Ao longo da história podemos encontrar grandes mulheres investidoras de sucesso que alcançaram resultados surpreendentes. Conhecê-las pode te inspirar a investir no mercado acionário também.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

As mulheres lideram a alta de investidores na B3. A participação feminina cresceu 38% em 2020, mas o número de investidoras ainda é baixo comparado aos dos homens.

Nos Estados Unidos as mulheres representaram 46,9% do total da força de trabalho nas finanças, de acordo com o Bureau of Labor Statistics

Há muitos exemplos de grandes investidores do sexo masculino, porém, ainda é muito difícil encontrar mulheres investidoras de sucesso que sejam lembradas no mercado financeiro.

Essa falta de modelos femininos é constantemente apontada como uma das principais barreiras que inibem as mulheres de investir.

Porém, existem diversas mulheres que desempenham papéis de liderança em finanças.

Essas mulheres investidoras de sucesso precisam ser lembradas e mostradas para o mundo.

Se antes o mercado financeiro era tratado como “coisa de homem”, mais do que nunca as mulheres estão mostrando como se faz.

Pesquisa da Warwick Business School mostra que elas têm um resultados melhores dos que eles.

Se você está em busca de modelos femininos, aqui estão 14 mulheres investidoras de grande sucesso que você precisa conhecer.

Muriel Siebert

Muriel "Mickie" Siebert ficou conhecida como a “primeira mulher das finanças” ao ser a primeira a ter um assento na NYSE (New York Stock Exchange).

Na época, para se tornar membro da Bolsa de Valores era preciso um “padrinho”.

Depois de ser recusada por nove homens, o décimo resolveu apadrinhá-la e operadora passou a deter o assento em 1967.

Foi também a primeira mulher a se tornar a superintendente de bancos do Estado de Nova York e umas das primeiras mulheres a comandar uma companhia membra da NYSE.

Em 1969, abriu sua própria empresa de investimentos, a Muriel Siebert & Company.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Oprah Winfrey

Oprah Winfrey cresceu em uma família pobre no Mississippi, sofreu violência doméstica, engravidou aos 14 anos e perdeu o bebê, entre outros traumas.

Porém, tinha uma grande ambição e um talento nato para a comunicação que a tornou a primeira mulher negra a entrar na lista Forbes de maiores bilionários do mundo.

Sua fortuna é estimada em US$ 3 bilhões.

Grande parte do seu patrimônio veio de suas participações na mídia, mas ela também teve muita sabedoria em reinvestir os lucros do seu programa “The Oprah Show” comprando participações em outras empresas.

Em 2015, comprou 10% das ações da Vigilantes do Peso (Weight Watchers International) por US$ 43 milhões.

As ações valorizaram e atualmente valem mais de 8 vezes o que ela pagou.

Oprah também lançou o canal de TV a cabo OWN, em parceria com a Discovery Communications.

Os principais setores que ela investe são mídia e entretenimento, saúde e bem estar, propriedades e setor imobiliário.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Geraldine Weiss

Conhecida como a “Grande Dama dos Dividendos”, Geraldine Weiss foi uma das primeiras mulheres a se destacar no setor financeiro, provando que as mulheres podiam ser investidoras de sucesso.

Após inúmeras rejeições de empresas de investimentos que zombavam da ideia de contratar mulheres além das funções de secretária, Weiss começou seu próprio boletim informativo, em 1966.

Para evitar mais discriminação de gênero em um mundo dominado pelos homens, passou a assinar seu boletim como "G. Weiss". 

Foi só em meados da década de 1970 que ela revelou sua identidade, após alcançar um histórico de sucesso consistente.

Atuou 37 anos como editora do Investment Quality Trends (IQT).  Suas análises do 

mercado de ações apareceram no The Wall Street Journal, Forbes, Fortune e The New York Times.

Ela foi a primeira mulher a ter uma licença de investimento e utilizava de uma estratégia de escolha de ações baseada em valor e orientada para dividendos de empresas blue chips.

As recomendações do boletim informativo tiveram retornos acima da média, ultrapassando até mesmo resultados de grandes nomes do mercado.

Abigail Johnson

Abigail Johnson é presidente e CEO da Fidelity Investments, uma das principais empresas de investimentos do mundo.

Filha do ex-presidente da Fidelity Edward C. Johnson III e neta do fundador da empresa, ela possui 24,5% da empresa.

Segundo a Forbes, sua fortuna é estimada em US$ 15 bilhões.

Além do grupo de investimentos, Abigail Johnson também é responsável por gerir a empresa que comanda as atividades internacionais do grupo, conhecida como Fidelity International (FIL).

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Abby Joseph Cohen

Economista e analista financeiro em Wall Street, Cohen se aposentou em 2018 como estrategista-chefe e presidente do Goldman's Global Market Institute, mas continua como consultora sênior de investimentos.

Ficou famosa por prever Bull Market americano na década no início da década de 90.

Lubna Olayan 

Olayan é CEO da Olayan Financing Company, empresa fundada por seu pai e uma das mais importantes da Arábia Saudita que participa ativamente de 50 empresas.

É também uma das maiores investidoras no mercado de ações saudita.

Olayan entrou na companhia no início dos anos 1980, quando não era socialmente aceitável que as mulheres sauditas trabalhassem.

Além de sua posição de destaque na empresa da família, ela também se tornou a primeira mulher em seu país a ser membro do conselho de uma empresa de capital aberto.

E a primeira mulher a fazer um discurso de abertura em uma grande conferência na Arábia Saudita.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Sallie Krawcheck

Considerada uma das mulheres mais bem-sucedidas de Wall Street é a atual CEO e cofundadora da Ellevest, uma consultora financeira digital dedicada às mulheres investidoras.

A empresa foi criada com o objetivo de diminuir a desigualdade entre homens e mulheres no mercado financeiro.

Antes disso, Sallie Krawcheck teve uma carreira e tanto.

Ela começou a trabalhar como analista de ações, depois se tornou CEO da Sanford C. Bernstein, Merrill Lynch, Smith Barney, US Trust e Citi Private Bank e presidente da divisão de investimentos do Bank of America.

Mellody Hobson

Mellody Hobson é a presidente da Ariel Investments, gestora de investimentos com mais de US$ 13 bilhões em ativos sob gestão.

Ela supervisiona a gestão, o planejamento estratégico e o crescimento de todas as áreas da Ariel.

Também preside o conselho de curadores uma parte da empresa que administra fundos mútuos de capital aberto. 

Hobson atua no conselho de muitas organizações como Starbucks, JPMorgan Chase & Co., Chicago Public Education Fund, DreamWorks Animation, Estee Lauder.

É a primeira mulher negra a ser escolhida como dirigente do Clube Econômico de Chicago.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Mary Callahan Erdoes

CEO do JP Morgan Asset & Wealth Management, supervisiona cerca de US$ 3 trilhões em ativos de clientes.

Durante sua carreira trabalhou para o Bankers Trust atuando em finanças corporativas, banco comercial e subscrição de dívidas, na Meredith, Martin & Kaye, uma empresa de consultoria especializada em renda fixa.

Ingressou no JP Morgan Asset Management em 1996 como chefe de renda fixa para pessoas físicas. Em março de 2005, ela foi nomeada CEO da JP Morgan Private Bank.

Debra Cafaro

Debra Cafaro é a CEO da Ventas Inc , um fundo de investimento imobiliário (REIT) da área de saúde com propriedades localizadas nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. 

Cafaro foi contratada como presidente e CEO em 1999 para resgatar o Ventas que estava à beira do colapso financeiro.

Graças ao brilhantismo de Cafaro, atualmente o Ventas Inc está avaliado em US$ 22 bilhões.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Laurene Powell Jobs

Laurene Powell Jobs é empresária e filantropa americana, além de diretora e fundadora da Emerson Collective, organização voltada à preservação ambiental e políticas de educação.

Além disso, é co fundadora e presidente do College Track, uma instituição que auxilia estudantes desfavorecidos do ensino médio a ingressar na universidade.

Viúva do cofundador da Apple, Steve Jobs, herdou bilhões de dólares em ações da Apple e da Disney.

Em 2017, ela comprou uma participação minoritária na controladora do Washington Wizards da NBA e do Washington Capitals da NHL.

Também adquiriu participações em vários meios de comunicação, incluindo a revista The Atlantic, California Sunday e Popup Magazine.

Estima-se que possui uma fortuna de US$ 20,8 bilhões. O montante a coloca na 59ª posição da lista de bilionários da Forbes.

Eufrásia Teixeira Leite

Eufrásia Teixeira Leite foi a primeira brasileira a investir na bolsa de valores.

Filha de barões de café, nasceu em 1850 na cidade de Vassouras, Rio de Janeiro.

Após a morte de seu pai, em 1872, ela e a irmã herdaram uma fortuna equivalente a 5% do PIB do café na época.

No ano seguinte, ela e a irmã deixaram o país e foram viver na França.

Foi em solo europeu que operou pela primeira vez na Bolsa, em 1873. Foi tão bem que multiplicou a fortuna que havia herdado de seus pais nas principais Bolsas do mundo.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Luiza Helena Trajano

Luiza Helena Trajano é a presidente do Conselho de Administração da rede de lojas varejista Magazine Luiza.

À frente da empresa desde 1991, coube a Luiza transformar a empresa familiar na gigante que é hoje.

Além de ter uma liderança visionária, a empresária batalha para promover os direitos das mulheres apoiando a igualdade de renda e gênero.

Desde o IPO, as ações da Magalu (MGLU3) valorizaram mais de 1.000%, enquanto o Ibovespa avançou 47% no mesmo período.

Com uma fortuna avaliada em R$ 24,7 bilhões, a bilionária é a mulher mais rica do país.

Cristina Junqueira

Cristina Junqueira é vice-presidente e cofundadora do Nubank, o maior banco digital do mundo, avaliado em mais US$ 10 bilhões.

Após passagem pelo Unibanco, pediu demissão por causa das divergências de ideias.

Foi então que surgiu a oportunidade de participar da criação de uma nova fintech, o Nubank.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Conclusão

Todas essas mulheres investidoras de sucesso estavam determinadas a assumir as rédeas de suas vidas e conquistar espaço no mercado financeiro.

Mesmo enfrentando percalços, não desistiram e chegaram lá.

O mercado financeiro ainda é muito masculino, mas a participação das mulheres vem crescendo e deve continuar aumentando conforme mais exemplos de investidoras de sucesso surgem.

Aproveite você também para iniciar sua trajetória rumo à independência financeira.

O mercado financeiro é lugar de mulher sim!