O mercado imobiliário residencial teve recordes de lançamentos e vendas em 2021, conforme mostra pesquisa da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), divulgada nesta quarta-feira, 23.

Os lançamentos de imóveis cresceram 27% em 2021 na comparação com 2020 e totalizaram 153,7 mil unidades. As vendas líquidas (excluindo os distratos) subiram 4,5% e chegaram a 126,7 mil unidades.

O levantamento foi realizado com 18 incorporadoras associadas à Abrainc e que têm atividades espalhadas pelo País, porém com a maior parte dos negócios na Região Sudeste.

Os números de lançamentos e vendas são os maiores desde 2014, quando a pesquisa começou a ser realizada.

Segmentos

A pesquisa também mostrou que os empreendimentos enquadrados no Casa Verde Amarela (CVA) representaram 80,2% das moradias vendidas e 57,9% das lançadas - evidenciando como o programa habitacional é relevante para o mercado imobiliário nacional.

→ Como Ganhar Dinheiro com Imóveis? Veja os 3 Melhores Fundos Imobiliários para Lucrar todos Meses

Apesar disso, houve um certo encolhimento do CVA. O programa teve 88,7 mil unidades lançadas, recuo de 12%, e 113 mil unidades vendidas, número estável - conforme comparação de 2021 com 2020.

Já as moradias fora do programa, classificadas como médio e alto padrão, mostraram uma expansão mais forte. Elas totalizaram 64,5 mil unidades lançadas, crescimento de 226%, e 27,9 mil vendas, alta de 21%.

Os distratos (cancelamentos dos contratos de compra e venda na planta) responderam por 11% das vendas brutas do segmento de médio e alto padrão em 2021, patamar abaixo dos 15% de 2020.

No auge da crise dos distratos, por volta de 2016 e 2017, os distratos chegaram a 50% das vendas.

Pesquisas

O levantamento da Abrainc confirmou que o mercado imobiliário viveu um período bastante aquecido no ano passado, embalado principalmente pelas juros baixos dos financiamentos bancário durante boa parte do ano.

→ Como Ganhar Dinheiro com Imóveis? Veja os 3 Melhores Fundos Imobiliários para Lucrar todos Meses

Só na cidade de São Paulo (maior mercado imobiliário do País), os lançamentos e as vendas em 2021 cresceram 36% e 29%, respectivamente, em unidades, segundo pesquisa do Sindicato da Habitação (Secovi-SP) divulgado mês passado.

Em termos nacionais, os lançamentos avançaram 25,9%, e as vendas cresceram 12,8%, de acordo com dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), também já divulgados. Esta pesquisa abrange diversas capitais e regiões metropolitanas, cobrindo mais de 100 cidades.

Fonte: Estadão Conteúdo.