A Light (LIGT3), informou na sexta-feira, 07, através de fato relevante que, a Companhia e suas subsidiárias Light Serviços de Eletricidade e Light Energia tiveram suas classificações de risco de crédito alteradas pela Moody’s.

Em escala nacional, o rating foi majorado para A1.br (antes A2.br); na escala internacional, o rating foi reafirmado em Ba3. Em ambas as escalas, houve mudança de perspectiva para positiva (antes estável).

Resultado da Light no Quarto Trimestre de 2020

O resultado da Light (LIGT3) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 18 de março, apresentou um lucro líquido de R$ 235 milhões no 4t20, contra um prejuízo de -R$ 48 milhões em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Light atingiu R$ 974 milhões no 4t20, apresentando crescimento de 110% na comparação com o 4t19.

A margem Ebitda da Light totalizou 26,5% no 4t20, apresentando crescimento de 11,5 ponto percentual na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da Light atingiu 6,4% no 4t20, apresentando crescimento de 18,2 ponto percentual na comparação com o 4t19.

As ações da Light (LIGT3) acumulam queda de 3,42% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 82,56% nos últimos 12 meses.