O que é Market Perform

Market Perform é um termo utilizado no mercado financeiro para indicar que o desempenho de uma ação ou outro tipo de investimento ocorreu em linha com a média do mercado.

Os investidores sempre esperam que as suas aplicações no mercado financeiro alcancem uma rentabilidade superior à média dos principais índices do mercado.

No entanto, o resultado acima da média nem sempre é alcançado, ficando por vezes em Market Perform, ou seja, na mesma média do mercado.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Market Perform e suas variações

Como destacado anteriormente, o termo market perform é utilizado para fazer referência a um ativo ou carteira que performou na mesma média do mercado de capitais ou que um índice.

No entanto, também existem situações onde os ativos performam acima ou até mesmo abaixo da média do mercado.

Outperform: Quando ativos performam acima da média do mercado, estamos diante de um outperform, condição desejada por todo e qualquer investidor que deseja multiplicar o seu patrimônio ao longo dos anos.

Underperform: Por sua vez, quando determinados ativos apresentam performance abaixo da média, temos um underperform, resultado que nenhum investidor gosta de ter em sua carteira de ativos.

É importante destacar que o market perform é uma análise relativa, afinal a comparação não é feita olhando para o desempenho de um mercado como um todo, mas apenas com base em um índice ou um conjunto de ativos específicos.

Market Perform e índices da Bolsa de Valores

O desempenho de uma ação ou de outros ativos do mercado de capitais é geralmente medido com base em indicadores padronizados e definidos pela bolsa de valores.

No Brasil, temos diferentes índices que visam medir o desempenho do mercado de capitais e seus ativos, sejam como um todo ou de forma setorial. 

O índice mais conhecido e utilizado por analistas e investidores é o Ibovespa, no entanto existem muitos outros:

  • Índice Brasil 50 (IBrX-50);
  • Índice Brasil (IBrX-100);
  • Índice Brasil Amplo (IBrA).
  • Índice de Governança Corporativa Trade (IGCT);
  • Índice de Ações com Tag Along Diferenciado (ITAG);
  • Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada (IGC);
  • Índice de Governança Corporativa – Novo Mercado (IGC-NM).
  • Índice de Energia Elétrica (IEE);
  • Índice Setorial de Telecomunicações (ITEL);
  • Índice Valor BM&FBOVESPA (IVBX-2);
  • Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE);
  • Índice do Setor Industrial (INDX);
  • Índice Small Cap ( SMLL);
  • Índice Mid-Large Cap (MLCX);
  • Índice Carbono Eficiente (ICO2);
  • Índice de Consumo (ICON);
  • Índice Imobiliário (IMOB);
  • Índice Financeiro (IFNC);
  • Índice de Materiais Básicos (IMAT);
  • Índice utilidade Pública ( UTIL);
  • Índice de Dividendos (IDIV).

Na prática, analistas e investidores podem utilizar qualquer um dos índices listados acima para determinar a performance dos seus ativos, classificando-os em market perform, underperform ou outperform.

Além dos índices listados acima, existem também índices utilizados frequentemente no mercado internacional, dentre eles:

  • Dow Jones (Estados Unidos);
  • S&P 500 (Estados Unidos);
  • Nasdaq (Estados Unidos);
  • Shanghai (SSEC) (China);
  • SZSE Component (China);
  • Nikkei 225 (Japão);
  • DAX (Alemanha).

Implicações da classificação Market Perform

Analistas classificam ativos e medem seus respectivos desempenhos com o objetivo de reduzir os riscos do mercado para seus clientes, lhes indicando se vale a pena comprar, manter ou vender um ativo.

Para facilitar o entendimento sobre o assunto, podemos apresentar um exemplo:

Se o mercado de telecomunicações estiver em baixa, uma ação de empresa atuante no setor de telecomunicações pode ser avaliada como market perform em relação ao ITEL. 

No entanto, é provável que sua performance esteja baixa, ou seja em underperform em relação a ativos de outros setores, ou mesmo em relação ao índice Ibovespa.

Como é possível observar, o resultado da classificação sempre dependerá de um índice balizador que servirá de parâmetro comparativo para medir o desempenho de um ativo ou até mesmo de uma carteira de ativos.