análise Fundamentalista

Existem diversas ferramentas gratuitas hoje no mercado para fazer uma análise fundamentalista completa.

Um dos sites é o GuiaInvest, que além de permitir analisar todos os indicadores fundamentalistas. possui a ferramenta GuiaInvest PRO, que possui um indicador próprio chamado GI Score Line System.

Este indicador analisa mais de 15 indicadores fundamentalistas da empresa e mostra uma nota (score) para a empresa.

Abra aqui a sua conta gratuita na ferramenta GuiaInvest.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Qual a Importância do Indicador LPA?

Como você observou ao longo do texto, a importância do LPA está nas informações que esse indicador transmite ao investidor.

Para mim, o LPA serve como um dos pontos de partida que me guiam na análise, porque ele mostra se a empresa está gerando lucro ou prejuízo.

Além disso, o LPA também permite comparar empresas do mesmo setor, desde que seja acompanhado por outros indicadores, como o Índice Preço/Lucro (P/L) e o Preço sobre Valor Patrimonial (P/VPA).

Nenhum indicador fundamentalista pode ser utilizado de forma isolada, e a decisão de investimento deve sempre comportar uma observação completa sobre o cenário. 

Ao analisar o LPA, também é importante ficar atento a lucros não recorrentes e a mudanças no número de ações negociadas, porque essas alterações deformam a análise objetiva.

Quer conhecer algum outro indicador fundamentalista? Escreva nos comentários.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais