Mindset Financeiro e Crenças Limitantes sobre Dinheiro
|

Como Mudar o Mindset Financeiro e Eliminar Crenças Limitantes sobre Dinheiro

Você pode estar se auto sabotando tornando o caminho para independência financeira mais árduo.

Por
Atualizado em 24/07/2020
Avalie esse texto

Eliminar as crenças sobre dinheiro e mudar seu mindset financeiro fará você prosperar nos investimentos e acelerar seu caminho para a liberdade financeira.

Muito do sucesso ou do fracasso de uma pessoa está relacionada ao seu mindset, ou seja, a sua mentalidade em relação a determinado assunto.

Diversas crenças limitantes podem estar enraizadas na sua mente. Sem que você perceba, elas prejudicam seu futuro.

Quando nos referirmos a dinheiro, essas crenças são evidentes.

Esses pensamentos equivocados sobre dinheiro impedem você de enriquecer.

Veja se já ouviu uma destas frases:

“O dinheiro é a raiz de todo mal”.

“Dinheiro não traz felicidade”.

“Todo rico é desonesto”.

Para não ser vítima dessas crenças é preciso mudar seu mindset financeiro e criar uma mentalidade correta sobre o dinheiro.

Todos nós carregamos crenças que inconscientemente tomamos como verdades absolutas. 

Porém, quando as levamos para uma reflexão mais profunda e racional, vemos o quanto são infundadas.

“O dinheiro não modifica o homem, apenas o desmascara.” – Henry Ford

Quantas crenças limitantes sobre dinheiro você carrega?

Aprenda a identificá-las e mudar seu mindset para se tornar um investidor melhor.

O que são crenças limitantes?

Crenças limitantes são frases, padrões, ensinamentos que ouvimos durante a vida e que tomamos, inconscientemente, como verdades absolutas.

Nossas experiências de vida, educação, cultura, ensinamentos dos pais e familiares, influências religiosas, experiências no mercado de trabalho, nos relacionamentos afetivos e amorosos, tudo isso constrói nosso mindset.

Muitos desses aprendizados passam a reger nosso comportamento. Com dinheiro funciona da mesma forma.

O modo com que lidamos com o dinheiro e a riqueza, geralmente, são aprendidos na infância e afetam a nossa vida financeira no presente.

Seja para o bem ou para o mal.

Portanto, se você tem uma crença negativa sobre dinheiro, inconscientemente tomará atitudes que te afastam da independência financeira.

Felizmente é possível remover essas crenças limitantes e mudar o mindset financeiro para prosperar.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital “Como Começar a Investir do Zero”.

Principais crenças financeiras limitantes

Existem muitas crenças sobre dinheiro e riqueza enraizadas em nossa sociedade. Veja algumas delas e faça uma análise de forma racional.

Dinheiro é a raiz de todo mal

Essa crença, basicamente isenta o ser humano da responsabilidade por seus atos e coloca a culpa em um terceiro, nesse caso, o dinheiro.

O dinheiro é só um pedaço de papel ou um registro eletrônico na sua conta que, sozinho, não fará nada.

É você que pode usá-lo para fazer coisas boas ou ruins.

Dessa forma, o dinheiro não muda ninguém, ele apenas revela quem a pessoa realmente é através do seu uso com boa ou má intenção.

Como o dinheiro por si só poderia ser ruim se com ele podemos alcançar a liberdade financeira e gerar oportunidades para outras pessoas?

Se você não nasceu rico, provavelmente nunca será rico

De acordo com o “Censo de bilionários de 2019” realizado pela consultora de mercado Wealth-X, 55,8% dos bilionários do mundo construíram a própria fortuna.

Outros 30,9% herdaram, mas ajudaram a aumentar a fortuna, enquanto 13,3% herdaram sua riqueza inteiramente.

Isso prova de nascer “em berço de ouro” não é determinante para sua riqueza.

Inclusive, não são raros os casos de herdeiros que perderam tudo.

Ganhar dinheiro é muito difícil

Um dos motivos que fazem alguns profissionais que agregam valor para os outros não conseguirem prosperar financeiramente é mentalidade errada de pensar que o dinheiro é algo extremamente árduo de ganhar.

Mas por que pensar assim se você faz o que gosta e ajuda pessoas a resolver problemas delas?

A resposta pode estar lá na infância e foi implantada silenciosamente pelos nossos pais.

Quem nunca ouviu dos pais coisas como:

“Meu dinheiro não dá em árvore”

“Não tenho dinheiro” 

Ou ouviu seus pais discutindo por causa das contas

É claro que eles não fizeram por mal, mesmo porque eles não sabiam que estavam nos condicionando a pensar de uma forma errada sobre dinheiro.

Não dá para ganhar dinheiro com o país do jeito que está

Mais uma vez estamos nos isentando e buscando culpar alguém ou alguma situação externa.

Independente do PIB, taxa Selic, inflação, cotação do dólar, crise econômica, Covid, cabe a você encontrar alternativas para prosperar.

As condições nunca serão as ideais. 

O mercado é cíclico. Há momentos de alta e de baixa.

Muitos bilionários da Bolsa ganharam dinheiro na crise.

Veja o exemplo de Irving Kahn que se tornou especialista em lucrar nas crises.

Dinheiro não traz felicidade

O dinheiro pode não trazer felicidade para aquelas pessoas que só buscam o dinheiro pelo dinheiro e ficam cegas para tudo e para todos.

Porém, para a grande maioria, dinheiro traz felicidade, sim!

Pense no dinheiro como uma ferramenta para criar a liberdade e realizar sonhos.

