O que é NCG - Necessidade de Capital de Giro

NCG - Necessidade de Capital de Giro é um indicador financeiro que mostra se uma empresa possui capital de giro o suficiente para se manter operacional.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

A operacionalidade da empresa, por sua vez, diz respeito à capacidade desta de pagar seus funcionários, fornecedores e de produzir e comercializar mercadorias.

Para que uma empresa seja considerada financeiramente saudável ela precisa ter o seu NCG positivo. Em outras palavras, ela tem uma baixa necessidade de capital de giro.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Importância de calcular o NCG - Necessidade de Capital de Giro

Administrar uma empresa não é uma tarefa fácil, ainda mais se os administradores não tiverem experiência, conhecimento de finanças ou souberem fazer alocação de ativos.

Existem muitas variáveis que podem ser consideradas como indicadores para a saúde financeira de uma organização. E a NCG é uma das mais importantes.

Calcular o NCG dá aos administradores uma noção de qual é a real situação financeira da empresa. Algo que muitas vezes pode não ficar tão claro com outros indicadores.

Uma situação que não é incomum é a de empresários inexperientes que se deixam iludir por um alto faturamento e acabam desconsiderando os enormes gastos que estão tendo.

A empresa pode até estar lucrando, mas essa lucratividade ou é pequena demais, ou apenas uma consequência de condições sazonais da economia

Até porque existem ramos de negócio que dependem das condições ambientais para obterem sucesso na sua operação. O setor agrícola, por exemplo.

Por conseguinte, tendo em mãos os resultados do cálculo do NCG, as pessoas responsáveis pela empresa irão entender se as entradas e saídas de recursos estão equilibradas.

Cálculo do NCG - Necessidade de Capital de Giro

A primeira forma de calcular o NCG de uma empresa é com uma conta simples de subtração do prazo médio de recebimento pelo prazo médio de pagamentos de recursos financeiros.

Ou seja, o tempo que demora para a empresa ser paga pelos seus clientes é diminuído pelo tempo que ela tem para pagar as suas despesas mensais. 

Nesses momentos um cronograma de contas a pagar e contas a receber organizado se mostra uma ferramenta vital para a operação da organização.

A segunda forma de fazer isso é usando as informações do balanço patrimonial, subtraindo o Ativo Circulante Operacional pelo Passivo Circulante Operacional.

  • Ativo Circulante Operacional são os direitos da empresa relacionados às operações com clientes, despesas operacionais antecipadas, ICMS a recuperar, adiantamentos a fornecedores, estoques, e etc.;
  • Passivo Circulante Operacional são as obrigações da empresa relacionadas a atividades operacionais como salários a pagar, ICMS a recolher, provisões para IR, duplicatas a pagar e etc.

Em ambos os casos se objetiva estabelecer se o NCG da empresa é negativo ou positivo. 

NCG negativo

Um NCG negativo, por sua vez, indica que a empresa precisa aumentar o seu capital de giro. As razões para isso podem ser variadas, como:

  • Prazos de contas à pagar e receber em desarranjo;
  • Não existe entrada de recursos financeiros o suficiente;
  • A empresa está gastando mais do que o necessário.

Verificando-se alguma destas situações, é necessário traçar um plano para colocar as finanças da organização em dia, caso contrário, será necessário recorrer a empréstimos.

NCG positivo

Por outro lado, um NCG positivo, ou NCG superavitário, indica que as operações da empresa estão sendo bastante lucrativas.

E isso pode ser em decorrência de uma boa administração dos ativos e passivos, ou uma entrada muito grande de recursos que seja justificada por uma condição temporária.

Portanto, em todo caso é importante que os administradores saibam os motivos que estão levando a empresa a ter um NCG positivo.