Após o colapso das criptomoedas TerraUSD e LUNA, os administradores responderam durante a noite pausando a rede e depois retomando-a.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Mas o movimento não conseguiu conter a queda da LUNA, que foi a zero.

A Terraform Labs, a empresa por trás do projeto, desligou completamente a rede, de acordo com os "validadores" que supervisionam as transações.

A empresa disse no Twitter  que está tentando elaborar um plano para salvar o projeto e que atualizará os investidores preocupados em breve.

Antes de ser desfeita, a TerraUSD era a terceira maior stablecoin do mundo, um tipo de criptomoeda projetada para sempre valer US$ 1. 

As stablecoins são amplamente utilizadas por investidores de criptomoedas como locais para armazenar dinheiro enquanto negociam.

TerraUSD "se desvinculou" do dólar no fim de semana durante um período turbulento para ativos digitais e mercados financeiros em geral.

As fraquezas no design do token provocaram uma perda de confiança no projeto, que também derrubou sua criptomoeda irmã, LUNA.

O TerraUSD foi negociado pela última vez em torno de US$ 0,15 na manhã de sexta-feira, longe da marca de US$ 1. 

A capitalização de mercado da stablecoin caiu de US$ 18,6 bilhões para menos de US$ 2 bilhões em uma semana.

Já a Luna despencou efetivamente 100% de mais de US$ 80 por token há uma semana para zero na sexta-feira, destruindo cerca de US$ 28 bilhões em valor em questão de dias.

Fonte: Business Insider

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.