Quando pensamos em felicidade relacionamos com família, amigos, boa saúde, ver os filhos crescerem, etc.

Apesar de ter coisas que o dinheiro não compra, ele é um facilitador da felicidade.

Veja só:

O dinheiro te traz a liberdade para ter mais tempo com a família, para trabalhar com o que você realmente gosta, para tirar férias.

Ele ajuda a ter uma boa saúde, dá maior acesso a alimentação, práticas de exercícios físicos, atendimentos e tratamentos médicos.

Também permite dar uma boa qualidade de vida para seus filhos.

Tenho certeza de que isso te deixaria mais feliz.

Enriqueceu porque fez algo de errado

Existe uma crença de que ganhar dinheiro é algo ruim, de que toda pessoa bem-sucedida fez algo de errado para chegar lá ou é mau caráter.

Há inúmeros exemplos de milionários que construíram sua fortuna de forma honesta. 

Para estes, ter dinheiro não deve ser motivo de vergonha. Pelo contrário, se veio de algo genuíno, é motivo para se orgulhar.

Só se vive uma vez

Esta é uma crença limitante sobre dinheiro perigosa.

Gastar hoje como se fosse morrer amanhã põe seu futuro em risco.

E se você estiver vivo amanhã ou daqui a 10, 20, 50, 100 anos? Terá patrimônio suficiente para se manter?

Em situações normais uma pessoa pode viver por bastante tempo.

A expectativa de vida do brasileiro é em torno de 76 anos, no Reino Unido ela sobre para 81 anos.

Aproveite enquanto é jovem para construir um patrimônio que te proporcione tranquilidade financeira na sua aposentadoria.

Como mudar o mindset financeiro

Sejam quais forem as crenças financeiras, é possível derrubá-las e criar um mindset vencedor.

Veja algumas dicas para você abandonar velhos hábitos e construir novos padrões de comportamento que o levarão a uma vida mais equilibrada e feliz.

1- Crie uma consciência financeira

O primeiro passo para mudar o mindset financeiro e eliminar crenças limitantes é aprender a lidar com o dinheiro.

Mais do que conhecer seus números e ter um bom planejamento financeiro, é preciso quebrar os tabus sobre o dinheiro.

Enquanto ele for um estranho, algo que você trabalha o mês inteiro para conseguir, você tende a sofrer com ele.

As finanças devem ser assunto de família. Todos devem estar alinhados a um objetivo maior.

Converse abertamente sobre dinheiro com sua esposa, seu marido, seus filhos.

É importante criar uma relação positiva com o dinheiro, entender que ele é uma ferramenta que o ajudará a conquistar seus objetivos.

2- Foque nos benefícios futuros

Uma maneira de reprogramar o seu mindset para investimentos é visualizar seus objetivos financeiros.

Ao invés de pensar no dinheiro, foque nos resultados que ele pode entregar no futuro.

Quais são seus sonhos? Aquela viagem tão aguardada, um carro, uma casa, a faculdade dos seus filhos, uma aposentadoria tranquila?

Visualize essas metas e os mantenha vivos na mente.

Depois de se ver lá, comece a se planejar para tornar isso possível.

De quanto vai precisar para isso? Quanto precisa guardar por mês?

Utilize a calculadora para viver de renda para descobrir.

3- Busque conhecimento

O dinheiro faz parte da nossa vida, por isso, deve ser tratado como uma área importante e que precisa de constante aprimoramento.

Você irá mudar suas crenças financeiras quando entender como o mercado financeiro funciona, como o dinheiro te trará a independência financeira.

Não precisa se tornar um especialista, basta conhecer as ferramentas para construção de riqueza.

4- Não se apoie no histórico familiar

Que tipo de crenças você está carregando?

Talvez você nunca tenha tido um bom exemplo sobre como ser um gerir suas próprias finanças.

Ou venha de uma família humilde que não tinha muitas perspectivas de se tornar rico.

Pouco importa quais os motivos dessas crenças limitantes terem se instalado.

O mais importante é o que você decide fazer daqui por diante.

Livre-se de crenças limitantes e adote crenças construtivas, alinhadas aos seus objetivos. Seja o responsável pela sua vida e pelos seus resultados.

5- Inspire-se em quem chegou lá

Uma maneira de mudar a configuração da sua mente é seguir os exemplos de pessoas que são referência na área em que você deseja se desenvolver.

Logo, para aprender a investir melhor, conheça a trajetória e as estratégias dos grandes investidores da Bolsa de Valores.

6- Exercite a disciplina

Mudar um hábito não é fácil, exige muito esforço, principalmente para as crenças que já fazem parte da sua personalidade há anos.

Por isso, desenvolva a disciplina para criar hábitos que estejam de acordo com os seus objetivos financeiros.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital “Como Começar a Investir do Zero”.

Conclusão

Uma das principais qualidades das pessoas de sucesso está na sua cabeça. É o seu mindset.

Para ser um bom investidor e construir patrimônio, procure ter pensamentos de abundância e abandone vieses comportamentais.

Quer saber o impacto das crenças financeiras na sua vida?

Então responda a seguinte pergunta:

O que é o dinheiro para você?

Faça uma autorreflexão das suas principais crenças relacionadas ao dinheiro.

Tomar conhecimento de suas Crenças Financeiras é o primeiro passo para abandoná-las de vez.

O segundo passo é partir para a prática e começar a investir de forma inteligente, aplicando seu dinheiro em ativos que possibilitem que você viva de renda.

Para lhe ajudar a trilhar esse caminho, criei um livro digital para que você possa baixar agora e aprender como investir começando do zero.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais