Vários players do setor de criptomoedas disseram à CNBC que milhares de tokens digitais provavelmente entrarão em colapso. O número de blockchains existentes também deverá cair nos próximos anos.

Atualmente existem mais de 19.000 criptomoedas e dezenas de plataformas blockchain construídas usando a tecnologia subjacente de redes como o Ethereum.

O recente colapso da stablecoin algorítmica TerraUSD e seu token digital associado LUNA enviou ondas de choque pelo mercado e levantou a dúvida se todas as milhares de criptomoedas existentes sobreviverão.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

“Um dos efeitos do que vimos na semana passada com a questão do Terra é que estamos no estágio em que basicamente há muitas blockchains por aí, muitos tokens. E isso está confundindo os usuários. E isso também está trazendo alguns riscos para os usuários”, disse Bertrand Perez, CEO da Web3 Foundation, à CNBC no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, na semana passada.

“Como no início da internet, você tinha muitas empresas pontocom e muitas delas eram fraudes, e não traziam nenhum valor e tudo isso foi liberado. E agora temos empresas muito úteis e legítimas.”

Brad Garlinghouse, CEO da Ripple (XRP), disse que é provável que apenas “dezenas” de criptomoedas permanecerão no futuro.

“Acho que há uma questão sobre se precisamos ou não de 19.000 novas moedas hoje. No mundo fiduciário, há talvez 180 moedas”, disse Garlinghouse.

O diretor de investimentos do Guggenheim, Scott Minerd, acrescentou mais pessimismo na semana passada, quando disse que a maioria das criptomoedas é “lixo” , mas que o bitcoin (BTC) e o ethereum (ETH) sobreviveriam.

Os comentários da indústria vêm à medida que o mercado de criptomoedas continua a sentir pressão. 

O Bitcoin caiu mais de 50% em relação ao seu recorde que atingiu em novembro, com muitos outros tokens digitais bem abaixo de seus máximos de todos os tempos.

Muitas plataformas blockchain diferentes, de Ethereum a Solana, estão disputando uma posição de liderança no setor. Mas Brett Harrison, CEO da exchange de criptomoedas FTX US, disse que as centenas atualmente existentes não sobreviverão.

“Quando você pensa nas blockchains… provavelmente não haverá centenas de blockchains diferentes em 10 anos, acho que haverá alguns vencedores claros para diferentes tipos de aplicativos”, disse Harrison.

“E veremos o mercado... resolver isso com o tempo”, acrescentou.

Fonte: CNBC

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".