O que é Margem EBITDA

Margem EBITDA

O que é Margem EBITDA. Entenda melhor o conceito de Margem EBITDA e descubra sua importância!

O que é Margem EBITDA

Margem EBITDA é um indicador operacional de rentabilidade, responsável por comparar o EBITDA da empresa com sua receita líquida obtida no período.

Ela possui um papel muito importante na análise fundamentalista da empresa, uma vez que indica a capacidade do negócio de gerar lucro com suas operações, desconsiderando elementos essencialmente financeiros, como a depreciação e amortização.

Dessa maneira, a Margem EBITDA se mostra como critério chave para uma boa análise da eficiência operacional da empresa, e também de sua saúde financeira

Uma margem EBITDA muito baixa significa que a companhia carece de eficiência em seus processos operacionais, enquanto que uma margem alta representa justamente o contrário. 

Banner will be placed here

Margem EBITDA e EBITDA

A sigla EBITDA vem do inglês “Earning Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization”, e é conhecida no Brasil como LAJIDA: Lucros Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização. 

Como o próprio nome diz, o objetivo do EBITDA é analisar a lucratividade operacional da empresa, de modo a desconsiderar suas operações de cunho essencialmente financeiro, como juros, imposto de renda, depreciação e amortização.

Desse modo, ele busca indicar a capacidade de geração operacional de caixa do negócio. Isto é, o quanto a empresa é capaz de gerar lucro sem levar em consideração seus investimentos e compromissos financeiros

A margem EBITDA, por sua vez, é responsável por comparar o valor do EBITDA com a receita da empresa, demonstrando se o valor de lucro obtido nos processos operacionais está apresentando um bom desempenho. 

Entretanto, cabe mencionar que, justamente por não utilizar valores financeiros para o cálculo, a Margem EBITDA não é capaz de rastrear companhias com problemas de endividamento.

Nesse sentido, é sempre importante que se busque analisar diversos indicadores de desempenho da empresa, de modo que tanto os gestores quanto possíveis investidores tenham uma compreensão aprofundada do negócio.

Cálculo da Margem EBITDA

Todas as informações necessárias para o cálculo do EBITDA estão disponíveis nos relatórios contábeis da empresa. 

Entretanto, essas informações não se concentram somente na Demonstração de Resultado do Exercício (DRE), mas também estão dispostas em seu Balanço Patrimonial. 

Vale lembrar que, de acordo com a Lei Nº 6.404, empresas de capital aberto devem divulgar seus relatórios contábeis, de modo a promover transparência com investidores interessados.

Coletados os valores necessários, deve-se realizar a seguinte fórmula para obter o valor do EBITDA de uma empresa: 

EBITDA = Lucro Líquido + Imposto de Renda + CSLL + Resultado financeiro líquido + Depreciação + Amortização

O resultado obtido é referente ao LAJIDA. Contudo, ainda é necessário que pensemos na maneira de calcular a Margem EBITDA. Sua fórmula é dada por: 

Margem EBITDA = EBITDA / Receita Líquida

O resultado permite diversas comparações, seja entre empresas do mesmo setor, ou até mesmo da evolução da mesma empresa ao longo dos anos. 

Importância da Margem EBITDA

A realização do cálculo da Margem EBITDA é de extrema importância para uma empresa. Além dos benefícios, ela também auxilia muito na tomada de decisão por parte de gestores e de investidores. 

Essa importância se dá devido ao papel que a Margem EBITDA possui em indicar a eficiência operacional do negócio, e também de evidenciar a rentabilidade que o mesmo apresenta.  

Isso porque ela permite uma visualização aprofundada da capacidade lucrativa da empresa, antes de deduções que não estão necessariamente ligadas ao processo comercial. 

Ou seja, esse índice demonstra os resultados da empresa que não estão obrigatoriamente ligados às decisões administrativas tomadas, como a composição do capital da empresa, seu endividamento, etc. 

Isso permite que os gestores identifiquem o quanto estão conseguindo transformar sua receita em lucros essencialmente operacionais, ou seja, lucros que são fruto da produção e venda da empresa. 

Além disso, investidores interessados em ações utilizam a Margem EBITDA como guia para avaliar a saúde financeira da organização. 

Isso os permite colocar capital em negócios com maior eficiência operacional e maior capacidade de geração de lucros, já que quanto maior o EBITDA, melhor os resultados obtidos pelo investidor.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE