MRV Anuncia Recorde de R$ 1,8 Bilhão em Vendas em Prévia
| ,

MRV Anuncia Recorde de R$ 1,8 Bilhão em Vendas em Prévia

Em função da pandemia do COVID-19, a companhia optou por postergar para o 3T20 o início de grande parte das obras previstas para o 2T20.

Por
Atualizado em 07/07/2020
Avalie esse texto

A MRV Engenharia e Participações S.A. (MRVE3) apresentou nesta terça-feira (07), a Prévia Operacional do 2º Trimestre de 2020, apresentando um novo recorde histórico de vendas líquidas da Companhia, totalizando R$ 1,81 bilhão e 11.479 unidades vendidas, um crescimento de 37,4% em relação ao mesmo período de 2019 e de 8,4% no comparativo com o primeiro trimestre deste ano.

Além disso, a MRV reportou um maior volume de repasses da história da Companhia, totalizando 12.076 unidades no segundo trimestre, representando um aumento de 20,1% em relação ao 2T19 e de 78,8% frente aos três primeiros meses de 2020.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Também ocorreu no período um significativo aumento da Velocidade de Vendas (VSO – Vendas sobre Oferta), alcançando 19,7%, a maior marca desde quarto trimestre de 2017, equivalente a um aumento de 5,2 p.p no comparativo com o 2T19 e de 3,1 p.p frente o 1T20.

Lançamentos

Visando aproveitar o alto nível de estoque apresentado pela Companhia no início do ano, foi adotada uma estratégia de redução do volume de lançamentos no trimestre, priorizando o atendimento das praças menos abastecidas.

Outro fator que impactou os lançamentos foram as medidas preventivas de distanciamento social adotadas em meio à pandemia do COVID-19 durante o 2T20, em que as prefeituras municipais e os cartórios, essenciais ao processo de lançamento de nossos empreendimentos, foram forçados a adotar o regime de home office e/ou atendimento por agendamento.

Desta forma, o volume de lançamentos no trimestre atingiu a marca de 5.349 unidades, 20,4% abaixo do 1T20 e 51,7% abaixo do 2T19.

A Companhia entende que seu estoque já retornou a um patamar saudável e espera que a situação das prefeituras e cartórios se regularize nos próximos meses e, baseando-se no excelente momento de vendas observado nos últimos trimestres, pretende intensificar significativamente o volume de lançamentos no segundo semestre de 2020.

Geração de Caixa

Com a retirada da obrigatoriedade da participação da União no pagamento de parte dos subsídios do programa Minha Casa Minha Vida, que caberá exclusivamente ao FGTS até o fim de 2020, os repasses das vendas no 2T20 foram normalizados.

Com isso foi possível repassar um volume recorde de unidades no trimestre que, aliado ao número também recorde de vendas líquidas, permitiu à Companhia reportar uma robusta geração de caixa de R$ 210 milhões no 2T20.

A expectativa para o segundo semestre é de geração de caixa, considerando a manutenção da dinâmica de vendas fortes e alto volume de repasses.

Banco de Terrenos

A Companhia possui um robusto land bank, com terrenos de qualidade, capazes de sustentar o crescimento de sua operação e tem se mantido atenta às oportunidades de aquisição de novos terrenos neste momento, especialmente para empreendimentos com funding do SBPE e para a Luggo.

Produção

Em função da pandemia do COVID-19, a companhia optou por postergar para o 3T20 o início de grande parte das obras previstas para o 2T20.

Além disso, por determinação da legislação de alguns municípios e estados brasileiros, parte das obras da Companhia tiveram suas atividades temporariamente paralisadas no decorrer do trimestre, como parte das medidas preventivas de combate à pandemia.

Estes fatores impactaram negativamente a produção no trimestre, que totalizou 7.976 unidades, em linha com o 1T20 e equivalente a uma queda de 24,9% no comparativo com o 2T19.

Resultado da MRV Engenharia no Primeiro Trimestre de 2020

O resultado da MRV Engenharia (MRVE3) no primeiro trimestre de 2020 (1t20), divulgado no dia 28 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 125,8 milhões, queda de 36,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da MRV atingiu R$ 157,4 milhões no 1t20, apresentando retração de -17,7% na comparação com o 4t19.

A margem ebitda foi de 13,7%, uma retração de 17,7 p.p. quando comparado ao 4t19.

Já a margem líquida da MRV atingiu 8,3% no 1t20, apresentando retração de 3,5 p.p. na comparação com o 4t19.

As ações da MRV (MRVE3) acumulam alta de 8,52% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 4,01% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais