O que é mesa de operações

Mesa de operações é um local onde profissionais trabalham negociando ativos do mercado financeiro, recebendo e realizando ordens de compra e venda de ativos como ações, fundos, derivativos e commodities.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

As mesas de operações ou mesas de negociações como também são conhecidas, estão presentes na maioria das instituições financeiras, incluindo bancos, corretoras e gestoras de investimentos.

É importante destacar, que as mesas de operações também podem auxiliar clientes na localização de oportunidades e estruturação de operações por meio dos serviços de assessoria de investimentos.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Quem trabalha em uma mesa de operações

Em geral, os profissionais que atuam em uma mesa de operações possuem formação em administração e áreas correlatas e uma série de cursos voltados ao universo financeiro e dos investimentos.

Os profissionais que atuam em mesas de operações costumam contar com cursos como CPA-10 e CPA-20 da ANBIMA, dentre outras especializações.

Quem atua em uma mesa de operações precisa ter amplo conhecimento do mercado financeiro e na maioria dos casos especialidade em um segmento ou grupo de ativos do mercado.

Quem utiliza uma mesa de operações

Antes da chegada e difusão do home broker facilitando a realização de operações, as mesas de operações eram as grandes responsáveis por receber e executar ordens no mercado financeiro e de investimentos.

Contudo, após a expansão dos serviços de home broker a demanda nas mesas de operações foi reduzida ficando restrita praticamente aos grandes investidores.

Grandes investidores buscam o apoio de mesas de operações por diversos motivos, dentre eles:

  • Atendimento personalizado e exclusivo;
  • Acesso a especialistas em diferentes segmentos e ativos;
  • Investimento com o apoio de profissionais especializados;
  • Maior variedade de ativos à disposição do investidor;
  • Acesso a softwares avançados de negociação e sistemas integrados.

Vale destacar que em geral as operações via mesa de operações possuem maior custo para o investidor, pois demandam que as corretoras e instituições financeiras mantenham especialistas à disposição dos clientes durante os pregões da Bolsa de Valores.

Tipos de mesa de operações

Embora existam mesas de operações generalistas, é comum encontrar mesas específicas e separadas por área de atuação, dentre elas:

Mesas de renda variável: Nas mesas de renda variável os investidores encontram especialistas em ativos como ações, fundos imobiliários e derivativos, ou seja, ativos da chamada renda variável.

Mesas de renda fixa: Por sua vez, as mesas de renda fixa contam com especialistas em títulos do governo, LCIs, LCAs, CDBs e debêntures, ou seja, ativos classificados na chamada renda fixa do mercado financeiro.

Mesas cambiais: Existem ainda, as mesas cambiais que auxiliam investidores na compra, venda e negociação de moedas estrangeiras ou outros ativos relacionados ao mercado de câmbio.

Mesa de commodities: Por fim, temos as mesas de commodities, formada por profissionais com experiência na negociação de títulos e ativos físicos, como metais, petróleo, produtos agrícolas, dentre outros.

Importância da mesa de operações

As mesas de operações cumprem um importante papel para o funcionamento do mercado financeiro, fornecendo apoio e orientação para que investidores possam realizar suas transações com total segurança e apoio especializado.

Por sua vez, as mesas de operações também podem atuar na execução de ordens de compra e venda instantâneas, auxiliando investidores que pretendam explorar oportunidades de arbitragem com diferenças de curtíssima duração nos preços dos ativos.

Devido às suas características, as mesas de operações fazem sucesso entre grandes investidores e investidores institucionais como empresas e bancos.

Custos para investir via mesa de operações

Cada instituição financeira e corretora possui o seu próprio tarifário e forma de cobrança para operações via mesa de operações.

Dentre as formas mais comuns de cobrança pela utilização deste tipo de serviço, estão a cobrança em percentual sobre o valor da operação e as operações com taxa fixa.