A Neoenergia (NEOE3) informou na quarta-feira, 11, através de fato relevante, que entrou em operação comercial o quinto e último trecho que compõe o empreendimento de Dourados.

O trecho possui 2 linhas com extensão total de 169 km, além de uma Subestação SE 230/138 kV. Esta entrega foi feita com antecipação de 12 meses em relação ao prazo contratual da Aneel. O lote de Dourados possui RAP anualizada de R$73,4 milhões.

Com esta entrega, a Neoenergia finaliza a entrega de todos os projetos arrematados no Leilão de Abril de 2017 com antecipação média de 15 meses em relação ao prazo Aneel e saving de capex de 19,67% em relação ao estimado originalmente pelo regulador.

Isto reforça, mais uma vez, a capacidade da Neoenergia em executar seu plano estratégico e o seu compromisso com a taxa de retorno dos projetos.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Neoenergia no Segundo Trimestre de 2021

O resultado da Neoenergia (NEOE3) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 20 de julho, apresentou um lucro líquido de R$ 1 bilhão no 2T21, uma alta de 137% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Neoenergia atingiu R$ 2,3 bilhões no 2T21, apresentando crescimento de 108% na comparação com o 2T20.

A Margem Ebitda da Neoenergia totalizou 23% no 2T21, apresentando crescimento de 6,3 pontos percentuais na comparação com o 2T20.

A Margem Líquida da Neoenergia atingiu 10% no 2T21, apresentando crescimento de 3,6 pontos percentuais na comparação com o 2T20.

As ações da Neoenergia (NEOE3) acumulam queda de 2,30% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 14,65% nos últimos 12 meses.

Informe o DDD + 9 dígitos