A JSL (JSLG3) informou nesta quarta-feira, 24, através de fato relevante, que fechou contrato para aquisição da Transportadora Rodomeu e Unileste Transportes (conjuntamente Rodomeu) por R$ 97 milhões.

A aquisição visa aumentar a escala e participação no segmento de transporte especializado de cargas de alta complexidade, de máquinas e equipamentos agrícolas e para a construção civil e carga geral, e a entrada no segmento de gases comprimidos, trazendo mais diversificação na exposição setorial.

A empresa detalha que o contrato prevê a aquisição de 100% por R$ 97 milhões em caixa, como Equity Value, contando um Caixa Líquido de R$ 20 milhões, sendo um caixa de R$ 34 milhões e um endividamento bruto de R$ 14 milhões, e um valor estimado dos ativos em R$ 55 milhões.

O valor poderá ser ajustado quando da implementação da transação com base em ajustes usuais deste tipo de operação.

O valor de R$ 29,1 milhões será pago na data do fechamento da transação e o remanescente será pago em 24 parcelas mensais.

A Rodomeu foi fundada em 1971 na cidade de Piracicaba (SP) e é especialista no transporte rodoviário de cargas de alta complexidade, que inclui Gases e Químicos, atuando na transferência e distribuição de produtos químicos.

Atua também em operações especiais sendo, há 12 anos, a transportadora oficial do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.

A JSL informa ainda que a Rodomeu atua em um modelo asset heavy, com frota própria de cerca de 470 ativos.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

A Rodomeu possui uma equipe de cerca de 250 colaboradores e especializados para atuar com o perfil de carga transportada em todos os segmentos de atuação.

A previsão é de que a empresa obtenha receita líquida de R$ 85 milhões e Ebitda de R$ 20 milhões em 2020. 

Sinergias 

A JSL acredita que poderá explorar sinergias na Base operacional dada a proximidade entre a sede operacional da Rodomeu e da JSL em Piracibaca (SP) e perfil operacional dos clientes atendidos na região.

A transação, destaca a empresa, se soma às aquisições da Fadel, Transmoreno e TPC anunciadas nos últimos seis meses e "comprova capacidade de execução e a disciplina da estratégia de aquisições da JSL que busca diversificação no seu portfólio de serviços com qualidade no serviço prestado ao cliente".

As aquisições somadas, informa, trazem uma receita líquida incremental aproximada de R$ 1 bilhão por ano.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

"As aquisições são extremamente complementares ao nosso negócio e contribuem para o aumento participação da JSL em distribuição urbana, no transporte de carros novos, gestão de armazéns e transporte de cargas de alta complexidade.”

“Avançamos ainda mais na liderança absoluta do setor com o maior e mais integrado portfólio de serviços logísticos da América do Sul", diz a companhia.

A implementação do contrato, lembra, está condicionada ao cumprimento de obrigações e condições precedentes usuais a esse tipo de operação, incluindo sua submissão para aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Fonte: Estadão Conteúdo.