A JSL (JSLG3), do grupo Simpar, informou nesta terça-feira que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição da transportadora Fadel Holding sem restrições.

A JSL terá 75% da Fadel e o fundador da empresa, Ramon Alcaraz, ficará com os 25% restantes.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

“O modelo de gestão da Fadel e sinergia da base de clientes trará uma grande oportunidade de desenvolvimento das operações no segmento de distribuição urbana”, afirmou a JSL em comunicado.

A Fadel afirma ser uma das principais empresas de distribuição urbana no Brasil, “com 1.600 ativos operacionais, 25 filiais no Brasil e 4 unidades no Paraguai, atuando nos setores de bebidas, alimentos, bens de consumo e e-commerce”, disse a JSL.

A companhia possui como principais clientes Ambev, Cervepar, Unilever, Souza Cruz, B2W e Pepsico.

Resultado da JSL no Segundo Trimestre de 2020

O resultado da JSL (JSLG3) no segundo trimestre de 2020 (2t20), divulgado no dia 13 de agosto, apresentou um lucro líquido de R$ 156,6 milhões, alta de 120% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da JSL atingiu R$ 1,2 bilhão no 2t20, apresentando crescimento de 5,3% na comparação com o 2t19.

A margem ebitda foi de 56,7%, um crescimento de 7,1 p.p. quando comparado ao 2t19.

Já a margem líquida da JSL atingiu 7,1% no 2t20, apresentando crescimento de 4,2 p.p. na comparação com o 2t19.

As ações da JSL (JSLG3) acumulam alta de 74,13% na bolsa de valores nos últimos 12 meses e alta de 14,55% em 2020.

Fonte: Reuters.