Larry Page e Sergey Brin: A Trajetória dos Fundadores do Google
|

Larry Page e Sergey Brin: A Trajetória dos Fundadores do Google

Como dois estudantes criaram o site de busca mais famoso do mundo.

Por
Atualizado em 14/10/2021

Quando Larry Page e Sergey Brin se juntaram na Universidade de Stanford para criar o Google (GOGL34), não tinham ideia de que revolucionariam a internet no mundo.

O buscador é tão presente na vida moderna que dar um ‘google’ virou sinônimo de pesquisar algo na internet.

Em torno do site de buscas está um império de bilhões de dólares arrecadados com anúncios e produtos como YouTube, Android, Chrome, Waze, Google Maps, Translate, Drive, Analytics, entre outros.

De estudantes, Brin e Page se tornaram bilionários. 

Embora não estejam mais no comando da gigante Alphabet, controladora do Google, ainda são acionistas controladores e membros do conselho.

Conheça mais da trajetória de Larry Page e Sergey Brin e a criação do Google.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Quem é Larry Page

Larry Page é um cientista da computação e empresário cofundador do Google, junto com Sergey Brin.

Os dois estudantes de Ph.D. de Stanford criaram o Google em 1998.

Page foi o primeiro CEO da empresa, cargo que ocupou até 2001, quando Eric Schmidt assumiu.

De 2011 até 2019 tornou-se CEO da nova empresa controladora do Google, a Alphabet.

Embora tenha deixado o cargo, ele continua sendo membro do conselho e acionista controlador.

Seu patrimônio líquido é estimado pela revista Forbes em US$ 117,9 bilhões, o que o coloca na oitava posição das pessoas mais ricas do mundo em 2021.

Trajetória de Larry Page

Lawrence Edward Page nasceu em 26 de março de 1973, na cidade de Lansing, no estado do Michigan, Estados Unidos.

O gênio por trás do Google nasceu em uma família judia de programadores.

Seu pai, Carl Victor, obteve um PhD em ciência da computação pela Universidade de Michigan em 1965. Depois, começou a dar aulas na mesma instituição.

Sua mãe, Gloria, era instrutora de programação de computadores.

Em sua casa, Page tinha amplo acesso a livros e revistas de tecnologia, o que fez com que sua paixão por computadores começasse cedo, aos seis anos. 

Desde então, todos seus estudos foram direcionados a essa área.

Ao fim do ensino médio, Page seguiu os passos do pai e se formou em Engenharia da Computação na Universidade do Michigan

Depois, fez doutorado em Ciência da Computação na Universidade Stanford, onde conheceu Sergey Brin.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Quem é Sergey Brin

Sergey Brin é um cientista da computação e empreendedor, cofundador do Google com Larry Page. 

Brin foi presidente da Alphabet Inc., empresa controladora do Google, até renunciar ao cargo em dezembro de 2019, mas permanece como acionista controlador e membro do conselho.

Seu patrimônio líquido é estimado pela revista Forbes em US$ 113,6 bilhões, o que o coloca na nona posição das pessoas mais ricas do mundo em 2021.

Trajetória de Sergey Brin

Sergey Mihailovich Brin nasceu em 21 de agosto de 1973, em Moscou, antiga União Soviética.

Filho de pais judeus, Mikhail e Eugenia Brin, ambos graduados pela Universidade Estatal de Moscou (UEM).

Seu pai foi professor de matemática na Universidade de Maryland e sua mãe uma pesquisadora do Goddard Space Flight Center da NASA.

Em 1979, Brin foi para os Estados Unidos com sua família, quando ele tinha apenas seis anos. 

Brin se graduou em ciência da computação na Universidade de Stanford, depois se matriculou na para obter um PhD. Lá ele conheceu Page, com quem construiu o mecanismo de busca na web Google.

Banner will be placed here

Criação do Google

Larry Page e Sergey Brin se conheceram no programa de pós-graduação em ciência da computação da Universidade de Stanford, em 1995.

A dupla desenvolveu um sistema de ranqueamento de páginas chamado de PageRank que se tornaria o algoritmo fundamental da pesquisa Google.

O produto de pesquisa foi ao ar na rede de Stanford em 1996 e foi um sucesso.

Em busca de inspiração para sua dissertação, o ainda doutorando Larry Page teve a ideia de estruturar a internet na forma de um grande gráfico, no qual as páginas são conectadas por links.

Seu orientador gostou da ideia e sugeriu que ele se aprofundasse nesta área.

Na época, os principais buscadores ranqueavam os resultados de acordo com a quantidade de vezes que o termo buscado aparecia no texto.

Porém, isso não gerava bons resultados e a ordem das sites poderia ser facilmente manipulável. 

Sua ideia era criar um sistema que gerasse um resultado melhor e mais útil para o usuário.

Foi então que percebeu que poderia usar links para hierarquizar as páginas da internet.

Assim como no meio acadêmico, quanto mais referências um artigo científico tem, mais relevante ele é considerado. O mesmo poderia valer para os links de páginas da internet.

Seu projeto de mapeamento da internet foi chamado de BackRub. Com a ajuda de Brin, criou o sistema de ranqueamento de páginas chamado de PageRank, que classificava os links com base na frequência com que eram vinculados por outras páginas

A dupla transformou o quarto no dormitório da faculdade em um escritório e aproveitaram a boa conexão de Stanford para rastrear e indexar todas as páginas disponíveis na internet. 

O trabalho pesado chegou até a derrubar a conexão da instituição algumas vezes.\

A página de pesquisa foi ao ar na rede de Stanford em 1996.

Em 1997, o domínio foi registrado no nome de Larry Page e Sergey Brin.

Apesar de acreditarem no potencial do sistema, a ideia inicial da dupla era vender o negócio, mas na época, os grandes portais de internet não estavam interessados.

Em 1998, o Google recebia cerca de 10 mil buscas diárias e ainda estava hospedado no sistema de Stanford.

A dupla precisava de dinheiro para expandir. Foi quando receberam um cheque de US$ 100 mil de Andy Bechtolsheim, investidor e fundador Sun Microsystems. 

Conforme o buscador ia crescendo em popularidade entre os usuários de Stanford, Page e Brin resolveram suspender seus estudos de PhD para se dedicar integralmente ao novo negócio.

O Google foi formalmente fundado em 1998, com Page e Brin dividindo a liderança da companhia hospedada na garagem de Susan Wojcicki, colega de faculdade e diretora executiva do YouTube em Menlo Park, na Califórnia. 

Em 2001, o Google já tinha mais de 400 funcionários e estava conquistando o mercado, mas ainda sofria por conta de conflitos internos de gestão.

Foi então que Page e Brin decidiram que era a hora de profissionalizar a gestão dos negócios. 

Para isso, contrataram como CEO o veterano Eric Schmidt, considerado peça fundamental para o sucesso do Google. 

Na gestão de Schmidt, que durou 10 anos, o Google cresceu e se tornou relevante no mercado.

Depois que Page retornou ao posto de CEO, em 2011, Schmidt se tornou presidente do conselho da companhia.

Um ponto curioso na história do Google é que em 2002, o Yahoo, então um gigante da Internet, estava disposto a comprar o Google por US$ 3 bilhões.

Mas Page e Brin, que anos antes estavam em busca de um comprador para o negócio, decidiram que não era mais hora de vender.

Em 2004, o Google fez a sua oferta inicial de ações (IPO) e levantou US$ 1,7 bilhão, elevando a avaliação da empresa para US$ 27 bilhões.

Em 2020, a Alphabet se tornou a 4ª empresa a atingir valor de mercado de US$ 1 trilhão nos Estados Unidos, se tornando uma das empresas mais valiosas do mundo.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Alphabet e a expansão dos negócios

O Google rapidamente ganhou relevância e se tornou o buscador mais utilizado no mundo todo.

O lucro do site vem principalmente através de anúncios pagos, conhecidos também como Google Ads, porém, a empresa possui outras frentes.

Um dos novos negócios foi no mercado de smartphones. Ainda em 2005, o Google comprou uma pequena startup chamada Android, sistema operacional utilizado na maioria dos aparelhos celulares do mundo.

Durante os anos seguintes, o Google ficou famoso por comprar companhias.

Outra aquisição importante foi a compra do Youtube, site de exibição e compartilhamento de vídeos, em 2009, por US$ 1,6 bilhão.

O Google expandiu para diversos novos negócios como o navegador web, Google Chrome, seus serviços de armazenamento em nuvem com o Google Drive, aplicativos de edição de textos e dados, como o Google Docs, serviço de e-mail, Gmail, o transmissor de vídeo chamadas, Google Meet.

Além do seu produto Google Maps, também adquiriu o Waze em uma negociação bilionária ocorrida em 2013.

Por isso, em 2015, o Google se reorganizou para a criação da Alphabet (GOGL34), uma holding que controla os negócios do conglomerado.

Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE