O DappRadar prevê que 80% dos aplicativos de finanças descentralizadas (DeFi) podem desaparecer se o "inverno cripto" durar um ano, de acordo com um relatório da Bloomberg.

"Os dapps DeFi nunca passaram por isso", disse Pedro Herrera, analista de dados sênior da rastreadora DappRadar.

"Eles sofreram travamentos, mas isso parece prolongado. Provavelmente 20% dos aplicativos que detêm 80% do valor da indústria sobreviverão", disse ele.

Já os protocolos que não são amplamente usados ​​podem desaparecer, prevê.

Embora o declínio de 50% do Bitcoin (BTC) de uma alta histórica alcançada em novembro tenha conquistado a maioria das manchetes, o recente colapso no mundo dos ativos digitais foi especialmente difícil para DeFi's.

Muitos dos tokens usados ​​nesses protocolos como Aave, Compound e MakerDAO, foram atingidos ainda mais nas últimas semanas.

O setor de finanças descentralizadas ainda é muito novo, surgiu há cerca de 18 meses, é assolado por liquidações, saídas de desenvolvedores e um êxodo de usuários. 

Os aplicativos DeFi são aqueles que imitam os bancos tradicionais nos quais os usuários podem negociar, emprestar e emprestar moedas digitais entre si, sem o uso de intermediários.

Atualmente, existem aproximadamente 150 aplicativos descentralizados relacionados ao DeFi, ou dapps, que detêm cerca de US$ 107 bilhões em fundos de usuários.

O valor é cerca de US$ 30 bilhões a menos do que no início de 2021, de acordo com a DappRadar.   

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Angústia no ecossistema DeFi

Os protocolos DeFi começaram a mostrar sinais de estresse em meio à crescente preocupação com o aumento do escrutínio regulatório, já que a maioria dos projetos nem verificam as identidades dos usuários. 

A recente queda nos valores das criptomoedas desencadeou um efeito cascata de liquidações de empréstimos, com quase US$ 300 milhões em ativos liquidados em protocolos DeFi na última semana, de acordo com o rastreador de dados do setor Dune Analytics. 

Aplicativos DeFi baseados em Ethereum, como Aave, Compound e MakerDAO, processaram um recorde de US$ 200 milhões em liquidações entre 22 e 24 de janeiro, de acordo com o relatório.

Já a rede de Solana enfrentou congestionamentos à medida que os comerciantes se aglomeravam em torno de ordens de liquidação.

O uso de dapps DeFi está diminuindo, com carteiras de usuários ativas interagindo com os principais aplicativos caindo 20-30% nas últimas duas semanas, disse.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.