A JHSF (JHSF3), dona do shopping Cidade Jardim e da rede Fasano, apresentou lucro líquido de R$ 254,6 milhões no quarto trimestre de 2021, expansão de 33,4% ante o mesmo período de 2020, conforme balanço publicado nesta quinta-feira, 24.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 264,3 milhões, crescimento de 11,6% na mesma base de comparação.

Mas a margem Ebitda recuou 6 pontos porcentuais, para 54,7%. A receita líquida totalizou R$ 483,3 milhões, alta de 23,9%.

O principal gerador de lucro para a JHSF no quarto trimestre foi o negócio de incorporação imobiliária, com um Ebitda de R$ 215,7 milhões.

Na sequência vieram os braços de shoppings e varejo online (R$ 28,6 milhões), hotelaria e restaurantes (R$ 24,0 milhões) e o aeroporto (R$ 4,0 milhões).

O resultado financeiro (saldo entre receitas e despesas financeiras) ficou negativo em R$ 28 milhões, revertendo saldo positivo de R$ 4 milhões um ano antes.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

A companhia pagou mais juros devido à elevação dos indexadores de dívidas (CDI e IPCA) e teve um aumento na dívida bruta.

Houve ainda uma despesa não recorrente de R$ 37 milhões a cotistas de fundo encerrado em julho.

A JHSF encerrou o quarto trimestre com caixa líquido de R$ 80,6 milhões, recuo de 64% em um ano.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

A dívida bruta cresceu 26,1%, para R$ 1,977 bilhão, mas houve aumento dos recursos em caixa e das contas a receber.

Fonte: Estadão Conteúdo.