Moody's Eleva Ratings de Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) para 'B3'
| , ,

Moody’s Eleva Ratings de Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) para ‘B3’

Na visão da Moody’s, a Azul terá sucesso em tirar proveito da recuperação por meio de sua posição única na maior parte de sua malha.

Por
Atualizado em 17/12/2020

A Moody’s elevou nesta quinta-feira os ratings da Azul (AZUL4) e da Gol (GOLL4) para ‘B3’ ante ‘Caa1’, bem como as respectivas perspectivas para estável, de negativa.

No caso da Azul, a agência de classificação de risco afirmou que a melhora na nota da dívida da companhia aérea foi motivada pelo tráfego de passageiros no Brasil melhor em relação às estimativas da Moody’s no começo da pandemia de coronavírus.

Banner will be placed here

“A capacidade da Azul de reduzir custos durante a pandemia que resultou em consumo de caixa menor do que o esperado e seu acesso comprovado aos mercados financeiros por meio da recente emissão de 1,7 bilhão de reais em debêntures conversíveis também apoia o upgrade”, afirmou.

Na visão da Moody’s, a Azul terá sucesso em tirar proveito da recuperação no mercado por meio de sua posição única na maior parte de sua malha, mantendo a liquidez em níveis adequados.

A agência também avalia que há um forte potencial para a companhia melhorar substancialmente as principais métricas de crédito para os níveis de 2019 até 2023.

No caso da Gol, a Moody’s destacou em relatório separado melhor desempenho operacional em comparação com a expectativa da agência no começo da pandemia, além de menor risco de ‘default’ no curto prazo.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

A agência destacou o reembolso do empréstimo a prazo garantido pela Delta e o refinanciamento bem-sucedido de outros instrumentos de dívida, como facilidades de capital de giro e debêntures do mercado local, que resultaram em um perfil de amortização de dívida mais confortável.

A capacidade da Gol de reduzir custos por meio de acordos firmados com funcionários e locadores que resultaram em uma redução melhor do que o esperado no consumo de caixa também se reflete no upgrade para B3, afirmou.

Resultado da Azul no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da Azul (AZUL4) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no dia 16 de novembro, apresentou um prejuízo líquido de -R$ 1,2 bilhão, com prejuízo de -R$ 453,8 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Azul atingiu R$ 198,2 milhões no 3t20, apresentando retração de -78,4% na comparação com o 3t19.

A margem Ebitda da Azul totalizou -32,0% no 3t20, apresentando crescimento de 48,8 ponto percentual na comparação com o 3t19. 

A Margem líquida da Azul atingiu -152,3% no 3t20, apresentando retração de -137,3 ponto percentual na comparação com o 3t19.

As ações da Azul (AZUL4) acumulam queda de 7,24% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 29,25% nos últimos 12 meses.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultado da Gol no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da GOL (GOLL4) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no dia 04 de novembro, apresentou um prejuízo líquido de R$ 1,7 bilhão, contra um prejuízo de R$ 242,0 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Gol atingiu um prejuízo de R$ 204,0 milhões no 3t20, versus um lucro de R$ 1,1 bilhão na comparação com o 3t19.

A margem Ebitda da Gol totalizou -20,9% no 3t20, apresentando retração de -51,6 pontos percentuais na comparação com o 3t19. 

A Margem líquida da Gol atingiu -176,4% no 3t20, apresentando retração de -169,9 pontos percentuais na comparação com o 3t19.

As ações da GOL (GOLL4) acumulam queda de 2,44% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 26,08% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Reuters.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE